terça-feira, 9 de maio de 2017

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.
EXPRESSIVAMENTE

.
15-BODY PAINTING

HANNA FERGUSON 


video



.
.

GRANDES LIVROS/36

AUTORES DO MUNDO


1- Dom Quixote de La Mancha

Miguel de Cervantes

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE  NO 
"OBSERVADOR"


Dois em cada cinco refugiados recolocados 
por Portugal abandonam o país

Pelo menos dois em cada cinco refugiados que são recolocados em Portugal abandonam o país para outros destinos europeus, uma situação que o Governo está a analisar

Pelo menos dois em cada cinco refugiados que são recolocados em Portugal abandonam o país para outros destinos europeus, uma situação que o Governo está a analisar, embora mantendo a disponibilidade de receber cada vez mais migrantes.
 .
Os números globais de acolhimento de refugiados divulgados hoje pelo Governo indicam que, no total, em 2016 e 2017 Portugal recolocou 1.306 refugiados (1.003 provenientes da Grécia e 303 de Itália).

No mesmo período foram comunicados ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras 555 abandonos, o que significa que pelo menos 42% dos recolocados se deslocaram para outros países europeus.

“Entendendo que os chamados movimentos secundários devem ser objeto de uma análise também ela à escala europeia, a decisão de Portugal é a de manter e reforçar este esforço. E por isso fizemos já as diligências no quadro europeu, renovando a nossa disponibilidade” para acolher mais refugiados, indicou em conferência de imprensa o ministro-adjunto, Eduardo Cabrita.

A disponibilidade renovada de Portugal, disse Eduardo Cabrita, visa acolher mais “recolocados a partir da Itália e da Grécia”, “cidadãos reinstalados a partir de países terceiros, como a Turquia, o Egito, o Líbano ou a Jordânia” e visa “manter o esforço de Portugal em relação aos que nos procuram a título espontâneo”.

Em 2016 foram 706 os refugiados que espontaneamente pediram asilo a Portugal, contra os 324 no que vai deste ano.

Por outro lado, 179 refugiados cujo processo estava entregue a Portugal foram detetados noutros países — designadamente a Alemanha, a Holanda, a Suécia e a Bélgica — cabendo agora às autoridades desses países a tarefa de os transferir novamente para o nosso país.

“As pessoas pelas quais Portugal é responsável – pela sua proteção e pedido de asilo – e que vão para outros países europeus, uma vez detetadas, esses países acionam o chamado regulamento de Dublin e nós temos obrigação de as recolocar”, explicou a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, também presente na conferência de imprensa.

A ministra salientou, no entanto, que estes refugiados estão no seu direito de querer sair de Portugal para países terceiros, mesmo ficando em situação ilegal a partir desse momento.

“Quando regressam a Portugal recomeçam precisamente no ponto em que tinham terminado o seu procedimento. (…) Agora, há sempre a opção de aquelas pessoas poderem dizer ‘eu prefiro ser ilegal num outro país’. E podem nunca ser detetadas. Ou podem chegar aqui e fugir para outro país, ou mesmo regressar ao seu país de origem”, realçou a governante.

No entanto, a ministra com a tutela da autoridade policial que vigia estes movimentos, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), assumiu que há investigações sobre eventuais crimes de auxílio à imigração ilegal precisamente nestes “movimentos secundários” para outros países europeus.

“Também está a ser investigado que possa haver aqui alguma indução das pessoas, auxilio a pessoas para aceitarem a recolocação em Portugal como plataforma de acesso ao país de destino, que era aquele que estava no seu projeto de migração original”, disse Constança Urbano de Sousa.

Todas essas situações e indícios, disse a ministra, “estão a ser devidamente investigados, para ver se não existe uma rede de auxílio à imigração ilegal”.

Ou seja, para ver se existem redes que, “a troco de remuneração, auxiliam os refugiados nestes percursos, para destinos finais”.

* O nosso país não é um refúgio atractivo, os refugiados procuram economias fortes onde mais facilmente  acumulem poupança e o bem estar que em portugal não acontece para os nativos. Mas também sabemos que por trás do fluxo migratório estão mafias cujo negócio é a circulação de carne humana para diversos fins.

.
.
8-O DESPERTAR DA CHINA

video


* Um acordar vigoroso, exemplar na voracidade!

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Marion Le Pen deixa a política e desilude quem via nela o futuro

Já há muito que Marion Maréchal-Le Pen não escondia o desejo de abandonar a política

A neta do fundador da Frente Nacional, Jean-Marie Le Pen, e sobrinha da atual líder da formação, Marine Le Pen, parece ter decidido que o momento chegou. 
 .

Aos 27 anos, aquela que em 2012 se tornou a mais jovem deputada de sempre em França deve confirmar hoje que não se recandidata nas legislativas de junho e que abandona também o mandato de conselheira regional da Provence-Alpes-Côte d"Azur.

As razões para esta opção serão pessoas: um divórcio para gerir e uma criança com menos de três anos para criar, mas talvez não sejam também alheias ao resultado "dececionante" - as palavras são de Marion - de Marine Le Pen na segunda volta das presidenciais.

Com algumas vozes críticas à sua liderança a começar ouvir-se, Marine Le Pen foi informada da decisão da sobrinha antes de esta sair nos media, mas não reagiu de imediato. No domingo, no discurso de derrota, Marine anunciara uma renovação da FN, que pode passar por uma mudança de nome. A relação entre tia e sobrinha terá vindo a degradar-se, segundo o Le Monde. 

 Mesmo se Marion lamentou logo no domingo "a tentativa mediática de me lançar contra Marine Le Pen". Mas a verdade é que não faltam militantes a ver nela o futuro da FN.

* Pode ser uma jogada política para depois surgir das cinzas da FN.

.
.

I-EXPEDIÇÃO AVENTURA
 2- RONDÓNIA
COM RICHARD RASMUSSEN

video

As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

..
.
HOJE  NO 
"RECORD"

Pepe a um passo do Paris SG

A Cadena SER adiantou esta segunda-feira, na sua edição da noite, que o defesa central Pepe estará a um pequeno passo de se tornar reforço do Paris SG na próxima temporada.
 .
Em final de contrato com o Real Madrid, o internacional português, de 34 anos, continua sem chegar a acordo com o conjunto espanhol - os merengues oferecem um ano e o defesa quer dois -e a sua saída ganha cada vez mais força.

Inicialmente falou-se do futebol chinês, de onde chegam propostas 'loucas' pelo campeão europeu, mas agora a opção PSG assume a dianteira, já que para lá de um bom salário, Pepe continuaria a atuar ao mais alto nível, no campeonato francês e também na Liga dos Campeões.

* Não hajam ilusões, as vedetas também são tratadas como mercadoria.

.

FERNANDO RANHA

.





Futuro

Temos este ano talvez as mais importantes eleições autárquicas, dos 40 anos da Autonomia.

E nelas podemos e devemos, devido à proximidade entre eleitos e eleitores, começar a luta para travar combate do afastamento dos cidadãos da vida política.

Para além dos partidos políticos (pilares da democracia) será bom que apareçam movimentos genuínos de cidadãos.

Será importante que os autarcas estabeleçam entre si uma base de entendimento para problemas comuns, cujas soluções seriam mais eficazes e com economia de custos em benefício de todos, penso na promoção turístico-cultural em especial.

Este entendimento deve ser alargado ao Governo Regional.

Numa análise política muito sucinta, temos pontos de muito interesse.
Em São Miguel, vai lutar-se pela liderança da AMISM, penso que se o PSD a conseguir, representará uma quase vitória nas eleições autárquicas.

Na Terceira, em Angra, será a continuidade natural. Na Praia da Vitória, salvo alguma surpresa de um “movimento independente”, o projeto de Roberto Monteiro será continuado.

Na Horta, joga-se a liderança do triângulo, que está cada vez mais centrada no Pico, devido à aposta muito consistente, em áreas muito importantes, como sejam a restauração, o alojamento e a diversão, tudo com um enquadramento cultural muito interessante, que esta ilha tem vindo a desenvolver.

No restante, salvo alguma dúvida nas Flores e no Pico, tudo será igual.

Mas é em Ponta Delgada que mais se joga o futuro político dos Açores.
José Manuel Bolieiro tem preparado paulatinamente as suas candidaturas à CMPD e ao PSD, para ser em 2020, o principal adversário de Vasco Cordeiro.
A escolha de uma vice-presidente forte, é sinal visível dessa estratégia.
É ele, neste momento, que marca a agenda no PSD.
O PS, ao escolher Victor Fraga, faz uma aposta com a clara intenção de ganhar a CMPD e afastar Bolieiro de 2020.

Se Victor Fraga ganhar a CMPD, provavelmente, o senhor que se segue no PSD, será Alexandre Gaudêncio, que terá no seu concelho uma instituição poderosa, que talvez lhe sirva de rampa de lançamento para tentar concretizar a sua ambição.

Termino com uma pergunta:
Porque será que nunca um presidente de câmara, chegou a presidente do Governo Regional?
Na resposta a esta pergunta, perceberemos melhor os próximos tempos políticos.

IN "AÇORIANO ORIENTAL"
05/05/17

.
.


1225.UNIÃO



EUROPEIA



.
HOJE NO  
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Salvador Sobral faz apelo à consciência
.sobre crise dos refugiados

O participante português da Eurovisão usou uma camisola com a mensagem "SOS Refugees" (em português "SOS Refugiados") enquanto concedia uma entrevista. Salvador Sobral quer dar projeção à crise mundial que está a afetar milhões de refugiados.

Salvador Sobral está a fazer uso da exposição mediática que tem tido nas últimas semanas, quer em Portugal como em toda a Europa, para fazer um apelo à cidadania sobre o problema social que o mundo está a enfrentar com a questão que envolve os refugiados.
 .

Numa entrevista concedida esta segunda-feira pelo representante português na Eurovisão, é possível ver o cantor de 27 anos a usar uma camisola com uma mensagem política alusiva a este tema. "SOS Refugees" (em português "SOS Refugiados") foi a frase escolhida pelo artista para ser estampada na peça de roupa.

Quando foi convidado do programa "5 para a meia-noite" (RTP1), no dia 27 de abril, Salvador Sobral já tinha mostrado intenção de usar a sua participação no certame de música para "dizer alguma coisa de interesse político". "Alguma coisa sobre os refugiados. Mas tenho que pensar em alguma coisa muito rápida", revelou a Filomena Cautela. "Salvador, tem de ser depois das votações", brincou a apresentadora.

A atuação do irmão da também cantora Luísa Sobral no Festival Eurovisão da Canção é já esta noite. Nesta primeira semifinal, "Amar Pelos Dois" será o único tema a ser escutado numa língua que não a inglesa.

* Bela atitude, mais alguém se lembrou de falar de causas?

.
.
130-BEBERICANDO

video

COMO FAZER "PAU NA COXA"


. .
.
ONU
Fundo agrícola luta 
por um mundo sem fome

video



.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS 
DA MADEIRA"

Instituto de Qualificação 
leva 14 formandos a França e à Bélgica

No âmbito do Convite Nacional à apresentação de Candidaturas 2017, o Instituto para a Qualificação (IQ) viu aprovada a sua candidatura apresentada à Acção Chave 1, do Programa Erasmus+, no sector da Educação e Formação Profissional.

Assim, o IQ fica em condições de concretizar o Projecto ‘Consolidar Competências III’, o qual traduz-se na mobilidade de 14 formandos do Centro de Formação Profissional, a França e à Bélgica, de entre as seguintes formações: curso de Cabeleireiro/a; curso de Estética e curso de Técnico/a de Recepção e Orçamentação de Oficina.

Para este projecto, o IQ conta com os seguintes parceiros:
- Na Bélgica - a Escola Dvm Htb, situada na cidade de Aalst, localizada a 25 km de Bruxelas e a 25 km de Ghent, A DvM Htb, é uma escola de nível secundário, com 700 alunos, constituída por cinco departamentos; comércio, secretariado e línguas, ciência, esteticismo e moda;
- Em França - O CFA Coiffure & Esthétique 4 e a Chambre de Métiers et de l`Artisanat Régionale des Pays de la Loire (CMAR PDL);

O CFA Coiffure & Esthétique 44, situado em Nantes, é um organismo de formação privado, com a missão de serviço público. Este Centro de Formação forma jovens em contrato de aprendizagem nas áreas de Cabeleireiro e de Estética, há mais de 30 anos;
.

A Chambre de Métiers et de l`Artisanat Régionale des Pays de la Loire (CMAR PDL) é um estabelecimento público e tem por missão principal representar as empresas artesanais e as câmaras de comércio e ofícios da região do Pays de la Loire, e ainda contribuir para o reconhecimento do papel económico e social do artesanato regional, valorizar a rede e as acções das cinco Câmaras das profissões e do artesanato que a integram: Loire-Atlantique, Maine e Loire, Mayenne, Sarthe e Vendée e construir parcerias regionais no quadro das políticas dos procedimentos regionais.

 A CMAR PDL desempenha um papel fundamental no fomento da formação profissional, inserido no sistema de aprendizagem, num total de 16.000 formandos oriundos das empresas de artesanato, 5.800 dos quais estão inscritos nos cinco Centros de Formação Profissional (CFA), geridos pelas Câmaras das Profissões e Ofícios - Chambres de Métiers et de l`Artisanat (CMA).

O projecto ‘Consolidar Competências III’ deverá ser realizado entre o último trimestre de 2017 e o terceiro trimestre de 2018, pelo período de duas semanas e tem como principais objectivos: reforço das competências adquiridas ao longo da formação; aumento da capacidade de adaptação a novos métodos de trabalho no contexto internacional; desenvolvimento de uma cidadania europeia; aumento da mobilidade europeia; reforço do domínio de língua estrangeira; aumento da empregabilidade.

O referido período de mobilidade será dividido em dois tempos: na primeira semana, os formandos estarão em formação nas instalações dos referidos parceiros e, na segunda semana, terão oportunidade de ter a sua primeira experiência de trabalho no espaço europeu, em empresas da área devidamente seleccionadas pelos parceiros do IQ.

* O futuro é aprender.

.
.

ANTÓNIO ZAMBUJO
e CARMINHO

SEM FANTASIA

video


.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Montepio perdeu 876 milhões 
de depósitos no trimestre

O Montepio perdeu 876 milhões em depósitos nos primeiros três meses do ano. Trimestre de polémicas penalizou instituição.

A Caixa Económica Montepio Geral perdeu 876 milhões de euros em depósitos nos primeiros três meses deste ano, período em que a instituição liderada por José Félix Morgado voltou aos lucros. Recorde-se que, no primeiro trimestre do ano, o banco esteve debaixo dos holofotes mediáticos devido aos resultados negativos do seu accionista, a Associação Mutualista Montepio Geral, e a notícias sobre operações destinadas a melhorar as contas da instituição e a mudança de marca exigida pelo Banco de Portugal.
 .
Em termos homólogos, os depósitos de clientes recuaram 4%, para 11.592 milhões de euros. Já o crédito a clientes recuou 3,2%, para 20.795 milhões de euros. Já o nível de malparado diminuiu, com o crédito em risco a fixar-se em 15,1%, contra os 15,5% registados há um ano.

No primeiro trimestre, o Montepio lucrou 11,1 milhões de euros, uma recuperação face aos prejuízos de 19,8 milhões apurados no final de Março de 2016. Esta inversão foi possível graças ao aumento dos proveitos e à redução de custos proporcionada pela reestruturação posta em prática no ano passado.

O produto bancário aumentou 53,6%, para 115,2 milhões de euros, reflectindo o aumento de 35,7% da margem financeira, que se fixou em 71,1 milhões, graças à "redução dos custos de financiamento".

Por seu turno, os custos operacionais recuaram 19,3%, para 67 milhões, evolução resultante do corte dos gastos com pessoal, que recuaram 25,8%, para 41,8 milhões, beneficiando da redução de quadros concretizada no ano passado. No final de Março, o Montepio tinha 4.156 trabalhadores a nível do grupo, menos 174 do que no ano anterior.

* Como gostaríamos que um órgão de comunicação social contasse a verdade dos últimos anos da história do Montepio, instituição que parecia séria e sólida.


.
.
HOJE  NO  
"DESTAK"

Ensaio solidário da
 Companhia Nacional de Bailado

A Companhia Nacional de Bailado apresenta amanhã, às 21h, um ensaio geral solidário do espectáculo Roriz / Wellen-kamp/ Forsythe / Naharin, no Teatro Camões. Através de um donativo a partir de €12 pode ajudar instituições como a Fundação Rui Osório de Castro, o GAT, a APECDA e a A PAR. 
 .
Este programa é constituído por quatro peças em reposição, cujo êxito de público foi marcante em temporadas recentes. As duas primeiras são dos criadores portugueses Olga Roriz e Vasco Wellenkamp, a terceira do norte-americano, durante muito tempo radicado na Europa, William Forsythe e a última do israelita Ohad Naharin.

Treze Gestos de um Corpo é já um clássico e uma das coreografias mais carismáticas de Olga Roriz, onde um elenco masculino alterna com um feminino numa sucessão de solos e num crescendo de intensidade dramática.

Será que é uma Estrela? é uma peça recentemente coreografada por Vasco Wellenkamp, numa sentida homenagem à bailarina Graça Barroso. Herman Schemerman, dueto de Forsythe cujo título não pretende ter qualquer significado, mostra-nos o encontro de um casal que, através de uma execução técnica quase impossível – como são, aliás, todas as obras de reportório deste coreógrafo – não deixa de nos sugerir uma narrativa de humor muito subtil.

Finalmente, com Minus 16, confirma-se a habilidade de Ohad Naharin em saber como fazer o público dançar.

* Cultura, solidariedade e espectáculo, poucas coisas serão melhores.


.
.


MUITO SONO


video


.
.
HOJE  NO 
"i"

Morreu Baptista-Bastos

Morreu o jornalista e escritor Baptista-Bastos

Baptista-Bastos tinha 83 anos.

O jornalista estava internado há várias semanas.
 .
Armando Baptista-Bastos começou a carreira no jornal O Século, aos 19 anos, passando depois pelo Diário Popular e Agência France Presse. Na televisão, apresentou o programa Conversas Secretas, na SIC. Além disso, Baptista-Bastos publicou mais de uma dezena de romances.

* Partiu um "HOMEM SEM MEDO"

.
.
HOJE  NO 
"A BOLA"

Semana determinante 
no futuro do Sporting

A derrota do Sporting frente ao Belenenses fez aumentar o clima de tensão em Alvalade, bem como as críticas. 
.
video
A continuidade de Jorge Jesus está dependente da sua aceitação a uma nova realidade, que será transmitida durante esta semana por Bruno de Carvalho. 

* A melhor realidade seria a saída já, da actual  direcção.

.
.


THE CHARLESTON DANCE

1923 - 1928

video



FONTE: Aaron1912


  .
.
HOJE NO  
"AÇORIANO ORIENTAL"

Tartaruga salva pelos Vigilantes
 da Natureza do Faial

Uma tartaruga-boba (Caretta caretta) juvenil arrojou esta segunda-feira na praia do Porto Pim, tendo sido resgatada pelo corpo de Vigilantes da Natureza do Parque Natural do Faial.
 .
A "BOBA" ADULTA
De acordo com nota do GACS, a tartaruga, que mede cerca de 16,6 cm e pesa 517 gramas, foi encontrada na preia-mar, semienterrada na areia, tendo sido limpa e encaminhada para o Aquário de Porto Pim, onde se encontra em recuperação.

