18/12/2019

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

..
XXX-OS RIOS E A VIDA
2- RIO DAS MORTES
Um dos três rios menos
poluídos domundo



FONTE:  Genito Santos

.
.
HOJE  NO 
"O JORNAL ECONÓMICO"
Iniciativa Liberal propõe Joana Marques Vidal para liderar grupo de trabalho
 contra a corrupção

João Cotrim Figueiredo diz que acreditar que o PS irá combater a corrupção “é como ser adulto e ainda acreditar no Pai Natal”.

O presidente e deputado único do Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, lançou nesta quarta-feira a proposta de que a anterior procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, que descreveu como “não reconduzida no cargo por motivos ainda pouco claros”, seja escolhida para liderar a estratégia de combate contra a corrupção.
.
REFRESQUEM A MEMÓRIA
“Ser ingénuo ao ponto de acreditar que o PS irá resolver este problema é como ser adulto e ainda acreditar no Pai Natal”, disse Cotrim de Figueiredo, numa intervenção durante o plenário da Assembleia da República, minimizando as iniciativas do Governo e da bancada parlamentar socialista, “para separar o trigo do joio entre quem quer e quem só diz querer combater a corrupção”.

O deputado do IL lançou outros desafios, como a criação de uma comissão eventual de combate à corrupção, incitando “outros nove bravos deputados” a garantirem o número mínimos de mandatos necessários para que essa proposta possa ser considerada. E também instou todos os partidos “a não aproveitar a falta de meios da entidade fiscalizadora”.

* Concordamos em absoluto e também já não acreditamos tanto no pai natal como no menino jesus.

.
.

DOLCE & GABANA

ALTA MODA
Valley of the Temples/2
2019



FONTE:  Dolce & Gabbana

.
.
HOJE  NO
"AÇORIANO ORIENTAL"
Filme "Variações" candidato a melhor filme ibero-americano nos Prémios Ariel

O filme “Variações”, de João Maia, foi selecionado pela Academia Portuguesa de Cinema para representar Portugal na 62.ª edição dos prémios ibero-americanos Ariel, a realizar no México, em 2020, anunciou a academia.

Com 278.000 espectadores, “Variações” bateu o recorde de filme português mais visto nos cinemas em 2019, lembra a academia.
 .
Até novembro, e de acordo com as estatísticas mensais do Instituto Nacional de Estatística divulgadas no passado dia 10, o trabalho protagonizado por Sérgio Praia já fora visto por 277.864 pessoas
Os Prémios Ariel são atribuídos no México desde 1946 e visam distinguir o cinema mexicano e ibero-americano.

"Variações" é protagonizado pelo ator Sérgio Praia que, além da interpretação física do músico, também canta todas as canções, recriando as sessões de composição e gravação embrionária dos temas em várias cassetes - sozinho em casa com um gravador e uma caixa de ritmos - até à primeira atuação de Variações, na discoteca Trumps, em Lisboa, em 1981.

Além de Sérgio Praia, o elenco inclui, entre outros, Filipe Duarte, Victoria Guerra, Augusto Madeira, Filipe Albuquerque, Lúcia Moniz, Afonso Lagarto, Maria José Paschoal, José Raposo e Dinarte Freitas.

O filme foca-se sobretudo na transformação de António Ribeiro em António Variações, num período de vida entre 1977 e 1981, a época em que um barbeiro ambicionava viver da música, gravava canções em cassetes e ensaiava com músicos amadores, muito antes de editar oficialmente qualquer canção.

"Variações" estreou-se nos Estados Unidos da América, no passado dia 09, com a presença do realizador João Maia, tendo repetido, no dia 12, no âmbito de uma programação sobre cinema europeu organizada pelo Instituto do Cinema dos Estados Unidos.

O programa, que vai na 32.ª edição, começou no dia 03 e decorrerá até ao dia 22 com 46 filmes europeus, numa seleção que inclui produções premiadas, que lideraram bilheteiras, primeiras obras, filmes que fazem estreia nos Estados Unidos e Canadá e que foram considerados elegíveis para uma nomeação para os Óscares.

"Variações", que de forma efabulada conta o percurso de transformação de António Joaquim Rodrigues Ribeiro, nascido em Amares, em 03 de dezembro de 1944, no artista António Variações, que morreu em Lisboa, em 13 de junho de 1984.

* Um grande filme português!

.
.
1. O PESO DA VIDA
(DISTÚRBIOS ALIMENTARES)



FONTE:  Mega Social


.
.
HOJE  NO 
"DESTAK"
Palácio da Pena exibe mobiliário 
original da Sala de Fumo e 
renova aposentos régios

O Palácio da Pena, em Sintra, passa a exibir o mobiliário original da Sala de Fumo, datado de 1866, anunciou hoje a Parques de Sintra-Monte da Lua (PSML), que tutela o monumento nacional. 
.

O mobiliário da sala de Fumo do palácio foi adquirido por Fernando II à empresa lisboeta Barbosa e Costa, e retirado em 1939.

Fernando II, marido da rainha Maria II, mandou erigir este palácio, sob a traça de Wilhelm Ludwig von Eschweg, por volta de 1840. 

* O Palácio da Pena é uma visita imprescindível para quem é português.

.

SÓNIA SAPAGE

.





O orçamento mais difícil
 de toda a legislatura

O que quer que aconteça este ano pode desbloquear negociações futuras, se as condições orçamentais, económicas e financeiras do país não se alterarem substancialmente.

Foi entregue nesta segunda-feira no Parlamento o Orçamento do Estado para 2020. Que é também, em muitos casos, uma parte do Orçamento do Estado para 2021, 2022 ou até 2023. O Governo optou por inscrever no documento que foi aprovado no último sábado, numa reunião do Conselho de Ministros que durou dez horas, pistas do que vai acontecer até ao final da legislatura. E se este orçamento for aprovado, então é muito provável que os seguintes sejam muito mais fáceis de gerir, porque há compromissos que, uma vez assumidos agora, podem ter reflexos em negociações futuras.

Taxas moderadoras. Este é um dos casos que vão arrastar-se até 2023. Tal como decorre da Lei de Bases da Saúde, a sua eliminação vai ser gradual, a começar já em 2020, nos cuidados de saúde primários - não se sabe exactamente em que mês do ano a medida arranca, nem quais são os cuidados de saúde que vão ser abrangidos, mas tudo indica que o faseamento seja feito por tipologia dos actos clínicos (consultas, meios de diagnóstico, tratamentos). Esta era uma exigência da esquerda que causou alguns desacertos na “geringonça” na recta final da passada legislatura.

Investimentos plurianuais na saúde. Também esta semana ficámos a saber pela ministra Marta Temido que algum do dinheiro que foi posto em cima da mesa para aplicar no sector da saúde não é válido só para o Orçamento que agora se fecha. O caso dos 190 milhões para apostar na requalificação e modernização da rede de hospitais e centros de saúde é um exemplo de investimento plurianual, válido para os anos de 2020 e 2021. Também esta era uma medida prioritária para a oposição, incluindo PCP e BE, mas também PSD e CDS.

Salário mínimo nacional. O compromisso de aumento do salário mínimo foi já assumido a quatro anos. Perante a Concertação Social, o Governo propôs que o valor subisse para 635 euros em 2020, com o objectivo de chegar aos 750 euros no final da legislatura. Não esperou por nenhum acordo entre os parceiros sociais que não se entendiam quanto aos valores de partida (2020) e de chegada (2023) e decretou o aumento.

IN "PÚBLICO"
16/12/19
.
.


2126.UNIÃO



EUROPEIA




.
.
HOJE NO
"i"
MP constitui sete arguidos no processo 
de branqueamento de capitais 
que envolve SAD do Boavista

Em causa estão suspeitas de crime de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais no valor de "milhões de euros".

