terça-feira, 13 de junho de 2017

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
20-BODY PAINTING

McKENNA BERKLEY 




.
.

GRANDES LIVROS/37

AUTORES DO MUNDO


2 - Ardil 22

Joseph Heller


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE  NO 
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Marcelo inaugura maior centro europeu de reabilitação marinha aberto há um ano

O Presidente da República inaugura esta quinta-feira, em Ílhavo, o Ecomare, que integra o maior centro europeu de reabilitação de animais marinhos, em funcionamento desde Agosto do ano passado.

A funcionar há quase um ano, só esta quinta-feira, 15 de Junho, é que o Ecomare – Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro, projecto-âncora do Cluster para o Conhecimento e Economia do Mar, vai ser inaugurado, numa cerimónia presidida por Marcelo Rebelo de Sousa. 
.
Situado na Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, o Ecomare tem como objectivos desenvolver investigação de excelência, fundamental e aplicada e promover serviços de inovação e transferência de tecnologia para empresas, organizações governamentais e instituições nacionais e internacionais na área da ciência e tecnologia do mar.

O Ecomare engloba o Centro de Extensão e de Pesquisa em Aquacultura e Mar (CEPAM) e o Centro de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (CPRAM), o maior e mais moderno centro europeu deste género, num investimento da ordem dos cinco milhões de euros e que teve incentivos de fundos europeus no valor de 4,1 milhões.

O CPRAM dedica-se "a apoiar o resgate, a reabilitação e a devolução à natureza de animais marinhos, nomeadamente aves, répteis e mamíferos, bem como desenvolver investigação científica nas áreas de ecologia populacional e saúde animal, contribuindo assim para as actividades de conservação, investigação e sensibilização ambiental para o meio marinho", explica a Universidade de Aveiro, uma das parcerias deste projecto, em comunicado.

Esta infra-estrutura integra vários tanques destinados à reabilitação dos animais, laboratórios científicos multifuncionais e uma unidade de cuidados intensivos, estando ainda capacidade com um conjunto de sistemas de suporte de vida autónomos para o estudo de organismos marinhos.

Já o CEPAM tem como missão "desenvolver actividades nas áreas de biotecnologia marinha, ecologia, biodiversidade e serviços dos ecossistemas, oceanografia, geologia e geofísica, engenharia naval, aplicações robóticas navais, engenharia costeira e energia ‘offshore’, incluindo estudos estratégicos para a avaliação de actividades económicas marítimas".

Resultante de uma parceria entre a Universidade de Aveiro, a Administração do Porto de Aveiro, a Câmara de Ílhavo, a Sociedade Portuguesa de vida Selvagem e o Oceanário de Lisboa, com a criação do Ecomare "pretende-se contribuir para conservar e dinamizar a biodiversidade e o património natural e, concretamente, produzir, organizar e dinamizar o conhecimento sobre o ambiente marinho".

Uma missão que, de acordo com os seus promotores, fará do Ecomare "um polo de inovação capaz de produzir resultados científicos e tecnológicos, com forte impacto na cadeia de valor dos produtos e dos serviços ligados à economia do mar, no contexto nacional e internacional".

* Uma notícia boa para terminar o dia.

.
.
13-O DESPERTAR DA CHINA



* Um acordar vigoroso, exemplar na voracidade!

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.
.
HOJE NO 
"DESTAK"


Bruxelas abre processos contra três
.países por não aceitarem refugiados

A Comissão Europeia vai abrir processos de infração contra a Hungria, a Polónia e a República Checa por incumprimento das suas obrigações sobre acolhimento de refugiados recolocados da Grécia e de Itália, foi hoje anunciado em Estrasburgo. 
 .
"A aplicação das decisões do Conselho no que respeita à recolocação é uma obrigação legal, não uma opção", disse o comissário europeu para a Migração, Dimitris Avramopulos.

A abertura dos processos será formalizada esta quarta-feira, no âmbito da publicação mensal pelo executivo europeu dos processos de infração abertos contra Estados-membros por incumprimentos vários das regras europeia.

*  Porque foi permitida a adesão  à UE de povos xenófobos?

.
.

