terça-feira, 4 de julho de 2017

.
HOJE  NO 
"A BOLA"
Antigo presidente do Estrela 
da Amadora condenado a seis anos
 e três meses de prisão
 .
HÁ QUEM NÃO HONRE O CLUBE
José Maria Salvado, antigo presidente do Estrela da Amadora (entre 1996 e 2002), foi condenado pelo Juízo Central Criminal de Lisboa a seis anos e três meses de prisão, por um crime de peculato e um de falsificação de documentos.

O acórdão, tornado público esta terça-feira no site da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, revela que José Maria Salvado, enquanto presidente do clube da Amadora, apropriou-se indevidamente de 1.794.308,68 euros e causando prejuízo de valor equivalente ao clube.

José Maria Salvado tinha sido absolvido em primeira instância do crime de apropriação indevida de quase 1,8 milhões de euros do clube, mas condenado por falsificação de documento no início de 2012.

* Devia ser sempre assim, quem é vígaro vai dentro, mas há muitos cá fora e alguns até vão rezar em capela privada.

.

Sem comentários: