sábado, 12 de agosto de 2017

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.

THE  NOITE


2-ENTREVISTA COM


MÓNICA PEREIRA LIMA




* Iniciámos a edição do programa "SEM VERGONHA" apresentado por MÓNICA MOREIRA LIMA a 20 de Fevereiro de 2016 e em todos os episódios nos espantámos com a pujante arte de comunicar desta senhora, um fenómeno. 
Depois de ano e meio de episódios e de muito procurar talvez ainda mais outros tantos não tivemos sorte alguma, tristes percebemos que o programa tinha acabado ou tinha "fugido" do youtube, lamentavelmente. 
Hoje somos obirigados a dizer a MÓNICA MOREIRA LIMA um até breve noutro programa ainda melhor, apresentámos-vos a última parte de uma deliciosa entrevista que a autora deu a DANILO GENTILI apresentador do programa "THE NOITE". 
Se alguém souber por onde anda a trabalhar a autora do "SEM VERGONHA" contem-nos, ficamos gratos.

.
.
.
18-DENGOSAS



.
.
Psicólogos
à beira de um ataque de nervos


FONTE: PROGRAMA "Donos Disto Tudo"  RTP/1
.
.

.
17-DENGOSAS



.
.

AVALIAÇÃO DO NÓDULOS
DA TIRÓIDE

2- Aspectos Benignos e Malignos
dos Nódulos



Uma interessante série conduzida por Leonidas di Piero Novais, endocrinologista pela PUC- Rio de Janeiro.

* Uma produção "CANAL MÉDICO"

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.

.
16-DENGOSAS



.
.

GUERRA DA ARGÉLIA




FONTE: NERDOLOGIA


.
.

.
15-DENGOSAS



.

ANA BISPO RAMIRES

.



Ser saudável:
nova atitude, nova “moda” ou
          apenas mais um processo
de “fuga para a frente”?

O "ser saudável" transformou-se, já há alguns anos, num dos segmentos de new business com maior progressão em termos comerciais.

Empresas do sector público e privado desmultiplicam-se em ações, ora de marketing, ora de informação, onde, com um intuito comercial ou puramente pedagógico, procuram "agitar" (dificilmente será mais do que isto e, conseguindo este efeito, já será muito bom) a CONSCIÊNCIA da COMUNIDADE, no que respeita aos seus "indicadores de saúde".

Por esta razão, são lançadas muitas campanhas de marketing (no caso da indústria do fitness) ou até de triagem no despiste de determinada condição clínica (diabetes, surdez, risco cardiovascular, entre outras), em diversos canais de comunicação.

De facto, uma maior CONSCIÊNCIA GLOBAL da importância da SAÚDE, através de uma mudança do paradigma anterior, mais focado na "doença", tem resultado numa COMUNICAÇÃO EM MASSA de que "devemos agir" de forma diferente, escolhendo comportamentos de saúde e não de doença (ex: consumo exagerado de doces, sedentarismo).

Até aqui, tudo ok.

Contudo, tratar-se-á, apenas, de mais uma "moda"?

As características antropométricas de cada pessoa são claramente distintas, a resposta fisiológica ao exercício ("entendido" pelo nosso organismo como um processo "agressivo" que origina uma resposta inflamatória) é diferente consoante a nossa "qualidade" muscular, o tipo de exercício, o contexto que nos envolve e... até o nosso estado emocional.

Então, se EM BUSCA DE SER MAIS SAUDÁVEL as pessoas se "documentam" em ferramentas como os vídeos na internet onde, os bloggers, vloggers e "opinion makers" (por vezes, com largas centenas de milhar de seguidores) eticamente responsáveis (porque, lamentavelmente, há muitos que não o são), refletem apenas sobre as "receitas de saúde" que seguem para dar resposta às suas características pessoais (atendendo a que não possuem conhecimento científico adequado para aconselhamento especifico) ou em, por exemplo, livros... os RESULTADOS serão, certamente, POUCO RIGOROSOS, PUCO CONSISTENTES e, lamentavelmente em alguns cenários até PERIGOSOS, dado estarmos a falar de FERRAMENTAS de COMUNICAÇÃO em LARGA ESCALA, logo, INCAPAZES DE DAR RESPOSTA À ESPECIFICIDADE ÚNICA DO CORPO DE CADA PESSOA...

Logo, aquilo que maioritariamente se alcança:

- são clientes para as clinicas de fisioterapia, resultantes de overuse, erros posturais ou técnica incorreta;
- são clientes para a área nutricional, resultantes de desregulação de um padrão alimentar que não se adequa às necessidades do sujeito, com forte compromisso da qualidade emocional (maior labilidade), do sono e fadiga;
- são clientes para a área cardiovascular, com episódios agudos de miocárdio;

Entre tantas outras áreas que "beneficiam" da "nossa vontade" (às vezes, quase vivida como um processo de "escravatura" auto-infligida, por pretender apenas dar resposta a uma "exigência social") em ser saudável.