II-EXPEDIÇÃO AVENTURA
 1- PANTANAL
1.2-GENTE DA ÁGUA


COM RICHARD RASMUSSEN

As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"i"
BPN já custou ao Estado
 mais de 3,66 mil milhões

Cada português já deu ao Estado 366 euros para pagar o BPN.

No final de 2016, o prejuízo do Estado com a nacionalização do Banco Português de Negócios já ultrapassava os 3,66 mil milhões de euros.
.
NÃO SÃO "TUGAS OTÁRIOS"
Segundo o relatório de Tribunal de Contas divulgado ontem, “o saldo acumulado das receitas e despesas orçamentais decorrentes da nacionalização e reprivatização do BPN e da constituição e funcionamento das respetivas sociedades-veículo Parvalorem, Parups e Parparticipadas, ascendia a 3.660,7 milhões negativos”.

A decisão de nacionalizar o Banco Português de Negócios foi tomada pelo governo Sócrates em novembro de 2008. Na altura, o então ministro das Finanças Teixeira dos Santos justificou a decisão por causa da situação “excecional”, “anómala” e “delicada” em que se encontrava o banco, “muito perto da iminente ruptura de pagamentos”.

O relatório do Tribunal de Contas divulgado ontem soma os prejuízos acumulados pelo Estado à conta do Banco Português de Negócios desde 2011, ano em que o Estado perdeu 735,8 milhões com o banco.

Em 2012, as perdas à conta do BPN custaram 966,4 milhões aos contribuintes. Em 2013, o Estado gastou com o banco que foi gerido por Oliveira e Costa e Dias Loureiro 468,0 milhões (2013), em 2014 perdeu 476,6 milhões e no ano seguinte 593,9

milhões. O valor provisório dos prejuízos em 2016 é de 420,0 milhões, sendo possível que ainda venham a aumentar.

Em maio passado, Oliveira e Costa, o antigo presidente do BPN, foi condenado a 14 anos de prisão. “Esta foi a maior burla da história da justiça portuguesa julgada até ao momento”, disse o juiz Luís Ribeiro, que presidiu ao coletivo que julgou os antigos administradores.

* Para quem sabe gramática Estado é o substantivo colectivo para "Tugas Otários"

.

JOANA MORTÁGUA

.




Venezuela, meu amor

A esquerda de que faço parte nunca foi ambígua sobre a condenação de regimes que oprimem o povo e sufocam a democracia. Isso vale para Angola e para o regime venezuelano

Todos os dias vemos imagens de uma Venezuela destroçada às mãos de um poder que recusa encontrar no sofrimento do seu povo razão suficiente para renunciar. Nas ruas de Caracas, os protestos acompanham a pobreza, os supermercados estão vazios e a fila do racionamento só alimenta o mercado negro, onde os trabalhadores perdem tudo e as máfias prosperam.

Em plena crise humanitária, a miséria é mais que muita, mas a Venezuela continua a sugar as suas poucas reservas para o pagamento da dívida externa. O desespero por dólares é tanto que o país está a aceitar qualquer negócio, até com o diabo, como aconteceu recentemente com a venda de títulos da dívida da empresa Petróleos da Venezuela (PDVSA), a preço de saldo, à Goldman Sachs.

Enquanto os gigantes financeiros especulam com o destino da Venezuela, Nicolás Maduro tenta resistir ao seu. O chavismo que mobilizou a esperança de multidões de ex-pobres morreu afogado num poço de petróleo, deixando como lastro uma retórica nacionalista anti- -ianque e uma veia caudilhista que já se sentia em Chávez e pulsa em Maduro.

O mesmo petróleo com que Chávez tirou milhões da pobreza também serviu para corromper o exército, a burguesia e um batalhão de burocratas. A petroeconomia rentista e desértica, sem investimento noutros setores produtivos nem serviços públicos robustos, acabou por traçar o seu próprio destino. O colapso do preço do petróleo levou o país à rutura e atirou a base social de apoio do chavismo de volta para a pobreza, sem rede pública de segurança.

Sem outra resposta para a contestação popular, o regime endureceu e as oposições engrossaram fileiras, incluindo as que sempre agiram e até promoveram golpes de Estado a mando dos Estados Unidos. Sim, Maduro tem a infeliz história da América Latina do seu lado quando fala de imperialismo, mas a verdade é que enquanto Chávez teve apoio popular não houve intervencionismo que o impedisse de ganhar eleições.

Pelo contrário, Maduro perdeu-as. Com uma assembleia dominada pela oposição, o presidente passou a governar por decreto presidencial com a cumplicidade do Supremo Tribunal. Os abusos contra os restantes partidos são constantes, da inutilização da assembleia à ameaça de ilegalizar o Partido Comunista da Venezuela.

O regime manobra contra todos os instrumentos democráticos constitucionais, incluindo o referendo revogatório, que permitiria ao povo expulsar o presidente a meio do mandato. A última farsa foi a convocação de uma assembleia nacional constituinte sem sufrágio universal nem participação dos partidos, uma verdadeira assembleia corporativa como a que conhecemos por cá no tempo da ditadura.

O chavismo passou de projeto do povo a ditadura de caudilho, e não há democrata no mundo que aceite pactuar com isso. A tragédia que todos temos medo de antever só pode ser evitada pela realização de eleições presidenciais. É essa a saída democrática exigida pelo povo venezuelano, é a que exigiríamos se lá estivéssemos, sem esquecer os tantos portugueses entre a população diariamente sujeita às pilhagens e à miséria.

Bem sei que há uma esquerda cega que, 25 anos depois da queda do Muro, ainda acha que vale tudo na defesa de regimes pseudocomunistas. É escolha sua se Brejnev ainda lhes aquece os corações. A esquerda de que faço parte nunca foi ambígua sobre a condenação de regimes que oprimem o povo e sufocam a democracia. Isso vale para Angola e para o regime venezuelano, ainda que as calúnias da direita ignorante insistam que lhes temos amor.

IN "VISÃO"
07/06/17

.
.


1260.UNIÃO



EUROPEIA



.
HOJE NO 
"A BOLA"
Arbitragem
UEFA promove Tiago Martins

Tiago Martins, da Associação de Futebol de Lisboa, foi promovido à 2.ª categoria de árbitros da UEFA, passando a integrar o grupo de Hugo Miguel e Carlos Xistra. 

Na lista divulgada pelo organismo que tutela o futebol europeu, Artur Soares Dias e Jorge Sousa mantêm-se como árbitros de 1.ª categoria.

Segundo informou a Federação Portuguesa de Futebol, Fábio Veríssimo, Sérgio Piscarreta, João Capela, Luís Godinho e João Pinheiro permanecem no terceiro grupo.

Sílvia Domingos, árbitra da AF Setúbal, foi promovida à 2.ª categoria, sendo que Ana Aguiar, da AF Lisboa, permanece no 3.º grupo.
 .

No futsal, Eduardo Coelho mantém-se como árbitro de Elite, enquanto Nuno Bogalho integra a 1.ª categoria. Miguel Castilho e Ruben Guerreiro encontram-se no 2.º grupo.

* Quantos mais melhor.

.
.
135-BEBERICANDO


COMO FAZER "SAKERINHA DE PITAYA"

.
.
APOCALIPSE
O mundo sem apps



* A Apple imaginou o mundo sem apps e o resultado é o caos absoluto.

FONTE: O Jornal Económico

.
.
HOJE  NO 
"AÇORIANO ORIENTAL"

Filhos de mães fumadoras têm
 maior risco de pressão arterial alta

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) concluiu que as mães que fumam agravam o risco de pressão (ou tensão) arterial alta nos filhos, sendo este efeito logo visível aos quatro anos de idade.
  .
Os autores do estudo, publicado na revista “Nicotine & Tobacco Research”, defendem que as mulheres devem deixar de fumar antes de engravidarem, sublinhando que a pressão arterial sistólica alta está associada ao risco de doenças cardiovasculares, a principal causa de morte no nosso país.

A investigação envolveu 4.295 crianças nascidas em cinco maternidades da Área Metropolitana do Porto, pertencentes à coorte Geração 21 (projeto de investigação que acompanha mais oito mil crianças da cidade do Porto, desde o nascimento).

“Num país como Portugal, onde a hipertensão é um problema major, onde muitas pessoas morrem de AVC [Acidente Vascular Cerebral] e muitas grávidas continuam a fumar durante a gravidez, estes resultados demonstram que começa bem cedo a programação da doença [hipertensão arterial] nas crianças. Portanto, a prevenção tem que começar antes”, defende Henrique Barros, responsável do estudo, cuja primeira autora é Maria Cabral.

O estudo examinou a associação entre o tabagismo materno (antes da gravidez, durante a gravidez e quatro anos após o parto) e a pressão arterial das crianças, tendo sido estas avaliadas à nascença e aos quatro anos. Observou-se que os filhos de mães que fumavam apresentavam níveis de pressão arterial sistólica mais elevados.

Os resultados mostram que os filhos das mães que fumaram apresentam um percentil da pressão arterial sistólica superior e que mais de 22% têm já aos quatro anos uma pressão arterial sistólica considerada elevada.

O estudo designado “Maternal smoking: a life course blood pressure determinant?” é também assinado por Maria João Fonseca, Camila González-Beiras, Ana Cristina Santos e Liane Correia-Costa.

* O tabaco é quase tão mau como a religião mas esta ainda mata mais.

.
.

Beatriz Costa

Grande marcha de Lisboa


.
.
HOJE  NO 
"CORREIO DA MANHÃ"
Mulher de 25 anos morre em
.atropelamento com fuga em Lisboa

Uma mulher morreu esta madrugada na sequência de um atropelamento com fuga, em Lisboa. A condutora fugiu do local após o acidente, mas foi mais tarde detida e identificada pela PSP. Ao que o CM apurou, a vítima terá cerca de 25 anos e foi colhida numa estrada junto ao Porto de Lisboa, a seguir a Santa Apolónia. 
 .
O acidente aconteceu por volta das 5h45 e terá sido presenciado por várias testemunhas. A condutora, que terá 46 anos, foi detida para identificação, devendo ir a tribunal na quarta-feira. "O INEM esteve no local e ainda tentou reanimar a senhora, mas já não conseguiu", acrescentou à Lusa fonte da PSP. 

De acordo com a mesma fonte, registaram-se durante a noite "várias desordens" na cidade, durante as festas de Santo António, mas sem outros casos graves a assinalar. 

* Esta selvagem vai dizer que entrou em pânico e por isso  fugiu, isto é homicídio qualificado.

.
.
HOJE  NO 
"OBSERVADOR"

Fundador da Uber sai da presidência 
“por tempo indeterminado”

O presidente-executivo da Uber enviou um email aos empregados da empresa anunciando que ia tirar uma licença por tempo indeterminado, numa altura em que a Uber está debaixo de críticas.

No email que enviou aos empregados, Travis Kalanick afirma que vai tirar uma licença da presidência-executiva da Uber por tempo indeterminado. O memorando interno, que está a ser citado por vários órgãos de comunicação social norte-americanos, refere razões pessoais para o afastamento do CEO e fundador da Uber, mas também a necessidade de refletir sobre o rumo que a empresa deve levar.
 .

Travis Kalanick perdeu a mãe num acidente e essa é uma das causas que o levou à saída: “Perder alguém que me é tão querido de forma trágica tem sido muito difícil para mim e preciso de fazer o meu luto como deve ser”, escreveu Travis, adiantando que “é difícil colocar uma data limite” nesta licença: “Pode ser mais curta ou mais longa do que esperamos”.

Mas não são apenas as razões pessoais que Travis Kalanick refere para a sua “ausência por tempo indeterminado”. A Uber tem estado a passar por um período conturbado, tendo sido alvo de muitas críticas relativas às condições de trabalho na empresa, acusada de ser sexista.

Também por isso, no email enviado aos funcionários, Travis Kalanick tenha afirmado que este tempo servirá também para refletir sobre a equipa da Uber e sobre a forma como poderão construir “uma equipa de liderança de classe mundial”. Em relação às críticas e às polémicas que se têm intensificado, Travis Kalanick afirma, citado pelo NY Times: “Carrego nos meus ombros a responsabilidade última pelo caminho que fizemos para chegar aqui e pela forma como fizemos esse caminho”.