A tartaruga-boba está incluída na Lista Vermelha do IUCN - International Union for Conservation of Nature, com o estatuto de conservação “ameaçada”, e também no Apêndice I da CITES - Convention on International Trade in Endangered Species.

Este animal, que pode viver cerca de 100 anos, passa a sua juventude no Atlântico Norte, antes de regressar à costa oeste do continente americano para reprodução.
Nesta altura do ano é frequente arrojarem tartarugas-bobas juvenis devido aos ventos fortes que se fazem sentir.

* Um bom trabalho dos Vigilantes açorianos.

.
.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Tribunal de Contas dá luz verde
 a empréstimo do BEI a Lisboa

Autarquia recebeu um aval para empréstimo de 51 milhões de euros.

A Câmara de Lisboa informou esta terça-feira que o Tribunal de Contas deu aval ao empréstimo contraído ao Banco Europeu de Investimento (BEI), após a autarquia ter baixado a primeira 'tranche' de 100 para 51 milhões de euros.
 .

 "Recebemos, no final de abril, aval do Tribunal de Contas ao empréstimo de 51 milhões de euros" ao BEI, disse o vereador das Finanças da autarquia, João Paulo Saraiva, que falava aos jornalistas à margem da reunião da Assembleia Municipal de Lisboa. Em meados de março passado, este órgão deliberativo aprovou uma alteração ao empréstimo a médio e longo prazo ao BEI, que surgiu na sequência de dúvidas por parte do Tribunal de Contas (TdC). 

A contratação de um empréstimo de 100 milhões de euros junto do BEI, o primeiro de um total de 250 milhões de euros, foi aprovada pela Assembleia Municipal de Lisboa em meados de novembro do ano passado, visando investimentos na reabilitação urbana, drenagem e habitação social. Dias depois, foi solicitado um visto prévio ao TdC. 

Este organismo levantou dúvidas quanto ao financiamento e, por essa razão, a maioria PS na Câmara de Lisboa resolveu adaptar o valor do empréstimo à sua capacidade de endividamento, que a 01 de janeiro de 2017 rondava os 57 milhões de euros. Em causa está o Plano de Investimentos da Cidade de Lisboa 2016-2020 (LX XXI), apresentado em outubro passado e orçado em cerca de 520 milhões de euros, dos quais 250 milhões de euros financiados pelo BEI. 

João Paulo Saraiva explicou que já "estão comprometidos cerca de 170 milhões de euros" no âmbito deste plano, nas suas diversas áreas. "Começámos por alocar mais capitais próprios no arranque do processo", indicou o vereador, notando que a autarquia tinha "condições financeiras" para tal. Com o aval dado pelo TdC, "começámos agora a executar os 51 milhões". "Estimo que consigamos rapidamente, até ao final do ano, chegar aos 200 milhões de euros, se não os ultrapassarmos", apontou o vereador, indicando que a componente do plano dedicada ao Plano Geral de Drenagem terá "maior expressão no próximo ano". 

Só em 2018 será adjudicado o concurso para a construção de dois túneis entre Santa Apolónia e Monsanto e entre Chelas e o Beato, que visam reduzir as inundações, no âmbito desse plano. Essa proposta irá a reunião camarária em junho. João Paulo Saraiva aprovou a ocasião para vincar que o TdC nunca "negou nada" à autarquia. "Houve perguntas, mas este é um processo complexo. Nunca houve montante igual vindo de um município", referiu. 

De acordo com o responsável, a "consequência prática" das alterações introduzidas ao empréstimo obriga o município a fazer mais 'tranches' do que as inicialmente previstas, até perfazer um total de 250 milhões de euros. "Já estamos a preparar aquele que vai vigorar no próximo ano. Vamos ter de realizar um processo deste género no início do ano de 2018", adiantou João Paulo Saraiva. 

* Um bom empréstimo, a juros baixos.

 .
.

APELO À 
CONSCIÊNCIA














.