Em boa regra, e como em tantas outras áreas, SER "SAUDÁVEL", começa por cada pessoa tentar perceber O QUE É QUE ISSO REPRESENTA PARA SI própria, atendendo ao seu atual "state of art", que MUDANÇAS está disposta a fazer (por si e para si... não porque as pessoas à sua volta estão todas a fazer a dieta "a" ou "b", a treinar neste ou naquele ginásio...) e, acima de tudo, procurar AJUDA de TÉCNICOS ESPECIALIZADOS para o efeito e ACEITAR e COMPROMETER-SE com a ALTERAÇÃO de um ESTILO de VIDA... para a VIDA.

Acima de tudo, é suposto "ser bom" ou, por outras palavras, é suposto que esta MUDANÇA traga MAIOR BEM-ESTAR (psicológico) e não o inverso.

A Psicologia da Performance encontra-se especificamente direcionada para o delineamento de planos específicos de treino de competências psicológicas, para a promoção de desempenhos de excelência, através da elevação das capacidades psico-emocionais e físicas dos sujeitos, em contextos de superação (desportivo, académico, empresarial e Vida, de uma forma geral)

* Psicóloga clínica, especialista em psicologia da performance e formadora e consultora em diversas empresas, áreas na quais conta com 20 anos de experiência profissional. Trabalha de perto com atletas de inúmeras modalidades, sendo de destacar o trabalho que efetuou durante 10 anos na área do futebol profissional do Sport Lisboa e Benfica, assim como a colaboração com o então selecionador nacional Luiz Felipe Scolari.

IN "EXPRESSO"
09/08/17

.
.


1320.UNIÃO



EUROPEIA



.

.
14-DENGOSAS



.
.

CERTEZAS CIENTÍFICAS



FONTE: Razão ConsCiência

.
.
XVIII-VIDA SELVAGEM
3 - Desafios Mortais
O Dragão de komodo

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
.
13-DENGOSAS



.
.
RECORDANDO

Maria Guinot

Silêncio E Tanta Gente


.
.
 I V G


Uma actriz maquilhada para parecer de menor idade, fingindo estar grávida, percorre as ruas da cidade pedindo a opinião sobre o que deve fazer a vários transeuntes, observe as respostas.

.
.


JAPÃO

VISITA MUITO RÁPIDA



FONTE: VIMEO
.
.
O MACHISTA GAY



.
.
GRÉCIA

ECLIPSE LUNAR



FONTE: AFPBrasil

.
.
EXPLICA-ME COMO SE 
EU FOSSE MUITO BURRO

QUE É O BCE?
- O BCE é o banco central dos Estados da UE que pertencem à zona euro, como é o caso de Portugal.
.
E DONDE VEIO O DINHEIRO DO BCE?
- O dinheiro do BCE, ou seja o capital social, é dinheiro de nós todos, cidadãos da UE, na proporção da riqueza de cada país. Assim, à Alemanha correspondeu 20% do total. Os 17 países da UE que aderiram ao euro entraram no conjunto com 70% do capital social e os restantes 10 dos 27 Estados da UE contribuíram com 30%.


E É MUITO, ESSE DINHEIRO?
- O capital social era 5,8 mil milhões de euros, mas no fim do ano passado foi decidido fazer o 1º aumento de capital desde que há cerca de 12 anos o BCE foi criado, em três fases. No fim de 2010, no fim de 2011 e no fim de 2012 até elevar a 10,6 mil milhões o capital do banco.


ENTÃO, SE O BCE É O BANCO DESTES ESTADOS PODE EMPRESTAR DINHEIRO A PORTUGAL, OU NÃO? COMO QUALQUER BANCO PODE EMPRESTAR DINHEIRO A UM OU OUTRO DOS SEUS ACCIONISTAS ?
- Não, não pode..
.
PORQUÊ?!

- Porquê? Porque... porque, bem... são as regras. .
.
ENTÃO, A QUEM PODE O BCE EMPRESTAR DINHEIRO?
- A outros bancos, a bancos alemães, bancos franceses ou portugueses. .
.
AH PERCEBO, ENTÂO PORTUGAL, OU A ALEMANHA, QUANDO PRECISA DE DINHEIRO EMPRESTADO NÃO VAI AO BCE, VAI AOS OUTROS BANCOS QUE POR SUA VEZ VÃO AO BCE.
- Pois.


MAS PARA QUÊ COMPLICAR? NÂO ERA MELHOR PORTUGAL OU A GRÉCIA OU A ALEMANHA IREM DIRECTAMENTE AO BCE?
- Bom... sim... quer dizer... em certo sentido... mas assim os banqueiros não ganhavam nada nesse negócio!


AGORA NÃO PERCEBI!!..
- Sim, os bancos precisam de ganhar alguma coisinha. O BCE de Maio a Dezembro de 2010 emprestou cerca de 72 mil milhões de euros a países do euro, a chamada dívida soberana, através de um conjunto de bancos, a 1%, e esse conjunto de bancos emprestaram ao Estado português e a outros Estados a 6 ou 7%.


MAS ISSO ASSIM É UM "NEGÓCIO DA CHINA"! SÓ PARA IREM A BRUXELAS BUSCAR O DINHEIRO!
- Não têm sequer de se deslocar a Bruxelas. A sede do BCE é na Alemanha, em Frankfurt. Neste exemplo, ganharam com o empréstimo a Portugal uns 3 ou 4 mil milhões de euros.


ISSO É UM VERDADEIRO ROUBO... COM ESSE DINHEIRO ESCUSAVA-SE ATÉ DE CORTAR NAS PENSÕES, NO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO OU DE NOS TIRAREM PARTE DO 13º MÊS.
As pessoas têm de perceber que os bancos têm de ganhar bem, senão como é que podiam pagar os dividendos aos accionistas e aqueles ordenados aos administradores que são gente muito especializada.


MAS QUEM É QUE MANDA NO BCE E PERMITE UM ESCÂNDALO DESTES?
- Mandam os governos dos países da zona euro. A Alemanha em primeiro lugar que é o país mais rico, a França, Portugal e os outros países.
.
ENTÃO, OS GOVERNOS DÃO O NOSSO DINHEIRO AO BCE PARA ELES EMPRESTAREM AOS BANCOS A 1%, PARA DEPOIS ESTES EMPRESTAREM A 5 E A 7% AOS GOVERNOS QUE SÃO DONOS DO BCE?
- Bom, não é bem assim. Como a Alemanha é rica e pode pagar bem as dívidas, os bancos levam só uns 3%. A nós ou à Grécia ou à Irlanda que estamos de corda na garganta e a quem é mais arriscado emprestar, é que levam juros a 6, a 7% ou mais.


ENTÃO NÓS SOMOS OS DONOS DO DINHEIRO E NÃO PODEMOS PEDIR AO NOSSO PRÓPRIO BANCO!...
- Nós, qual nós?! O país, Portugal ou a Alemanha, não é só composto por gente vulgar como nós. Não se queira comparar um borra-botas qualquer que ganha 400 ou 600 euros por mês ou um calaceiro que anda para aí desempregado, com um grande accionista que recebe 5 ou 10 milhões de dividendos por ano, ou com um administrador duma grande empresa ou de um banco que ganha, com os prémios a que tem direito, uns 50, 100, ou 200 mil euros por mês. Não se pode comparar.


MAS, E OS NOSSOS GOVERNOS ACEITAM UMA COISA DESSAS?
- Os nossos Governos... Por um lado, são, na maior parte, amigos dos banqueiros ou estão à espera dos seus favores, de um empregozito razoável quando lhes faltarem os votos.


MAS ENTÃO ELES NÃO ESTÃO LÁ ELEITOS POR NÓS?
- Em certo sentido, sim, é claro, mas depois... quem tem a massa é quem manda. É o que se vê nesta actual crise mundial, a maior de há um século, para cá. Essa coisa a que chamam sistema financeiro transformou o mundo da finança num casino mundial, como os casinos nunca tinham visto nem suspeitavam, e levou os EUA e a Europa à beira da ruína. É claro, essas pessoas importantes levaram o dinheiro para casa e deixaram a gente como nós, que tinha metido o dinheiro nos bancos e nos fundos, a ver navios. Os governos, então, nos EUA e na Europa, para evitar a ruína dos bancos tiveram de repor o dinheiro.


E ONDE O FORAM BUSCAR?
- Onde havia de ser!? Aos impostos, aos ordenados, às pensões. De onde havia de vir o dinheiro do Estado?...
.
MAS METERAM OS RESPONSÁVEIS NA CADEIA?
- Na cadeia? Que disparate! Então, se eles é que fizeram a coisa, engenharias financeiras sofisticadíssimas, só eles é que sabem aplicar o remédio, só eles é que podem arrumar a casa. É claro que alguns mais comprometidos, como Raymond McDaniel, que era o presidente da Moody's, uma dessas agências de rating que classificaram a credibilidade de Portugal para pagar a dívida como lixo e atiraram com o país ao tapete, foram... passados à reforma. Como McDaniel é uma pessoa importante, levou uma indemnização de 10 milhões de dólares a que tinha direito.

E ENTÃO COMO É? COMEMOS E CALAMOS?

 Isso já não é comigo, eu só estou a explicar...

PARA QUE NÃO PERCA A MEMÓRIA
A REDACÇÃO 

.
..

1334
Senso d'hoje
SINEAD O'CONNOR
GRANDE CANTORA IRLANDESA
"Transtornos mentais são como
droga! Não quero morrer!"





FONTES: Great Interesting Funny - GIF
              Taylah Shearston

* Consideramos Sinead O'Connor uma voz ímpar por isso estamos consternados com esta comunicação, para além do psiquiatra, supõe-se que excelente, ela precisa de mais gente amiga que a tirem do motel.
HELP HER!

.
.

P'RA CIMA DE MUITOS


.
.

BOM DIA


.