24/05/2020

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.
UM PRESIDENTE DE MERDA




.

60-Futurando



60-FUTURANDO
O risco do cabeceamento no futebol e o
robô que pode substituir pesticidas




1:16 Para tentar minimizar o uso de pesticidas, pesquisadores da Universidade de Bonn, na Alemanha, estão a desenvolver um robô. Dotado de inteligência artificial ele vai reconhecer sózinho ervas daninhas  numa lavoura e eliminá-las com o uso de laser.

5:05 Por que é que as células morrem? Muitas células já nascem com data para morrer. E isso é fundamental para a vida. Há células que desaparecem antes mesmo do nosso nascimento.

07:32 Para que serve a sobrancelha?

08:39 Pesquisadores estudam o impacto das cabeçadas contínuas no cérebro em treinos e jogos de futebol. Essas lesões podem levar a encefalopatia crónica traumática. Por muito tempo, após uma forte batida durante uma partida, os jogadores simplesmente voltavam a campo. Agora, o assunto está sendo tratado com mais seriedade.

13:42 Um esqueleto de uma mulher que morreu há 7,3 mil anos ajuda arqueólogos a entender mais sobre a sociedade neolítica.

19:25 Mais de 40% de todas as espécies de anfíbios do mundo estão ameaçadas de extinção. A salamandra de fogo é uma delas, pois é muito vulnerável a um fungo com um grande poder destrutivo na Europa. Por isso, biólogas da Universidade de Leipzig, na Alemanha, pesquisam como proteger esses bichos.

FONTE: DW Brasil

.
.
V- G Σ́ N I O S
5-
𝓒𝓱𝓻𝓲𝓼𝓽𝓸𝓹𝓱𝓮𝓻 𝓦𝓻𝓮𝓷,
𝓡𝓸𝓫𝓮𝓻𝓽 𝓗𝓸𝓸𝓴𝓮,
𝓡𝓸𝓫𝓮𝓻𝓽 𝓑𝓸𝔂𝓵𝓮,
𝓘𝓼𝓪𝓪𝓬 𝓝𝓮𝔀𝓽𝓸𝓷,
𝓔𝓭𝓶𝓸𝓷𝓭 𝓗𝓪𝓵𝓵𝓮𝔂




FONTE:   DocumentariosCiencia

.
..
𝑆𝐸𝑁𝑆𝑂 𝐶𝑂𝑀𝑈𝑀
𝔸𝕤 𝕡𝕒𝕣𝕖𝕕𝕖𝕤 𝕥𝕖̂𝕞 𝕠𝕦𝕧𝕚𝕕𝕠𝕤


.
.
Fantasia Disney

Dança das Horas


.
..
𝑆𝐸𝑁𝑆𝑂 𝐶𝑂𝑀𝑈𝑀
ℂ𝕒𝕕𝕒 𝕔𝕠𝕣, 𝕤𝕖𝕦 𝕡𝕒𝕝𝕒𝕕𝕒𝕣



.
.
Guilherme Mok

Humanizando
ambientes de trabalho
com arquitetura


.
..
𝑆𝐸𝑁𝑆𝑂 𝐶𝑂𝑀𝑈𝑀
𝔸 𝕦𝕟𝕚𝕒̃𝕠 𝕗𝕒𝕫 𝕒 𝕗𝕠𝕣𝕔̧𝕒


.

CRISTINA CASALINHO

.







Bem-vindos a bordo

Segundo a Comissão Europeia, o impacto da covid-19 nas contas públicas dos Estados-membros da área do euro ascende a 1.115 mil milhões de euros, sendo 830 mil milhões de euros relativos a 2020, correspondendo a um agravamento do défice da Zona Euro de 7,5 pontos percentuais do PIB.

O novo coronavírus entrou de rompante nas nossas vidas e ameaça ter um efeito prolongado. A Europa, designadamente a área do euro, foi particularmente fustigada pela pandemia, obrigando as autoridades europeias a uma resposta rápida e consequente. Nos últimos meses, assistiu-se a sucessivos anúncios de medidas destinadas a minimizar as consequências económicas da crise sanitária. Contrariamente à crise das dívidas soberanas, a atual gestão da crise pelas instituições europeias tem sido rápida e multifacetada, demonstrando que se aprendeu com os erros do passado e se reconhece a transversalidade das suas consequências. Estas são, efetivamente, de monta, explicando a necessidade de quebrar velhos tabus e avançar no reforço da solidariedade europeia.

