14/12/2019

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
XII-A HISTÓRIA 
DO SEXO
1- SEXUALIDADE ESSENCIAL 
1.1-Instintos Sexuais Humanos
Estudos - Compreensão



Sabe o que faz e por que faz? Autoconheça-se para tomar decisões conscientes sobre o seu próprio corpo. Saiba a razão dos seus impulsos instintivos sexuais e tenha o controle sobre eles. Os instintos sexuais humanos são geralmente ignorados, pouco estudados, deixados de lado.... 


FONTE: 
   Bruno Guerreiro de Moraes

.
.
Rebenta a Bolha

O marido, a mulher
e a amante


César Mourão

.

7-SISTEMA NERVOSO
7.2-NEUROCRÂNIO
7.2.1- Ossos do crânio,
esqueleto da face




* Uma interessante série produzida para auxiliar alunos da área de saúde mas também muito útil para quem quer que deseje aprender sobre esta matéria. Desfrute.


FONTE: Anatomia Fácil com Rogério Gozzi

.
.
𝑺𝑲𝑨𝑻𝑬 𝑽𝑶𝑨𝑫𝑶𝑹



Neste Nerdologia, você vai ver o quão próximo a humanidade está de criar algo como o Hover Board, o skate voador de Regresso ao Futuro 2!


FONTE:  Nerdologia 

.

FILIPA ARAÚJO

.






O tuga emigra

MACAU - o “tuga emigra” é todo um conceito por si só. Não é apenas o português que “emigra ou sai da sua região ou do seu país para se estabelecer noutro”. Nada disso

Nunca compreendi expressões, ditas por amigos emigrados, como “os tugas” ou “o emigra”. Sempre as considerei abreviaturas com conotação depreciativa, a roçar o foleiro. Mas, não estando mergulhada no mundo da emigração, nunca opinei sobre o assunto. Agora que aqui estou, mergulhada a largos metros de profundida, sinto-me em posição de poder debruçar-me sobre o assunto, que de depreciativo nada tem.
Comecemos pelo início. No caso do emigrante português, estes conceitos não podem estar separados porque a sua junção é absolutamente extraordinária. O dicionário de língua portuguesa define “emigra” como sinónimo de “emigrante”. Até aqui, podemos aceitar. Agora, o “tuga emigra” é todo um conceito por si só. Não é apenas o português que “emigra ou sai da sua região ou do seu país para se estabelecer noutro”. Nada disso.
O “tuga emigra” é todo um mundo dentro da emigração. É aquele que incorpora os hábitos dos emigras, os traços da mistura das culturas, dos hábitos e tradições. Vamos retirar as aspas, e abraçar o conceito. O tuga emigra é um emigrante cheio de orgulho quando fala de Portugal, mas também o é quando fala da terra que o acolheu. O tuga emigra fala mal de Portugal, mas ai de alguém que lhe diga que Portugal não é o melhor país do mundo. O tuga emigra fala mal da nova terra, do novo país, mas cale-se quem nunca lá viveu, porque não sabe nada, nem tem direito a opinar.
O tuga emigra, com todo o gosto, já confunde o português com inglês, ou com a língua local. Esquece conceitos e dá por si a tentar traduzir palavras que já só lembra em inglês. Nessa salgalhada não lhe estranhem, por isso, quando em Portugal manda para o ar uma ou outra palavra em inglês a meio de uma frase, ou no pedido numa pastelaria. Na verdade, não é exibicionismo ou “mania que fala inglês”, é quase uma deficiência adquirida por defeito.
Mas o tuga emigra é mais. O tuga emigra partilha orgulhosamente uma fotografia no seu instagram sempre que encontra Super Bock à venda! Faz até uma festa. Assim como com qualquer outro produto alimentar. Nas visitas a Portugal, o tuga emigra perde HORAS no Modelo, Continente, Pingo Doce e derivados, fascinado e saudosista com a variedade de produtos. Vocês já viram bem aquele corredor interminável de iogurtes? E os tipos de pão? É que o tuga emigra sabe que não há pão como o nosso!
E cuidado se, do lado de cá, o tuga emigra encontra um chinês com a camisola do tão nosso CR7 ou da selecção nacional. Quase que nos pára o coração. É orgulho, olhos a brincar e sorrisos rasgados. E se no meio da Indonésia nos dizem “Kitiano Uonaldo”, dá direito a selfie com o miúdo que conhecia o nosso puto maravilha.
O tuga emigra vai mais longe e ignora o fuso horário e mete o despertador para as 4 da manhã para ver o Benfica! Se é a final, então um bar qualquer da terra sabe que terá de passar o jogo porque a malta tem de festejar.
Nos lanches, os tremoços não faltam. E quando faltam, o emigra traz de Portugal, ao lado do azeite do pai e o bacalhau que a mãe separou. Há sempre espaço para uns docinhos e outros tantos petiscos. É que até pode haver tudo aquilo na terra que lhe dá o ganha-pão, mas nenhum sabor lhe sabe tão a casa.
O tuga emigra partilha longas tardes de lanches e almoços tardios, adora uma boa esplanadinha, e há falta de melhor, o banquinho da rua chega-lhe. E se este ano não partilhaste fotografia do boletim de voto antecipado, é porque não és tuga emigra digno de carregar ao peito esse nome. Aliás, o tuga emigra escreve sobre o orgulho de ser tuga emigra, if you know what I mean!
 
