14/01/2019

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.


78-SUBTILEZAS

Entenda as pesquisas
de intenção de voto



RESUMO ANIMADO


FONTE:   Minutos Psíquicos

..
.

8-A LUXÚRIA
DE JEDI
UMA BURLESCA AVENTURA



Kylo Ren - Chastity Twist 
General Hux - Grand Johnson 
Luke Skywalker - Draco Muff-Boi 
Chewbacca - Trixie Hobbitses 
Poe Dameron - Watch This Space 
Finn - Florence Sassingale 
Rey - Fiona Ample 
Rose Tico - Curly Bright 
BB-8- Harleen Quinzeal 
Super Leader Snoke - Andrew Lynch 
R2-D2 - Kitty Glitter 
C3-PO - David Ten-Inch 
Yoda - Lithium Little 
Admiral Holdo - Burgundy Brixx 
General Leia Organa - Jayne Fondue
DJ - Stephen Blakley 
Captain Phasma - Androsia Wilde 

The Storm Troopers 
Ginger Femmecat 
Donna Jazz 
Cado Winter 

AND THE GEEKENDERS SOLID GOLD DANCERS!!!!|

*We're a burlesque and theatre troupe by geeks, for geeksfrom VANCOUVER, CANADA!


FONTE:  Geekenders

.
.
HOJE  NO 
"DINHEIRO VIVO"
Por cada 100 euros disponíveis, Casa Eficiente 
só emprestou 15 cêntimos

Com um total de 200 milhões de euros para emprestar, em seis meses o programa Casa Eficiente 2000 emprestou apenas 300 mil euros para obras (0,15%)

O objetivo era conceder empréstimos com condições mais favoráveis aos proprietários – fossem eles empresas ou particulares – para fazerem obras para melhorar o desempenho ambiental das suas habitações: instalação de janelas com vidros duplos, modernização da instalação elétrica, aquisição de eletrodomésticos com baixo consumo energético, instalação de painéis solares, sistemas de rega inteligentes, entre muitas outras.
 Com um total de 200 milhões de euros para emprestar, o programa Casa Eficiente 2000 foi anunciado pelo governo em abril com um financiamento, em partes iguais de 100 milhões cada, pelo Banco Europeu de Investimento e pelos bancos comerciais portugueses aderentes.

No entanto, seis meses depois do seu lançamento, o Casa Eficiente 2000 emprestou apenas 300 mil euros para obras (ou seja, 0,15%, que é o mesmo que dizer que em cada 100 euros disponíveis para empréstimo só foram concedidos 15 cêntimos) e apenas a CGD e o Millennium BCP avançaram com produtos financeiros específicos, noticiou hoje o Público. O Novo Banco não tem qualquer informação sobre o Casa Eficiente no seu site e ainda não concedeu nenhum empréstimo ao abrigo deste programa.

Em reação, o ministro do Ambiente, Matos Fernandes, disse esta segunda-feira à Lusa que é importante aumentar a adesão ao programa Casa Eficiente, e admitiu que a culpa do fracasso do programa e da banca, considerando que a taxa de juro praticada pelos bancos não é atrativa. O governante prometeu reunir-se em breve com Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário (CPCI). Para encontrar soluções para ultrapassar o subaproveitamento do programa Casa Eficiente. “A expectativa que ainda não está a ser cumprida”, afirmou o ministro, realçando que “a taxa de juro que a banca está a praticar é uma taxa demasiado parecida com a do crédito pessoal para poder ser atrativa”.
 .

O BEI prepara-se agora para para emprestar mais 30 milhões e assinar contratos com mais bancos, de acordo com o Público.
Caixa Geral de Depósitos, Millennium bcp e Novo Banco são as instituições bancárias parceiras deste programa. Na sequência das palavras do ministro, o Eco avançou que a CGD vai rever as condições que oferece de modo a torná-lo mais atrativo, até ao final de janeiro, complementando a revisão com o lançamento de uma campanha de divulgação do programa. Questionado pelo Dinheiro Vivo, o Millennium bcp não avançou ainda se vai rever ou não os seus tarifários.

Para já, e de acordo com o site do banco da CGD, existem duas soluções Caixa Casa Eficiente – crédito habitação e crédito pessoal – para “melhoria do desempenho ambiental dos edifícios de habitação: eficiência energética; eficiência hídrica; utilização de energias renováveis; gestão de resíduos”. “Esta linha conta com a participação do BEI e inclui a concessão de um benefício na taxa de juro de 0,25 pontos percentuais”, informa a CGD.

No caso do crédito habitação, o banco propõe “uma linha de crédito que apoia a realização de projetos ou obras na sua habitação para melhorar a eficiência energética, a utilização de energias renováveis, o aumento da eficiência hídrica e a gestão de resíduos urbanos”. A taxa é variável e indexada à Euribor a 12 meses, enquanto a TAEG é de 4,3%, podendo baixar para os 3,8%, mas numa oferta condicionada à detenção dos produtos constantes nos Packs Cliente Mais (cartão de débito e crédito, com utilização nos últimos 3 meses, Caixadirecta, domiciliação de rendimentos) e Ligação (Seguro de Vida e Multirriscos da “Fidelidade – Companhia de Seguros, S.A.).

Já no caso do crédito pessoal, a TAEG para créditos para investir em energias renováveis é de 4,1% (indexada à Euribor a 12 meses). Para outras finalidades, a TAEG é de 8,7% (indexada à Euribor a 12 meses) e 9,7% (se a taxa for fixa por sete anos).

O Millennium bcp apresenta outras condições de financiamento e fala num montante da linha de 50 milhões de euros, com um preçário para clientes particulares que se divide caso seja com garantia hipotecária – redução/bonificação adicional mínima de 0,25% sobre o spread do preçário: TAN – Taxa indexada à Euribor 12 meses + spread de 2,2% a 3,5% e uma TAEG de 4,5% (sem vendas associadas) e 4% com vendas associadas. Já se for sem garantia hipotecária, a linha Casa Eficiente Melhorias tem uma TAEG de 9,6% (taxa fixa de 6,9%). Se o valor das melhorias se destinar à aquisição de eletrodomésticos as condições são semelhantes. Na linha Casa Eficiente Energias Renováveis, a TAEG é de 5,1%. Para os clientes empresariais, também se verifica uma redução/bonificação adicional mínima de 0,25% sobre o spread de preçário.

Quanto ao montante de financiamento máximo por operação é de 20.000 euros (sem garantia hipotecária) e 50.000 euros (com garantia hipotecária) e de 50.000 para clientes empresariais. Para particulares, existe a possibilidade de disponibilização por tranches por um prazo máximo de 12 meses. Os montantes mínimos são de 2.500 e 5.000 euros para particulares e 5.000 euros para empresas.

 “Até ao final de novembro de 2018 tinham ocorrido mais de 66.500 acessos ao Portal. Como resultado foram realizadas cerca de 22.800 simulações e emitidos mais de dez mil modelos de orçamento e quase 400 declarações. Até ao final de novembro de 2018, foram celebrados contratos no valor de aproximadamente 300 mil euros”, disse fonte oficial do Ministério do Ambiente e da Transição Energética. No entanto, estes 300 mil euros correspondem a apenas cerca de 120 contratos, segundo o Público, celebrados com a CGD e o Millennium BCP.

Saiba como candidatar-se ao Casa Eficiente 2020 

O que é o Programa Casa Eficiente 2020? 
O programa visa conceder empréstimos para intervenções num imóvel (em qualquer ponto do território nacional) com vista à melhoria do desempenho ambiental dos edifícios de habitação particular, com especial enfoque na eficiência energética e hídrica, bem como na gestão dos resíduos urbanos. 

Que obras são abrangidas? 
Melhoria da eficiência energética; utilização de energias renováveis; aumento da eficiência hídrica; melhoria do desempenho ambiental; gestão de resíduos urbanos

Que tipos de edifícios podem ser intervencionados?
Prédios urbanos ou frações autónomas, e sobre as partes comuns desses prédios. Aplica-se a edifícios destinados a ter como uso: a habitação familiar (em edifícios coletivos ou unifamiliares); a habitação em convivência (por exemplo: lares, orfanatos, conventos, casas de estudantes). São excluídos todos os estabelecimentos hoteleiros. 

