terça-feira, 4 de julho de 2017

.
HOJE NO 
"DESTAK"
Estudo sobre rendimento adequado
 revela limiar da pobreza subestimado

Um indivíduo em idade ativa a viver sozinho deveria ganhar, por mês, 783 euros para ter um nível de vida digno e um casal com um filho menor deveria auferir cerca de 1.800 euros, revela um estudo hoje apresentado. 
.
As conclusões são do estudo "Rendimento Adequado em Portugal (raP) - Quanto é necessário para uma pessoa viver com dignidade em Portugal?", que resulta de uma parceria entre várias universidades, entre as quais a de Lisboa e a Católica, e a Rede Europeia Anti-Pobreza, e que demonstra que o limiar da pobreza em Portugal está subestimado.

Os valores de rendimento estimados neste estudo para que cada um dos agregados familiares viva com dignidade são superiores aos 422 euros mensais definidos em 2014 como limiar da pobreza ou aos 439 euros de 2017. 

* Em vez dos 2,6 milhões de pobres da estatística talvez sejamos 5 milhões  com a bitola do Rendimento Adequado em Portugal

.

Sem comentários: