05/10/2019

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
.
XI-A HISTÓRIA 
DO SEXO
2- SEXUALIDADE E GÉNERO
2.5 Género e sexualidade
na infância e adolescência



CONFERENCISTAS PSICANALISTAS:
Adela Stoppel de Gueller
Julieta Jerusalinsky
Paul Kardous


* Esta conferência ocorreu a 08/03/19, Dia Internacional da Mulher, o assunto em título que todos devemos conhecer cada vez melhor é aqui abordado de modo claro e inteligente pelo que avisamos os nossos visitadores da importância do visionamento de toda a apresentação.
Para facilitar decidimos dividir a conferência em 6 partes, 3 para a dissertação de cada um dos oradores, 2 para interlocução entre os mesmos e uma última para debate com o público.



FONTE:  CEP - Centro de Estudos Psicanalíticos-S. PAULO, BRASIL
.
.

Aldo Lima

Tourada


.
.
6-SISTEMA NERVOSO
6.2-SUB-SISTEMAS NERVOSOS
6.2.1- Diferenças entre o Sistema
Nervoso Autónomo (visceral)
e o Sistema Nervoso Somático



* Uma interessante série produzida para auxiliar alunos da área de saúde mas também muito útil para quem quer que deseje aprender sobre esta matéria. Desfrute.


FONTE: Anatomia Fácil com Rogério Gozzi

.
.
pഠяqนε тεണഠร яąЪഠ?




FONTE:  Nerdologia 

.

MAFALDA ANJOS

.






Furacões, conspirações 
e surpresas

Depois de tantos erros e desvarios no último ano e meio, nos minutos finais da partida Rui Rio parece cheio de energia e focado em não deixar cair nenhuma bola no chão. Se ao menos a habilidade para fazer campanha equivalesse à capacidade para fazer oposição e governar, teriam menos razões de desalento os eleitores à direita…

Está feita a vontade dos que se queixavam que a campanha legislativa estava “morna” e “chata” – como se a política se medisse por ataques e contragolpes. O furação Tancos chegou a meio do período de campanha e foi um ciclónico desvario. 

Depois de o ex-ministro da Defesa de António Costa ter sido acusado pelo Ministério Público de abuso de poder, denegação de Justiça e prevaricação e proibido do exercício de funções, durante umas horas o discurso dos partidos foi contido, mas rapidamente mudou de tom. A mudança mais drástica veio de Rui Rio, o mesmo que antes tinha dito que nunca comentaria assuntos de Justiça: “Não vejo como [António Costa] não tenha aqui responsabilidades. Perante um assunto desta gravidade, o ministro da Defesa não avisa o primeiro-ministro? 

Costa ou sabe ou não sabe, e ambas as hipóteses são más”, afirmou o líder do PSD, galvanizado pelas subidas nas sondagens nos dias anteriores. 

A sua performance na campanha tem surpreendido meio mundo, até mesmo nas hostes laranjas que voltaram a acreditar que seria possível ter um resultado a 6 de outubro melhor do que embaraçoso.

Surpreendente pela negativa tem sido a prestação de António Costa e do Partido Socialista, com uma capacidade de reação demasiado lenta para um período em que cada minuto conta... e pode valer votos. Não só não se demarcou estrategicamente de Azeredo Lopes e do gravíssimo alegado encobrimento do “achamento” (e abrindo a legítima dúvida de porque não o fez) como tem deixado crescer a tese dentro do PS (e fora dele) de que houve uma conspiração do Ministério Público para atacar o Governo e o Presidente da República. Conspiração essa que, segundo o Expresso, na tese do PS inclui a ex-procuradora Joana Marques Vidal, não reconduzida no cargo. 

Se em São Bento se fala de complôs, em Belém alinha-se pela mesma bitola conspirativa, ao fazer-se passar a tese de que a deixa do “papagaio-mor do reino”, que se referiria ao Presidente da República, surgiu via PS para distrair de Costa as atenções. Aparentemente não há inocentes nem coincidências nesta história. 

Um vendaval político com eleições à porta significa uma excelente oportunidade. Depois de tantos erros e desvarios no último ano e meio, nos minutos finais da partida Rui Rio parece cheio de energia e focado em não deixar cair nenhuma bola no chão. Se ao menos a habilidade para fazer campanha equivalesse à capacidade para fazer oposição e governar, teriam menos razões de desalento os eleitores à direita… Até ao apitar do árbitro – que é como quem diz, ao voto do povo – está-se a jogo. 

E tudo indica que as últimas horas serão nada menos do que emocionantes.


IN "VISÃO"
03/10/19

.
.
𝔻𝕆𝕄𝕀ℕ𝔾𝕆
01h00

* O site Fumaça, entrevistou uma série de figuras públicas ligadas à Ciênca e à Cultura a propósito do acto eleitoral de hoje. São contributos importantes que para si, se gosta de estar bem informado não vai deixar de querer visionar.
Se preferir a cultura do facebookês esteja à vontade. 
O excelente trabalho da equipa do Fumaça merece todo o nosso respeito

A hora tardia da edição é irrelevante.

A REDACÇÃO

.
.


2052.UNIÃO



EUROPEIA




.
.

𝓐 𝓒𝓲𝓮̂𝓷𝓬𝓲𝓪 𝓮́ 𝓒𝓸𝓻𝓻𝓸𝓼𝓲𝓿𝓪 𝓹𝓪𝓻𝓪
𝓪 𝓒𝓻𝓮𝓷𝓬̧𝓪 𝓡𝓮𝓵𝓲𝓰𝓲𝓸𝓼𝓪
Steven Weinberg



FONTE:  Luc Anderssen

.

XLIII-VIDA SELVAGEM
4- CASUAR
GIGANTE DA NATUREZA



FONTE:   Luiz Cláudio 2


.
.
RECORDANDO


Amália Rodrigues

Povo que lavas no rio



E

HOMENAGEANDO



Maria da Fé

Povo que lavas no rio

.
. .

17-UM POEMA POR SEMANA
  
JOSÉ RÉGIO



CÂNTICO NEGRO





dito por


PAULO GRACINDO


.
.

4-CINCO DE OUTUBRO
1910



FONTE: RTP/1 - Programa "Conta-me História"

.
.

3-CINCO DE OUTUBRO
1910



FONTE: RTP/1 - Programa "Conta-me História"

.
.

2-CINCO DE OUTUBRO
1910



FONTE: RTP/1 - Programa "Conta-me História"

.
.

1-CINCO DE OUTUBRO
1910




FONTE: RTP/1 - Programa "Conta-me História"

.
.


🅜🅔🅡🅓🅐 🅕🅡🅘🅣🅐



.
.
𝓐 𝓐𝓖𝓡𝓔𝓢𝓢𝓞𝓡𝓐



.
.
NA COZINHA/72
25-RECEITA ILUSTRADA


.
.

2117
Senso d'hoje
FERNANDA MONTENEGRO
GRANDE ACTRIZ.
CIDADÃ BRASILEIRA
Bolsonaro vê teatro como
'espaço do demónio'


FONTE:  TV FOLHA

.
.
A GRACINHA
QUE NÓS SOMOS







.
.

BOM DIA


.
.
𝐋𝐞𝐠𝐢𝐬𝐥𝐚𝐭𝐢𝐯𝐚𝐬 𝟐𝟎𝟏𝟗
CARLA AMADO GOMES
Sobre Impacte Ambiental
e Grandes Obras









* “Aeroporto? Eventualmente, sim, mas não já como um facto consumado, porque isso do ponto de vista da boa governação ambiental é péssimo.” Carla Amado Gomes, especialista em Direito Ambiental e professora na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, acredita que, em Portugal, a participação pública em projetos com grandes impactes ambientais tem sido descartada. É um formalismo que se segue à tomada de decisão política, diz.

** Se por qualquer motivo não conseguir ver o vídeo completo de uma só vez opte por vê-lo em parcelas, os temas escolhidos são de grande importância.

* Desde o passado domingo até 06/10/19 editaremos as declarações de uma figura pública de relevo na vida portuguesa.


FONTE:   Fumaça

.
:.


85-CINEMA
FORA "D'ORAS"
x-ʋʍ ɔʀɪʍɛ ɗɛ ʍɛʂ†ʀɛ


𝓢𝓘𝓝𝓞𝓟𝓢𝓔:

Ted Crawford é um brilhante arquitecto, que têm a capacidade de descobrir falhas em construções maciças.

Utilizando de sua meticulosidade, ele elabora um plano criminoso depois de descobrir que a sua mulher, Jennifer, está tendo um caso com outro homem.
 
Ele diz que a ama e em seguida dá-lhe um tiro na cabeça, e confessa o seu crime à polícia.


O plano de Ted é caracterizado pela ausência de provas que inviabilizam a sua condenação.

O promotor Willy Beachum, representando um jovem audacioso e firme, porém com um cunho de imaturidade, lutando contra seu próprio ego, é obrigado a fazer escolhas morais cada vez mais árduas

𝓔𝓛𝓔𝓝𝓒𝓞:

𝓐𝓷𝓽𝓱𝓸𝓷𝔂 𝓗𝓸𝓹𝓴𝓲𝓷𝓼.... 𝓣𝓱𝓮𝓸𝓭𝓸𝓻𝓮 "𝓣𝓮𝓭" 𝓒𝓻𝓪𝔀𝓯𝓸𝓻𝓭
𝓡𝔂𝓪𝓷 𝓖𝓸𝓼𝓵𝓲𝓷𝓰.... 𝓦𝓲𝓵𝓵𝓲𝓪𝓶 "𝓦𝓲𝓵𝓵𝔂" 𝓑𝓮𝓪𝓬𝓱𝓾𝓶
𝓓𝓪𝓿𝓲𝓭 𝓢𝓽𝓻𝓪𝓽𝓱𝓪𝓲𝓻𝓷.... 𝓙𝓸𝓮 𝓛𝓸𝓫𝓻𝓾𝓽𝓸
𝓡𝓸𝓼𝓪𝓶𝓾𝓷𝓭 𝓟𝓲𝓴𝓮.... 𝓝𝓲𝓴𝓴𝓲 𝓖𝓪𝓻𝓭𝓷𝓮𝓻
𝓔𝓶𝓫𝓮𝓽𝓱 𝓓𝓪𝓿𝓲𝓭𝓽𝔃.... 𝓙𝓮𝓷𝓷𝓲𝓯𝓮𝓻 𝓒𝓻𝓪𝔀𝓯𝓸𝓻𝓭
𝓑𝓲𝓵𝓵𝔂 𝓑𝓾𝓻𝓴𝓮.... 𝓛𝓽. 𝓡𝓸𝓫 𝓝𝓾𝓷𝓪𝓵𝓵𝔂
𝓒𝓵𝓲𝓯𝓯 𝓒𝓾𝓻𝓽𝓲𝓼.... 𝓓𝓮𝓽𝓮𝓽𝓲𝓿𝓮 𝓕𝓵𝓸𝓻𝓮𝓼
𝓕𝓲𝓸𝓷𝓪 𝓢𝓱𝓪𝔀.... 𝓙𝓾𝓲́𝔃𝓪 𝓡𝓸𝓫𝓲𝓷𝓼𝓸𝓷
𝓑𝓸𝓫 𝓖𝓾𝓷𝓽𝓸𝓷.... 𝓙𝓾𝓲𝔃 𝓕𝓻𝓪𝓷𝓴 𝓖𝓪𝓻𝓭𝓷𝓮𝓻
𝓙𝓸𝓼𝓱 𝓢𝓽𝓪𝓶𝓫𝓮𝓻𝓰.... 𝓝𝓸𝓻𝓶𝓪𝓷 𝓕𝓸𝓼𝓽𝓮𝓻
𝓧𝓪𝓷𝓭𝓮𝓻 𝓑𝓮𝓻𝓴𝓮𝓵𝓮𝔂.... 𝓙𝓾𝓲𝔃 𝓜𝓸𝓻𝓪𝓷
𝓩𝓸𝓮 𝓚𝓪𝔃𝓪𝓷.... 𝓜𝓸𝓷𝓪
𝓡𝓮𝓽𝓽𝓪.... 𝓟𝓸𝓵𝓲𝓬𝓲𝓪𝓵 𝓭𝓪 𝓼𝓪𝓵𝓪 𝓭𝓮 𝓹𝓻𝓸𝓿𝓪𝓼
𝓐𝓵𝓵𝓪 𝓚𝓸𝓻𝓸𝓽.... 𝓽𝓻𝓪𝓭𝓾𝓽𝓸𝓻𝓪 𝓭𝓮 𝓻𝓾𝓼𝓼𝓸

FONTE: Leandro Emygdio