Quem se pode candidatar? 
Qualquer pessoa singular ou coletiva de direito privado que seja proprietária de prédio ou fração autónoma destinado a habitação

Como é feita a candidatura? 
É entregue pelo beneficiário ao banco comercial selecionado – Caixa Geral de Depósitos, Millennium bcp ou Novo Banco. Na preparação da candidatura deve ser utilizado o simulador disponível no portal. A candidatura deve ser acompanhada por orçamento da obra, elaborado por uma das empresas qualificadas pelo programa; certidão permanente do Registo Predial; cadernetas prediais de cada um dos prédios ou frações; termo de aceitação do beneficiário; comprovativo de situação tributária regularizada do candidato; e certificado energético. 

Quais as condições financeiras dos empréstimos? 
Estas são negociadas entre o beneficiário e o banco comercial

* Ninguém o obriga a acreditar na banca, seria antidemocrático.

.
.
MINUTOS DE
CIÊNCIA/214

PRODUTOS NOTÁVEIS/1  
 Quadrado da Soma, Quadrado da Diferença
 Produto da Soma pela Diferença



* Todas as segundas-feira de 14/01 até 18/02 iremos apresentar a matéria indicada em título  nas formas algébrica e geométrica, sempre que tiver dúvidas consulte o vídeo anterior deste interessantíssimo capítulo.


FONTE: MATEMÁTICA RIO

.
.
HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"
CDS interpela Governo dos Açores 
sobre pobreza e exclusão social

O CDS-PP/Açores vai interpelar o Governo Regional sobre a pobreza e a exclusão social no arquipélago, na sequência das estatísticas que dão conta de que Açores e Madeira são as regiões com risco de pobreza mais elevado.

De acordo com a agenda parlamentar da Assembleia Legislativa dos Açores, que se reúne a partir desta terça-feira na cidade da Horta, a interpelação dos centristas (solicitada ainda no final do ano passado), será o primeiro ponto da ordem de trabalhos deste primeiro período legislativo do ano.

O CDS pretende saber por que razão as medidas de combate à pobreza na região anunciadas pelo Governo não estão ainda a dar resultados e também quer conhecer que soluções surgiram na sequência da Estratégia de Combate à Pobreza e Exclusão Social, aprovada em junho de 2018.

De acordo com um inquérito às condições de vida e rendimento dos portugueses, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no final do ano passado, “os Açores e a Madeira são as zonas do país onde o risco de pobreza é mais elevado”.
.
Resultado de imagem para CDS/PP cartoons
A agenda parlamentar desta sessão inclui ainda duas antepropostas de lei, apresentadas pelo Bloco de Esquerda e pelo Governo Regional, que pretendem alterar a Lei de Bases da Política de Ordenamento e de Gestão do Espaço Marítimo, no sentido de clarificar as competências sobre a gestão do mar dos Açores.

O Bloco de Esquerda apresenta também no parlamento uma proposta no sentido de impedir que os idosos que residem nos Açores, mas que têm simultaneamente pensões de outros sistemas nacionais e estrangeiros, sejam penalizados na atribuição do complemento regional de pensão.

O PPM leva ao parlamento duas propostas, relacionadas com o desporto na ilha do Corvo e subscreve, juntamente com o CDS, uma outra proposta para alterar o Estatuto do Aluno, no sentido de impedir que os estudantes com maiores dificuldades de aprendizagem tenham apoio escolar durante as férias, como propôs a maioria socialista.

O Governo Regional, liderado pelo socialista Vasco Cordeiro, leva ainda a plenário uma proposta que visa garantir mais transparência na atividade dos serviços inspetivos da Administração Regional.

* Não nos lembramos de o CDS/PP ser um partido dos pobres, da caridadezinha sim.