Por um lado, com o seu novo programa de 750 mil milhões de euros, o BCE procede a compras de ativos atento apenas à chave de capital, aliviando regras de risco de crédito e limites de exposição autoimpostos na execução de programas precedentes. Por outro, o Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE ou ESM na sigla inglesa), por decisão dos Estados-membros, põe à disposição dos países uma linha de crédito cautelar com condicionalidade minimal, num esforço de mitigação do estigma associado à solicitação destas linhas, criadas no pico da crise financeira anterior. Entre o fundo de garantias do BEI que potencializa empréstimos a empresas, sobretudo PME, até 200 mil milhões de euros, a linha cautelar do ESM de 240 mil milhões de euros e o SURE – instrumento temporário de apoio à mitigação dos riscos de desemprego numa emergência – no valor de 100 mil milhões de euros, disponibilizam-se apoios na ordem de 540 mil milhões de euros. Na última semana, a chanceler alemã e o Presidente francês apresentaram uma proposta para o formato do Fundo de Recuperação (a criar), situando o valor em 500 mil milhões de euros, abrindo a possibilidade de atribuição de subsídios e não somente empréstimos, orientação dos fundos para regiões e setores e não apenas países, sendo financiado por dívida a emitir pela Comissão Europeia, no que tem sido entendido como uma forma ligeira de mutualização de dívida.

Segundo a Comissão Europeia, o impacto da covid-19 nas contas públicas dos Estados-membros da área do euro ascende a 1.115 mil milhões de euros, sendo 830 mil milhões de euros relativos a 2020, correspondendo a um agravamento do défice da Zona Euro de 7,5 pontos percentuais do PIB. Igualmente interessante é refletir sobre o retrato da elegibilidade dos países para a linha cautelar do ESM. As 19 economias do euro são consideradas elegíveis, na medida em que cumprem os requisitos de sustentabilidade da dívida pública, da componente externa e estabilidade do sistema financeiro. Ainda assim, assinala-se a existência de riscos. Sinaliza-se que Chipre, Grécia, Portugal, Irlanda e Espanha apresentam posições líquidas de investimento internacional (um indicador do endividamento externo) elevadas. No respeitante à sustentabilidade da dívida, constata-se que apesar de alguns progressos individuais, o nível global do endividamento da AE é considerável e aumenta o número de países com dívida pública superior a 100% do PIB em 2020. Em termos de saúde do sistema financeiro, os bancos estão mais capitalizados que no passado, mas Espanha continua a apresentar os rácios de capital mais baixos, seguida de Portugal, Áustria e Itália.

Nos cerca de dez anos que medeiam as duas crises, os desequilíbrios subjacentes à crise da década anterior foram corrigidos – os défices externos e das contas públicas foram revertidos, sobretudo os primeiros. Espanha e Itália (que não tem dívida externa relevante) registam excedentes externos superiores a 2% do PIB enquanto em Portugal e Grécia ascendem a 0,8%. Contudo, após dez anos de ajustamento, se a correção do desequilíbrio externo (mais importante – tanto mais que o baixo endividamento externo é um fator fulcral para a avaliação favorável da capacidade creditícia) está aparentemente consolidada (resta perceber qual o peso do turismo nesta tendência e o impacto da pandemia neste setor), a trajetória da dívida pública arrisca-se a retroceder vários anos e, em termos de países, os elos mais fracos ou suspeitos do costume persistem.

IN "JORNAL DE NEGÓCIOS"
21/05/20
.
.


2279.UNIÃO



EUROPEIA



.
..
𝑆𝐸𝑁𝑆𝑂 𝐶𝑂𝑀𝑈𝑀
𝔸𝕥𝕣𝕒́𝕤 𝕕𝕖 𝕞𝕚𝕞 𝕧𝕚𝕣𝕒́, 𝕢𝕦𝕖𝕞 𝕕𝕖 𝕞𝕚𝕞 𝕓𝕖𝕞 𝕕𝕚𝕣𝕒́


.
.
2-𝖥𝖱𝖤𝖠𝖪𝖲
λτrαcçσ̃εs δε Fειrα



FONTE:  DOCUMENTÁRIOS ptfelicitas

.
.