O Ministério Público (MP) constituiu sete arguidos, esta quarta-feira, suspeitos de crime de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais no valor de "milhões de euros", pertencentes a sociedades anónimas desportivas, escritórios de advogados e cofres bancários do Norte, revela uma nota da Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.
.
Recorde-se que, esta quarta-feira, cerca de 80 elementos da Polícia Judiciária e elementos da Autoridade Tributária realizaram buscas nas instalações da SAD do Boavista, no Porto, e em mais 12 locais, nos concelhos do Porto, Vila Nova de Gaia, Trofa, Famalicão, Guimarães, Fafe, Matosinhos e Aveiro.

"No inquérito não houve detenções, mas foram constituídos sete arguidos, dos quais uma pessoa coletiva e seis pessoas singulares", revala a PGD do Porto. Está em causa "a canalização para sociedade desportiva de quantias monetárias obtidas por sociedade comercial, tudo contornando o circuito tributário através de expedientes diversos". A Procuradia explica ainda que o inquérito encontra-se em segredo de justiça.

Segundo a mesma nota, a investigação deve-se à "não entrega da prestação tributária devida, e a sua subsequente ocultação através do desenvolvimento de atividade empresarial relacionada com a realização e gestão de eventos desportivos" e já  "foi identificada uma vantagem patrimonial de milhões de euros".

O Boavista veio a público afirmar que as buscas de que o clube foi alvo se deve a "empresa ou empresas que têm ou tiveram" ligações comerciais com o clube.

"Muito embora nada tivesse a ver, diretamente, com a instituição Boavista, mas com empresa ou empresas que connosco têm ou tiveram acordos comerciais, toda a disponibilidade e colaboração foram dadas às autoridades envolvidas. Queremos deixar claro que nenhum dirigente ou quadro da instituição Boavista foi alvo de buscas domiciliárias por parte das autoridades", lê-se na página oficial do clube na rede social Facebook.

* Até parece que o Boavista Clube não tem nada a ver com a Boavista SAD....

.

.


68-DESENVOLVIMENTO INFANTIL

DESMAME GENTIL



FONTE:  crê.ser.humano


.
34-HORIZONTES DA MEMÓRIA
34.1-UMA HISTÓRIA DE NATAL



* O professor José Hermano Saraiva era uma personalidade exímia em encantar-nos, aqui fica a "memória" da nossa saudade.


.

.
HOJE  NO 
"A BOLA"
Ronaldo voa para o golo


Após o cruzamento de Alex Sandro, Cristiano Ronaldo salta de forma incrível, bate o defesa da Sampdoria e cabeceia para o golo.

* Só um jogador de excepção consegue ter esta capacidade de execução, é notícia.

.
.
Maria Novaes

“ I have nothing”


The Voice Portugal - Prova Cega

.
.
HOJE  NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Mortes por overdose aumentaram
 quase 30% em 2018

As mortes por overdose aumentaram quase 30% em 2018 e atingiram o valor mais elevado dos últimos cinco anos, sendo que na maioria dos casos foram detetadas mais do que uma substância, segundo os relatórios do SICAD hoje divulgados.

Os dados do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) hoje apresentados na Assembleia da República indicam que, nos registos do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, dos 307 óbitos com a presença de substâncias ilícitas e informação de causa de morte, 49 foram considerados overdose.
.
Os relatórios do SICAD destacam nestas overdoses a presença de opiáceos (65%), cocaína (51%) e metadona (31%), sublinhando o aumento de casos quer com opiáceos, quer com cocaína.

Na grande maioria (92%) das overdoses foram detetadas mais do que uma substância, destacando-se, em associação com as drogas ilícitas, o álcool (45%) e as benzodiazepinas (20%).

Quanto às outras causas das mortes com a presença de drogas (258), foram sobretudo atribuídas a morte natural (42%) e a acidentes (38%), seguindo-se-lhes o suicídio (14%) e o homicídio (3%).

No domínio da oferta, o SICAD diz que vários indicadores apontam para uma "maior circulação de drogas no mercado nacional numa conjuntura de grandes desafios, como o crescente uso da internet na comercialização de diversas substâncias psicoativas e as alterações recentes no papel do país nas rotas do tráfico internacional".

Quanto às rotas, Portugal tem sido um país de trânsito no contexto do tráfico internacional de haxixe e de cocaína, em particular nos fluxos oriundos respetivamente de Marrocos, e da América Latina e Caraíbas, e que têm como destino outros países, sobretudo europeus.

Os relatórios hoje apresentados dão ainda conta de um "aumento relevante" em 2018 "da utilização de Portugal em rotas de cocaína com destino fora da Europa".

"É também de assinalar que, em 2018, todo o haxixe apreendido oriundo de Marrocos se destinava a Portugal, e a maioria do confiscado com origem em Portugal se destinava a países europeus", sublinha um dos documentos, frisando que o papel do país no tráfico de heroína a partir de países africanos com destino à Europa "tem vindo a ganhar relevância".

Portugal mantém-se igualmente como recente tendência de trânsito "de consideráveis quantidades de ecstasy proveniente da Europa Central com destino ao Brasil".

Outra das tendências apontadas no relatório de 2018 relativo à situação do país em matéria de drogas é a persistência de mais diagnósticos tardios do VIH+ nos casos relacionados com toxicodependência ou o aumento do grau de pureza de algumas drogas.

Quanto à potência/pureza médias das drogas apreendidas em 2018, as autoridades destacam o aumento do grau de pureza do ecstasy (aumento contínuo desde 2010) e da cocaína (cloridrato) pelo terceiro ano consecutivo.

Também se registaram aumentos da potência média do haxixe e do grau de pureza da heroína em relação a 2017, cujos valores médios em 2018 foram os segundos mais elevados do quinquénio. Em contrapartida, diminuiu o grau de pureza das anfetaminas pelo terceiro ano consecutivo, representando o valor mais baixo dos últimos cinco anos.

No sumário executivo dos relatórios relativos à situação do país em matéria de drogas, toxicodependência e álcool, o Coordenador Nacional para os Problemas da Droga, das Toxicodependências e do Uso Nocivo do Álcool, João Goulão, considera que as tendências "evidenciam a necessidade de respostas céleres e de priorizar as intervenções com impacto efetivo nos ganhos em saúde destas populações".

"Reiteramos a necessidade de se priorizarem as ações preventivas, que têm vindo a registar perdas de continuidade e de reforço. Importa também equacionar a criação de novas respostas que atendam às necessidades dos utentes da área da Redução de Riscos e Minimização de Danos, bem como facilitar o encaminhamento destes utentes para as estruturas de tratamento", acrescenta.

* O tráfico de droga não acaba enquanto nos governos de muitos países existam ligações fortes aos barões da droga.

.
.
4-𝚂𝙴𝙶𝚁𝙴𝙳𝙾𝚂 𝙾𝙱𝚂𝙲𝚄𝚁𝙾𝚂



FONTE:  Plantando Consciencia

.
.
Pinguins e albatrozes das Malvinas 
ameaçados pela subida da temperatura



FONTE:  Observador

.
.
𝗖𝗔𝗥𝗡𝗔𝗩𝗔𝗟 𝗗𝗘 𝗣𝗢𝗗𝗘𝗡𝗖𝗘
𝘊𝘈𝘙𝘌𝘛𝘖𝘚
𝘗𝘈𝘛𝘙𝘐𝘔𝘖́𝘕𝘐𝘖 𝘐𝘔𝘈𝘛𝘌𝘙𝘐𝘈𝘓 𝘋𝘈 𝘏𝘜𝘔𝘈𝘕𝘐𝘋𝘈𝘋𝘌



FONTE:  UNESCO

.
.
𝑃𝑒𝑟𝑐𝑒𝑝𝑐̧𝑎̃𝑜 𝑠𝑜𝑏𝑟𝑒 𝑜 𝑢𝑛𝑖𝑣𝑒𝑟𝑠𝑜!



FONTE: Universo Curioso

.
.
COP25



.
.


. 2190/2
Senso d'hoje
MARIA JOSÉ MORGADO
PROCURADORA GERAL ADJUNTA
RICARDO CARDOSO
JUIZ DESEMBARGADOR
TERESA VIOLANTE
PROFESSORA UNIVERSITÁRIA
DIREITO CONSTITUCIONAL
DIREITO EUROPEU
Conferência 
"Justiça e Democracia"
Os perigos que assombram
a democracia liberal"



* A partir do auditório do Observador, este primeiro painel tem como tema “O que fazer para melhorar a celeridade e a eficácia da Justiça Penal e do combate à corrupção”. A debatê-lo estão Maria José Morgado, procuradora-geral adjunta e uma das principais caras do combate à corrupção; o juiz desembargador Ricardo Cardoso; e a professora Teresa Violante, especialista em Direito Constitucional Comparado e Direito Europeu. O moderador é o jornalista Luís Rosa.

** No sentido de poder divulgar aos nossos visitadores dividimos esta importante conferência em quatro partes, editada em quatro dias seguidos a partir de ontem.


FONTE:  Observador
.

NOTÍCIAS PARA HOJE

.
COMPRE JORNAIS








.
.

Sou um cão


.
.

BOM DIA


.
.


90-CINEMA
FORA "D'ORAS"
𝐼-Ơ Տҽɠɾҽɗօ ɗҽ Ɓɾօƙҽɓąƈƙ Ɱօʋղƭąíղ



Sιησρѕє:

𝔍𝔞𝔠𝔨 𝔢 𝔈𝔫𝔫𝔦𝔰 𝔠𝔬𝔫𝔥𝔢𝔠𝔢𝔯𝔞𝔪-𝔰𝔢 𝔫𝔬 𝔚𝔶𝔬𝔪𝔦𝔫𝔤, 𝔫𝔬 𝔳𝔢𝔯𝔞̃𝔬 𝔡𝔢 1963, 𝔮𝔲𝔞𝔫𝔡𝔬 𝔣𝔬𝔯𝔞𝔪 𝔱𝔯𝔞𝔟𝔞𝔩𝔥𝔞𝔯 𝔭𝔞𝔯𝔞 𝔲𝔪 𝔯𝔞𝔫𝔠𝔥𝔬 𝔮𝔲𝔢 𝔠𝔯𝔦𝔞𝔳𝔞 𝔬𝔳𝔢𝔩𝔥𝔞𝔰

𝔑𝔞𝔮𝔲𝔢𝔩𝔢 𝔞𝔪𝔟𝔦𝔢𝔫𝔱𝔢 𝔰𝔬𝔩𝔦𝔱𝔞𝔯𝔦𝔬 𝔡𝔞𝔰 𝔪𝔬𝔫𝔱𝔞𝔫𝔥𝔞𝔰, 𝔢𝔩𝔢𝔰 𝔞𝔠𝔞𝔟𝔞𝔪 𝔭𝔬𝔯 𝔱𝔢𝔯 𝔲𝔪 𝔯𝔞́𝔭𝔦𝔡𝔬 𝔠𝔬𝔫𝔱𝔞𝔠𝔱𝔬 𝔰𝔢𝔵𝔲𝔞𝔩.

𝔔𝔲𝔞𝔫𝔡𝔬 𝔬 𝔱𝔯𝔞𝔟𝔞𝔩𝔥𝔬 𝔫𝔬 𝔯𝔞𝔫𝔠𝔥𝔬 𝔞𝔠𝔞𝔟𝔞, 𝔠𝔞𝔡𝔞 𝔲𝔪 𝔰𝔢𝔤𝔲𝔢 𝔬 𝔰𝔢𝔲 𝔠𝔞𝔪𝔦𝔫𝔥𝔬.

𝔈𝔩𝔢𝔰 𝔠𝔞𝔰𝔞𝔪 𝔢 𝔳𝔦𝔳𝔢𝔪 𝔠𝔬𝔪 𝔞𝔰 𝔰𝔲𝔞𝔰 𝔯𝔢𝔰𝔭𝔢𝔠𝔱𝔦𝔳𝔞𝔰 𝔢𝔰𝔭𝔬𝔰𝔞𝔰. 
𝔇𝔲𝔯𝔞𝔫𝔱𝔢 𝔪𝔲𝔦𝔱𝔬𝔰 𝔞𝔫𝔬𝔰 𝔫𝔞̃𝔬 𝔰𝔢 𝔳𝔢̂𝔪 𝔞𝔱𝔢́ 𝔮𝔲𝔢 𝔲𝔪 𝔡𝔦𝔞 𝔠𝔬𝔪𝔢𝔠̧𝔞𝔪 𝔞 𝔪𝔞𝔯𝔠𝔞𝔯 𝔢𝔫𝔠𝔬𝔫𝔱𝔯𝔬𝔰 𝔢𝔰𝔭𝔬𝔯𝔞́𝔡𝔦𝔠𝔬𝔰, 𝔢 𝔪𝔞𝔫𝔱𝔢̂𝔪 𝔲𝔪 𝔠𝔞𝔰𝔬 𝔞𝔪𝔬𝔯𝔬𝔰𝔬 𝔡𝔲𝔯𝔞𝔫𝔱𝔢 20 𝔞𝔫𝔬𝔰.


ҼƖҽղƈօ: 

ℌ𝔢𝔞𝔱𝔥 𝔏𝔢𝔡𝔤𝔢𝔯 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔈𝔫𝔫𝔦𝔰 𝔇𝔢𝔩 𝔐𝔞𝔯
𝔍𝔞𝔨𝔢 𝔊𝔶𝔩𝔩𝔢𝔫𝔥𝔞𝔞𝔩 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔍𝔞𝔠𝔨 𝔗𝔴𝔦𝔰𝔱
ᾋ𝔫𝔫𝔢 ℌ𝔞𝔱𝔥𝔞𝔴𝔞𝔶 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔏𝔲𝔯𝔯𝔢𝔫 𝔑𝔢𝔴𝔰𝔬𝔪𝔢 𝔗𝔴𝔦𝔰𝔱
𝔐𝔦𝔠𝔥𝔢𝔩𝔩𝔢 𝔚𝔦𝔩𝔩𝔦𝔞𝔪𝔰 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔄𝔩𝔪𝔞 𝔅𝔢𝔢𝔯𝔰 𝔇𝔢𝔩 𝔐𝔞𝔯
𝔄𝔫𝔫𝔞 𝔉𝔞𝔯𝔦𝔰 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔏𝔞𝔰𝔥𝔞𝔴𝔫 𝔐𝔞𝔩𝔬𝔫𝔢
𝔏𝔦𝔫𝔡𝔞 ℭ𝔞𝔯𝔡𝔢𝔩𝔩𝔦𝔫𝔦 𝔠𝔬𝔪𝔬 ℭ𝔞𝔰𝔰𝔦𝔢 ℭ𝔞𝔯𝔱𝔴𝔯𝔦𝔤𝔥𝔱

ℜ𝔞𝔫𝔡𝔶 𝔔𝔲𝔞𝔦𝔡 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔍𝔬𝔢 𝔄𝔤𝔲𝔦𝔯𝔯𝔢

𝔎𝔞𝔱𝔢 𝔐𝔞𝔯𝔞 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔄𝔩𝔪𝔞 𝔍𝔯. (𝔞𝔬𝔰 19)


FONTE: BomBa Filmes