E, agora, longe de definições e generalizações que nada mais servem para nos divertir, o emigrante português têm me ensinado que a sua capacidade de trabalho está acima da média, que consegue fazer casa em qualquer lugar do mundo, mesmo quando lhe fecham as portas, mesmo assim, ele vai à volta. Que na mesa não falta espaço para mais um, e outro e quantos forem precisos. Que a sua grandiosidade está nos braços abertos. E que o orgulho pelo seu país só o torna mais digno no respeito pelas suas raízes. 
Pai prepara o azeite, mãe, compra-me aquele lençol com o teu cheiro, este Natal vou a casa!

IN "VISÃO"
07/12/19

.
.


2122.UNIÃO



EUROPEIA



Dubravka Šuica
Vice presidente
da Comissão Europeia
.
.
.

ƁÍƁLIA: A ƐSƇRIƬURA SAƓRAƊA????????



FONTE:  Tempero Drag
.

XLVI-VIDA SELVAGEM
1- A HIENA
A HERDEIRA DO CLÃ




FONTE:   Paulo Roberto Rocha

.
.
Sebastião Oliveira

Best Part


The Voice Portugal - Prova Cega

.
.

27-UM POEMA POR SEMANA


CAMILO PESSANHA


QUEM POLUIU, QUEM RASGOU 

OS MEUS LENÇÓIS DE LINHO



dito por

LUÍSA CRUZ

.

.
ᖇᕮᖴᒪᕮ᙭ÕᕮS
5-PROTECÇÃO DE DADOS 
 𝓟𝓻𝓸𝓯𝓮𝓼𝓼𝓸𝓻 𝓨𝓾𝓿𝓪𝓵 𝓝𝓸𝓪𝓱 𝓗𝓪𝓻𝓪𝓻𝓲



* No Roda Viva, Daniela Lima recebe o israelita Yuval Harari, professor de História da Universidade Hebraica de Jerusalém. PHD pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, ele é autor de 'Sapiens', uma breve história da humanidade, 'Homodeus' e '21 lições para o século 21', que venderam mais de 20 milhões de exemplares em todo o mundo. Em suas obras, nas palestras e entrevistas, Harari trata de questões actuais, como: a humanidade, como a conhecemos, vai desaparecer? O homem está tentando assumir o papel de Deus? Estamos ameaçados pelo surgimento de ditaduras digitais, que seguem as pessoas o tempo todo?


FONTE:   Roda Viva

.
.

Subida do nível das águas 
ameaça costa moçambicana




FONTE:  euronews

.
.
OBLIVIOUS
(short film about sex-trafficking)




FONTE:  MikeyHardesty

.
.
NA COZINHA/82
35-RECEITA ILUSTRADA



.
.
2187
Senso d'hoje
MARIANA MORTÁGUA
DEPUTADA À A.R.
MILITANTE BLOCO DE ESQUERDA
As propostas do B.E. de investimento no 
Estado Social para o Orçamento de 2020












FONTE:   EsquerdaNet

.
.
A GRACINHA
QUE NÓS SOMOS





.
.

BOM DIA


.
.


89-CINEMA
FORA "D'ORAS"

𝐼𝒳 - 𝒫𝒜𝒯𝑅𝐼𝒞𝒦



Sιησρѕє:

𝖪𝖺𝗍𝗁𝗒 𝖾́ 𝗎𝗆𝖺 𝗃𝗈𝗏𝖾𝗆 𝖾𝗇𝖿𝖾𝗋𝗆𝖾𝗂𝗋𝖺 𝗊𝗎𝖾 𝖾𝗌𝗍𝖺́ 𝖺𝗇𝗌𝗂𝗈𝗌𝖺 𝗉𝖺𝗋𝖺 𝖼𝗈𝗆𝖾𝖼̧𝖺𝗋 𝗇𝗈 𝗌𝖾𝗎 𝗇𝗈𝗏𝗈 𝖾𝗆𝗉𝗋𝖾𝗀𝗈, 𝗎𝗆𝖺 𝖼𝗅𝗂́𝗇𝗂𝖼𝖺 𝗉𝗌𝗂𝗊𝗎𝗂𝖺́𝗍𝗋𝗂𝖼𝖺 𝗂𝗌𝗈𝗅𝖺𝖽𝖺.

𝖤𝗅𝖺 𝖿𝗂𝖼𝖺 𝗂𝗇𝗍𝗋𝗂𝗀𝖺𝖽𝖺 𝖼𝗈𝗆 𝖯𝖺𝗍𝗋𝗂𝖼𝗄 , 𝗎𝗆 𝗉𝖺𝖼𝗂𝖾𝗇𝗍𝖾 𝖾𝗆 𝖼𝗈𝗆𝖺 𝗊𝗎𝖾 𝗈 𝗌𝖾𝗎 𝖼𝗁𝖾𝖿𝖾, 𝖣𝗋. 𝖱𝗈𝗀𝖾𝗍, 𝗀𝖺𝗋𝖺𝗇𝗍𝖾 𝗊𝗎𝖾 𝖾𝗅𝖾 𝖾́ 𝗂𝗇𝖼𝖺𝗉𝖺𝗓 𝖽𝖾 𝗋𝖾𝗌𝗉𝗈𝗇𝖽𝖾𝗋 𝖺 𝗊𝗎𝖺𝗅𝗊𝗎𝖾𝗋 𝖾𝗌𝗍𝗂́𝗆𝗎𝗅𝗈 𝖾𝗑𝗍𝖾𝗋𝗇𝗈.

𝖪𝖺𝗍𝗁𝗒 𝖿𝗂𝖼𝖺 𝗁𝗈𝗋𝗋𝗈𝗋𝗂𝗓𝖺𝖽𝖺 𝖼𝗈𝗆 𝖺𝗌 𝖾𝗑𝗉𝖾𝗋𝗂𝖾𝗇𝖼𝗂𝖺𝗌 𝗊𝗎𝖾 𝖱𝗈𝗀𝖾𝗍 𝖾 𝗌𝗎𝖺 𝖾𝗇𝖿𝖾𝗋𝗆𝖾𝗂𝗋𝖺 𝖬𝖺𝗍𝗋𝗈𝗇 𝖢𝖺𝗌𝗌𝗂𝖽𝗒 𝗅𝗁𝖾 𝗂𝗇𝖿𝗅𝗂𝗀𝖾𝗆, 𝖾 𝖾𝗅𝖺 𝖿𝗂𝖼𝖺 𝗂𝗇𝗂𝖼𝗂𝖺𝗅𝗆𝖾𝗇𝗍𝖾 𝗌𝖺𝗍𝗂𝗌𝖿𝖾𝗂𝗍𝖺 𝗊𝗎𝖺𝗇𝖽𝗈 𝖾𝗇𝖼𝗈𝗇𝗍𝗋𝖺 𝗎𝗆𝖺 𝗆𝖺𝗇𝖾𝗂𝗋𝖺 𝖽𝖾 𝗌𝖾 𝖼𝗈𝗆𝗎𝗇𝗂𝖼𝖺𝗋 𝖼𝗈𝗆 𝖾𝗅𝖾.

𝖨𝗌𝗌𝗈 𝗋𝖺𝗉𝗂𝖽𝖺𝗆𝖾𝗇𝗍𝖾 𝗌𝖾 𝗍𝗋𝖺𝗇𝗌𝖿𝗈𝗋𝗆𝖺 𝖾𝗆 𝗁𝗈𝗋𝗋𝗈𝗋 𝗊𝗎𝖺𝗇𝖽𝗈 𝖯𝖺𝗍𝗋𝗂𝖼𝗄 𝗎𝗌𝖺 𝗌𝗎𝖺𝗌 𝗁𝖺𝖻𝗂𝗅𝗂𝖽𝖺𝖽𝖾𝗌 𝗉𝗌𝗂́𝗊𝗎𝗂𝖼𝖺𝗌 𝗉𝖺𝗋𝖺 𝗂𝗇𝗍𝖾𝗋𝖿𝖾𝗋𝗂𝗋 𝖼𝗈𝗆 𝖺 𝗏𝗂𝖽𝖺 𝖽𝖾𝗅𝖺 𝖿𝗈𝗋𝖺 𝖽𝗈 𝗁𝗈𝗌𝗉𝗂𝗍𝖺𝗅, 𝗉𝗈𝗂𝗌 𝖯𝖺𝗍𝗋𝗂𝖼𝗄 𝖿𝗂𝖼𝗈𝗎 𝗈𝖻𝖼𝖾𝖼𝖺𝖽𝗈 𝗉𝗈𝗋 𝖪𝖺𝗍𝗁𝗒 𝖾 𝗉𝗋𝖾𝗃𝗎𝖽𝗂𝖼𝖺𝗋𝖺́ 𝗊𝗎𝖺𝗅𝗊𝗎𝖾𝗋 𝗎𝗆 𝗊𝗎𝖾 𝖼𝗈𝗇𝗌𝗂𝖽𝖾𝗋𝖾 𝖾𝗌𝗍𝖺𝗋 𝗂𝗇𝗍𝖾𝗋𝖿𝖾𝗋𝗂𝗇𝖽𝗈 𝗇𝗈 𝗌𝖾𝗎 𝗋𝖾𝗅𝖺𝖼𝗂𝗈𝗇𝖺𝗆𝖾𝗇𝗍𝗈 𝖼𝗈𝗆 𝖾𝗅𝖺.

Ɛℓєηcσ:

𝖲𝗁𝖺𝗋𝗇𝗂 𝖵𝗂𝗇𝗌𝗈𝗇 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖪𝖺𝗍𝗁𝗒 𝖩𝖺𝖼𝗊𝗎𝖺𝗋 
𝖱𝖺𝖼𝗁𝖾𝗅 𝖦𝗋𝗂𝖿𝖿𝗂𝗍𝗁𝗌 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝗆𝖺𝗍𝗋𝗈𝗇𝖺 𝖢𝖺𝗌𝗌𝗂𝖽𝗒 
𝖢𝗁𝖺𝗋𝗅𝖾𝗌 𝖣𝖺𝗇𝖼𝖾 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖣𝗈𝗎𝗍𝗈𝗋 𝖱𝗈𝗀𝖾𝗍 
𝖯𝖾𝗍𝖺 𝖲𝖾𝗋𝗀𝖾𝖺𝗇𝗍 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖾𝗇𝖿𝖾𝗋𝗆𝖾𝗂𝗋𝖺 𝖶𝗂𝗅𝗅𝗂𝖺𝗆𝗌 
𝖤𝗅𝗂𝗓𝖺 𝖳𝖺𝗒𝗅𝗈𝗋 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖾𝗇𝖿𝖾𝗋𝗆𝖾𝗂𝗋𝖺 𝖯𝖺𝗇𝗂𝖼𝖺𝗅𝖾
𝖬𝖺𝗋𝗍𝗂𝗇 𝖢𝗋𝖾𝗐𝖾𝗌 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖡𝗋𝗂𝖺𝗇 𝖶𝗋𝗂𝗀𝗁𝗍
𝖣𝖺𝗆𝗈𝗇 𝖦𝖺𝗆𝖾𝖺𝗎 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖤𝖽 𝖯𝖾𝗇𝗁𝖺𝗅𝗂𝗀𝗈𝗇
𝖩𝖺𝖼𝗄𝗌𝗈𝗇 𝖦𝖺𝗅𝗅𝖺𝗀𝗁𝖾𝗋 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖯𝖺𝗍𝗋𝗂𝖼𝗄 
𝖱𝗈𝖽 𝖬𝗎𝗅𝗅𝗂𝗇𝖺𝗋 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖬𝗈𝗋𝗋𝗂𝗌 
𝖲𝗂𝗆𝗈𝗇𝖾 𝖡𝗎𝖼𝗁𝖺𝗇𝖺𝗇 𝖼𝗈𝗆𝗈 𝖺 𝗆𝖺̃𝖾 𝖽𝖾 𝖯𝖺𝗍𝗋𝗂𝖼𝗄

FONTE:  BRASILFLIX