XLIII-VISITA GUIADA

Querubim Lapa

LISBOA - PORTUGAL


* Viagem extraordinária pelos tesouros da História de Portugal superiormente apresentados por Paula Moura Pinheiro.
Mais uma notável produção da RTP

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
..
𝑆𝐸𝑁𝑆𝑂 𝐶𝑂𝑀𝑈𝑀
𝔸 𝕞𝕦𝕝𝕙𝕖𝕣, 𝕤𝕖𝕞 𝕡𝕠̂𝕣 𝕠 𝕡𝕖́ 𝕗𝕒𝕫 𝕡𝕖𝕘𝕒𝕕𝕒



.
.
Alison Balsom

Concerto para Trompete e orquestra

em Mi bemol maior


Franz Joseph Haydn

.
..
𝑆𝐸𝑁𝑆𝑂 𝐶𝑂𝑀𝑈𝑀
𝔸 𝕧𝕒𝕚𝕕𝕒𝕕𝕖 𝕖́ 𝕠 𝕖𝕤𝕡𝕖𝕝𝕙𝕠 𝕕𝕠𝕤 𝕥𝕠𝕝𝕠𝕤



.
.
8-ꉣꍏꀤꊼꂦ̃ꍟꌗ ꉣꃅꀤ꒒ꂦꌗꂦ́ꎇꀤꉓꍏꌗ
8.3- 𝓐 𝓱𝓾𝓶𝓪𝓷𝓪 𝓮𝓼𝓬𝓸𝓵𝓱𝓪
  𝓮𝓷𝓽𝓻𝓮 𝓿𝓲𝓻𝓽𝓾𝓭𝓮𝓼 𝓮 𝓿𝓲́𝓬𝓲𝓸𝓼
Monja Coen
Mario Sergio Cortella



* Como somos quando ninguém nos está a ver? "Será que lá dentro, onde ninguém sabe, onde apenas nós realmente sabemos e vemos, somos verdadeiros?". O que nos leva a exercer a generosidade, honestidade e a solidariedade? 

Quando essas práticas parecem andar meio fora de moda? Somos capazes de fazer boas escolhas, mas também de fazer algumas terríveis. 

Isso desafia-nos a reconhecer as nossas próprias fragilidades e defeitos, os anjos e demónios que habitam em cada um de nós. 

Pensar sobre as nossas virtudes e também os nossos vícios é o convite deste encontro do Café Filosófico, que reuniu o filósofo Mario Sergio Cortella e a monja Coen, budista.

FONTE:  Café Filosófico CPFL


..
.
9-𝕺 𝖓𝖎𝖓𝖍𝖔 𝖉𝖆 𝖈𝖊𝖌𝖔𝖓𝖍𝖆

𝐴𝑙𝑒𝑟𝑡𝑎 𝐺𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 - 𝐶𝑜𝑚𝑜
𝑝𝑟𝑒𝑣𝑒𝑛𝑖𝑟 𝑚𝑖𝑐𝑟𝑜𝑐𝑒𝑓𝑎𝑙𝑖𝑎



FONTE:Dra Luciana Herrero

.
.
ERUPÇÃO VULCÂNICA



Vídeo tirado da câmera instalada numa das casas junto de onde ocorreu a erupção do vulcão White Island/ Nova Zelândia em 09 dezembro 2019, sendo que 18 pessoas faleceram. Após 24 segundos a natureza começa a sua acção e aguarde mais 24 segundos depois que a câmara escurecer…


FONTE: RVP

.
.
BURLAS MBWAY
Reportagem Sexta às 9 RTP




FONTE:  KTM Laranjinha

.
.

Lasanha de Atum


  Momentos Doces e Salgados
..
.
DAQUI A CINCO ANOS



.
.


2346
Senso d'hoje
DIOGO BATÁGUAS
HUMORISTA PORTUGUÊS
ANIMADOR DE RÁDIO
RELATÓRIO ABRIL 2020






FONTE:  Diogo Bataguas

..
.

ANIMAL TV

TATU-PEBA


  ANIMAL TV

.
.

BOM DOMINGO


.
 .

𝟷-ⳎⲀⳐⲤⲞ ⳨ⲞⲄⲀ "ꓓ'ⲞⲄⲀⲊ"
𝐼𝐼𝐼-𝕱𝖊𝖗𝖓𝖆𝖓𝖉𝖔 𝕿𝖔𝖗𝖉𝖔
Orquestra Sinfónica Portuguesa




16 de Novembro 2019 no Teatro Nacional de São Carlos .

(ATÉ AMANHÃ)