.
.
XXX- MEGA MÁQUINAS

1-Aviões e
Aviadores Intrépidos



*Interessante série reveladora da quase perfeição mecânica, notável produção do Canal História


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

FONTE:  Super Documentários

.. .
.
HOJE NO 
"DESTAK"
Capitão fala em "polvo" sobre esquema de corrupção nas messes da Força Aérea

Um capitão disse hoje em tribunal tratar-se de "um polvo" o esquema de corrupção nas messes da Força Aérea, sublinhando que havia uma "sensação de impunidade" entre os militares envolvidos, perante "uma situação normal de há muitos anos". 
.
Orlando Pinheiro, com o posto de capitão, atualmente no ativo, que assumiu a gerência da messe do Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea (CFMTFA), na Ota, concelho de Alenquer, em meados de setembro de 2014, foi o segundo dos arguidos a prestar declarações no julgamento do processo conhecido como Operação Zeus, com 68 arguidos, 30 dos quais militares e 38 civis, entre empresas e pessoas individuais, que decorre no Tribunal de Sintra.

Este oficial contou ao coletivo de juízes que, quando foi substituir o também arguido major António Pinto na gestão da messe, este passou-lhe o serviço e disse-lhe: "Isto é um polvo", em alusão ao esquema de corrupção que vigorava, com a conivência dos fornecedores.

* Qual é o substantivo colectivo para um grupo de polvos?

.

INÊS CARDOSO

.





Política ou politiquice

Os 18 minutos em que Luís Montenegro se apresenta para combate no PSD foram cuidadosamente construídos para empolgar e fazer valer argumentos.

É certo que todos facilmente rebatíveis: sondagens sem idas a voto são meras perceções e é difícil alegar que se pretende unir um partido cavando ainda mais o fosso que o divide, em vésperas de eleições. 

Em política, as justificações valem o que valem. Não é fácil encontrar outro detonador para a decisão de Montenegro que não seja a luta para formar as listas à Assembleia da República, esse momento em que a corrida a um lugar torna mais evidentes os interesses e disputas dentro de todos os partidos. Por isso cada um ouve o que quer nas palavras de Montenegro, nos dedos apontados às (mais do que evidentes) falhas de Rui Rio, nas preocupações com o interesse do país e com a lealdade da sua intervenção.

Nesta disputa por poder, o PSD está entalado entre um presidente que não soube ouvir os seus nem falar para as pessoas e um candidato a líder que parece pouco interessado em medir o prejuízo que esta divisão pode causar ao partido. Entre os que rejubilam com a perspetiva de mudar e os que, mesmo criticando o desastre do último ano e a falta de oposição a Costa, consideram o timing do ataque desajustado. A fratura está para durar.

Perde o PSD, claro. Mas perde igualmente o país, porque numa coisa Montenegro tem razão. O país precisa de uma oposição como deve ser, quando o Governo já vai embalado a fazer campanha. E precisa, mais ainda, de vida política e de mobilização para além dos partidos, máquinas sedentas de poder em que o sentido de causa pública conta muito pouco. É nestas alturas que sentimos que a política, como ação atuante de cada um em função de todos, está muito distante daquilo que diariamente se joga em seu nome. Podemos sempre rir perante os golpes palacianos e as novelas de corredor. Mas talvez o assunto seja demasiado sério para isso.

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
12/01/19

.
.


1791.UNIÃO



EUROPEIA




QUE BOA SENHORA...
CHEFE DO CDS/PP - PORTUGAL

.
.
HOJE  NO 
"i"
Trump propõe Ivanka para 
presidente do Banco Mundial

O currículo da filha do presidente dos EUA inclui ter trabalhado na empresa do pai e iniciar a sua própria empresa de moda, que encerrou o verão passado. Trump é acusado de nepotismo

Ivanka Trump está na lista de possíveis novos presidentes do Banco Mundial. A vaga surgiu devido à demissão antecipada do antigo presidente, Jim Yong Kim, que abandonou o banco para se juntar ao setor privado. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem poder para nomear candidatos à posição, e historicamente a instituição tem sido liderada pelos candidatos escolhidos pela admnistração norte-americana, o principal accionista. O Banco Mundial foi fundado após a Segunda Guerra Mundial, para financiar projetos de desenvolvimento em países emergentes.
 .
GRANDE ABERTURA E
VISÃO FINANCEIRA
 Entre outros nomes considerados para o cargo, para além de Ivanka, estão o funcionário da Secretaria do Tesouro David Malpass, a antiga embaixadora dos EUA na ONU Nikki Haley e o diretor da Agência Internacional para o desenvolvimento, Mark Green.

Contrariamente ao perfil tradicional dos presidentes do Banco Mundial, Ivanka não tem experiência em ecónomia internacional. Foi apenas vice-diretora no departamento de aquisições da empresa do pai, e começou uma empresa de moda, que foi fechada o verão passado. A presença de Ivanka na lista de candidatos tem levantado acusações de nepotismo contra o presidente dos EUA.

"De todas as pessoas nos EUA que poderiam ser presidentes do Banco Mundial, a mais qualificada é Ivanka Trump, que perdeu a sua linha de roupa, e por acaso é filha do presidente dos Estados Unidos" escreveu sarcasticamente o congressista californiano Ted Lieu.

Donald Trump tem rotineiramente proposto familiares seus para cargos para os quais não são considerados qualificados. Ivanka já esteve na lista de substitutos para para embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, em substituição de Nikki Haley. Na altura, Trump escreveu no Twitter:

"Que bom, toda a gente quer Ivanka Trump como nova embaixadora nas Nações Unidas. Ela seria incrível, mas já posso ouvir a gritarem que era nepotismo!".

* Se este homem não fosse muito perigoso tinha lógica chamá-lo anormal.
.
.
Grandes Tesouros da Arqueologia

ATENAS/3



DOCUMENTÁRIOS ptfelicitas

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
3. RADIOGRAFIA DE
UM AEROPORTO
3.1-O aeroporto que nunca dorme




FONTE: DOCUMENTÁRIOS ptfelicitas

.
.
HOJE NO 
"A BOLA"
Jogadores do Casa Pia interrogam presidente da Federação

Em carta aberta publicada nas redes sociais, os jogadores do Casa Pia a questionar o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, em torno do castigo aplicado ao treinador Rúben Amorim.

«Carta aberta dos jogadores do Casa Pia ao presidente da FPF

Caro Presidente, escrevemos-lhe estas palavras para lhe colocarmos algumas questões sobre o estado do futebol português e para demonstrar a nossa incredulidade por nos terem retirado seis pontos no Campeonato de Portugal, referentes a dois jogos. Dois jogos difíceis, em que tivemos de nos aplicar ao máximo e que ganhámos com toda a justiça, dentro de campo. Dois jogos que colocam toda a época desportiva e os nossos objetivos em causa. Relembramos-lhe que somos um plantel amador e que joga futebol essencialmente pela paixão que temos pela nossa modalidade.
.
Qual é o seu sentimento ao saber que o que está em causa é o nosso treinador estagiário, por acaso um ex jogador profissional e internacional pelo nosso país, ter estado em pé ocasionalmente no banco durante estes dois jogos?

Não conseguimos compreender como é possível a retirada dos pontos, além de todas as sanções de que o clube vai ser alvo.

14 mil euros de multa para o clube, Presidente? Como é possível a aplicação destas multas pela instituição que mais deveria proteger os interesses do futebol português não profissional? A mesma instituição que apregoa a defesa e promoção destes mesmos clubes?!

14 mil euros dá, seguramente, para pagar mais de um mês de subsídios do plantel, equipa técnica e restante staff. O que acontecerá se o clube não tiver capacidade financeira até ao fim do ano? Quem toma estas decisões tem noção da magnitude deste valor relativamente ao orçamento anual do clube?

Deparamo-nos, todos os fins de semanas, com situações graves com clubes da primeira e segunda ligas, que se resumem a multas de pouco mais de mil, dois mil euros. Situações que muitas vezes envolvem violência, ataques de ódio a agentes do futebol e que mancham gravemente a imagem do nosso futebol.

Como justifica a aplicação destas multas a um clube que, como é natural, não tem a saúde e robustez financeira dos clubes profissionais?

Como é possível a suspensão de um jovem treinador português que na prática vai ficar suspenso durante dois anos, sem provas factuais de incumprimento das leis existentes? Relembramos-lhe que é um profissional que representou a nossa Seleção como jogador por 14 vezes e que aceitou o desafio de nos ajudar diariamente com a sua experiência. Será o estar de pé ocasionalmente durante os jogos a dar indicações aos jogadores uma atitude assim tão grave?

A nossa grande questão, Presidente, é como é que justifica o facto de nunca ter existido a aplicação de sanções idênticas a todos os treinadores adjuntos/estagiários, diretores ou médicos que fazem o mesmo, semana após semana, ano após ano, na primeira e segunda ligas? Será isto a promoção e defesa do futebol português de que a instituição desportiva que preside tanto se orgulha?

Será que os órgãos de soberania do futebol português têm dois pesos e duas medidas?

Esperamos que o recurso para as instituições competentes ajude a limpar mais uma situação no mínimo vergonhosa no futebol português, que altera a verdade desportiva e que coloca em risco toda a credibilidade do Campeonato de Portugal e o futuro de um jovem treinador português.

O futebol, no sentido mais puro, joga-se nestas divisões secundárias. Por favor, Presidente, não deixe que estraguem o que resta dele.»

* O futebol é para endinheirados, não tenham ilusões. O sr. Fernando Gomes não quer futebol para pobres, não dá alvíssaras.

.
.

Marta Dias e Carlos Barreto Xavier

Canção da Bandida


.
.
HOJE  NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Montenegro acusa Rio de ter tido
 "medo" de convocar diretas

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro acusou, segunda-feira, o presidente Rui Rio de ter tido "medo" de convocar diretas no partido, mas mantém a sua disponibilidade de ser candidato, se algum órgão as convocar.

"Lamento que o doutor Rui Rio não tenha tido coragem de marcar diretas no PSD. Lamento que o doutor Rui Rio tenha tido medo de ouvir a voz dos militantes", criticou Montenegro, no final de uma audiência de cerca de 35 minutos com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.
 .
Questionado sobre o Conselho Nacional extraordinário, marcado para quinta-feira, que irá votar a moção de confiança à direção apresentada por Rui Rio, Luís Montenegro fez questão de dizer que essa reunião não "é a sua praia" nesta discussão, uma vez que se propôs a ir a votos em diretas.
"Se algum órgão vier a decidir a realização de eleições diretas no PSD, eu sou candidato, obviamente", assegurou.

Luís Montenegro revelou que tinha pedido esta audiência a Marcelo Rebelo de Sousa ainda antes da declaração que fez na sexta-feira - na qual anunciou a disponibilidade para se candidatar à liderança e desafiou Rio a convocar diretas -, mas que hoje foi possível realizar o encontro no qual trocaram "impressões sobre o maior partido português", que o atual chefe de Estado já liderou.

Para o antigo líder parlamentar do PSD, "uma verdadeira clarificação" no partido só teria "efeito pleno com a pronúncia de todos os militantes".

"Digo mesmo, que conhecendo as bases do PSD, os militantes do PSD gostariam de ter tido a oportunidade de se pronunciarem sobre a estratégia e liderança política nesta altura", afirmou.
Questionado se poderá apresentar -- através dos seus apoiantes - ao Conselho Nacional algum pedido imediato de marcação de diretas, Montenegro fez questão de, por várias vezes, se distanciar da opção por recorrer a esse órgão para a clarificação no PSD.

"Nunca esteve nos meus propósitos nem moções de censura nem moções de confiança. A opção de ouvir o Conselho Nacional é única e exclusivamente do doutor Rui Rio, a minha sempre foi ouvir os militantes", referiu.

Montenegro respondeu ainda aos que criticam o 'timing' do seu avanço, a meses de eleições, salientando, em primeiro lugar, que a estratégia de Rui Rio já completou um ano.
"Tem um resultado, que na minha opinião e de muitos militantes do PSD é um resultado mau", criticou.

Por outro lado, acrescentou, fazer a clarificação agora permitiria "fazê-lo em tempo de o PSD poder inverter a situação e apresentar-se a eleições reforçadas".

Aos que relacionam a sua disponibilidade, agora, com a necessidade de assegurar lugares nas listas de deputados aos seus apoiantes, Montenegro respondeu que "é um absurdo", salientando que ele próprio deixou o seu lugar na Assembleia da República em abril do ano passado.

"Se fôssemos por esse caminho, que não é o meu, haverá seguramente alguns apoiantes do meu lado que possam ter essa preocupação e há muitos mais do lado do doutor Rui Rio que também têm como preocupação preencher esses lugares", referiu.

Para o antigo deputado, a responsabilidade de um eventual desaire eleitoral no PSD nos próximos atos eleitorais "só pode ser assacada a quem conduz a estratégia do partido" e considerou que a sua atitude pode até ter um efeito positivo.

"O doutor Rui Rio teve medo, não teve coragem e não marcou eleições diretas, mas sei uma coisa: a partir deste momento vamos ver um seguramente PSD mais ativo e mais focado em fazer aquilo que o país precisa -- ser uma alternativa ao PS e ao Governo", considerou.

A reunião do Conselho Nacional extraordinário do PSD para submeter à votação a moção de confiança do presidente Rui Rio realiza-se na quinta-feira, no Porto, às 17.00, disse hoje à Lusa o presidente deste órgão, Paulo Mota Pinto.

O Conselho Nacional extraordinário do PSD reúne-se num hotel do Porto tendo como único ponto na ordem de trabalhos a apreciação e votação, nos termos do artigo 68.º dos estatutos, de moção de confiança à comissão política nacional do PSD.

O artigo 68.º dos estatutos do PSD determina que "as moções de confiança são apresentadas pelas Comissões Políticas e a sua rejeição implica a demissão do órgão apresentante".

* Da sobriedade (Rui Rio), à fanfarronice (Luís Montenegro).

.
.
.

Portugal bem português

IV-Portugal, um retrato social/1
6-Gente diferente


Este é um retrato do nosso país. Um retrato da sociedade contemporânea. É um retrato de grupo: dos portugueses e dos estrangeiros que vivem connosco. É um retrato de Portugal e dos Portugueses de hoje, que melhor se compreendem se olharmos para o passado, para os últimos trinta ou quarenta anos. (...) 

Gente diferente: Quem somos, quantos somos e onde vivemos 

Os portugueses são hoje muito diferentes do que eram há trinta anos. Vivem e trabalham de outro modo. Mas sentem pertencer ao mesmo país dos nossos avós. É o resultado da história e da memória que cria um património comum. Nascem em melhores condições, mas nascem menos. Vivem mais tempo. Têm famílias mais pequenas. Os idosos vivem cada vez mais sós.

Um trabalho de investigação excelente de ANTÓNIO BARRETO e uma extraordinária equipa da RTP para a execução desta série.


* Esta é uma compilação de séries pelo  nosso país não apenas pelas prespectivas histórica ou social mas pela recolha de vídeos interessantes de várias origens, actividades e sensibilidades, com diferentíssimos temas que reflectem o nosso quotidiano de modo plural.
Desejamos muito que seja do vosso agrado.


FONTE: universalcosmos

.. . .
.
EDUCAÇÃO EM MOVIMENTO

Migração, deslocamento e educação:

 construir pontes, não muros


*  O vídeo mostra o contexto da migração e a educação no mundo e vários pontos de vista de migrantes e de pessoas que têm acolhido migrantes. Além disso, apresenta a importância de proteger o direito à educação de migrantes e deslocados, incluí-los no sistema nacional de educação e compreender, planejar e atender às necessidades educacionais dos migrantes para garantir que ninguém seja deixado para trás.

.

.
LISBOA
A Liberdade não é para quem quer,
é para quem pode!!!



FONTE: DINHEIRO VIVO TV

.
.
O encanto das marionetas


* Obrigado ACT por este encanto

.
.
155-NO GINÁSIO
AEROHIIT PARA QUEIMAR
 500 CALORIAS/2
Música Gospel



COM PROFESSOR DJAN ANDRADE


* O vídeo de hoje exibe exercício de grau de dificuldade elevado. Partimos o filme ao meio e para a semana editaremos a 2ª metade. Se após o visionamento das duas partes achar que consegue fazê-lo todo vá em frente. O  professor exibe uma facilidade extraordinária de execução, ao pé dele sentimo-nos uma velhinha.




FONTE: EXERCÍCIO EM CASA

.