Em março deste ano, na sequência das polémicas sobre uma cultura empresarial de assédio e sexista dentro da Uber, Jeff Jones, o número dois da empresa, demitiu-se. Ainda segundo o NY Times, nos últimos meses a Uber despediu vinte funcionários acusados de violar as regras da empresa, alguns deles acusados de assédio sexual, e esta semana Travis Kalanick perdeu um dos seus braços direitos, Emil Michael, um funcionário de topo da empresa.

* Pela  a amostra  parece que a Uber está mais perto ser  uma sexy shop de baixo nível,  do que alternativa ao serviço de táxi.

.
.
NA ÁSIA CRESCE-SE
MUITO DEPRESSA 


 TEM CINCO ANOS, REVELA A ORIGEM DO VÍDEO

.
.
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
Stress celular aumenta risco 
de contrair artrite ou psoríase

Cientistas do Instituto de Medicina Molecular confirmam que baixos níveis de oxigénio ou energia nas células imunitárias podem gerar doenças
 
Fatores de stress, como baixos níveis de oxigénio e de energia, induzem as células T do sistema imunitário (um tipo de glóbulos brancos) a entrar num modo de funcionamento que contribui para desencadear as chamadas doenças autoimunes, como a artrite, a diabetes ou a esclerose múltipla.
 .

A descoberta, que foi feita no Instituto de Medicina Molecular (IMM), da Universidade de Lisboa, pela equipa que ali é liderada pelo investigador holandês Marc Veldhoen, foi agora publicada na revista científica Cell Reports e abre a porta ao desenvolvimento de novas terapias para aquelas doenças.

"As células T, um tipo de glóbulos brancos que são importantes para combater as infeções, podem ser sintonizadas para diferentes modos de ativação, permitindo uma resposta adequada a cada uma das infeções", explica Marc Veldhoen, que já estuda esta questão em ratinhos "há muitos anos". Foram, aliás, os trabalhos da sua equipa, primeiro em Cambridge, no Reino Unido, e desde há um ano no IMM, que contribuíram para que se descobrissem novos modos de ativação daquelas células imunitárias, como este, designado Th17.

"Percebemos que um tipo particular de ativação daquelas células, o Th17, é muito mais robusto do que outros estados das células, o que nos conduziu à hipótese de que estas Th17 seriam mais resistentes às condições adversas", lembra o investigador. Como viram depois, a hipótese estava certa.

Em 2012, a equipa que este investigador liderava na altura em Cambridge, já colaborando com cientistas portugueses, conseguiu então estabelecer a ligação direta entre as condições de stress celular e o aumento do risco de doenças autoimunes.

O trabalho agora publicado, realizado já no IMM, para onde Marc Veldhoen se mudou no ano passado - o brexit, o facto de a mulher e colega de profissão ser portuguesa e a possibilidade de vir para o IMM foram decisivos -, desvenda o processo pelo qual isso acontece. Quando as condições são adversas, com menos disponibilidade de oxigénio e de energia, são as Th17 que mais proliferam entre todas as outras. E uma coisa leva à outra.

Toda esta investigação tem sido feita em ratinhos, num modelo que imita naquele animal as doenças autoimunes, e foi assim que os cientistas conseguiram demonstrar que, inibindo o stress celular, a produção das células Th17 também diminui, bem como os sintomas das doenças autoimunes.

Cumprida esta etapa, a equipa gostaria de fazer o mesmo tipo de trabalho utilizando células humanas. "Embora os humanos tenham células muito idênticas [às dos ratinhos], pode haver diferenças na forma como respondem" nas mesmas condições, explica o investigador. Por isso, sublinha, "seria bom estudar se o stress celular favorece o mesmo tipo de ativação Th17 [dos glóbulos brancos] e perceber se diferenças na suscetibilidade ao stress celular ou outros fatores ambientais poderão dar-nos novas informações sobre o desenvolvimento de algumas doenças auto- imunes", adianta. Isso, no entanto, também vai depender de haver financiamentos para fazer esse trabalho, sublinha.

A possibilidade de desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas a partir daqui existe e até já há ensaios clínicos em curso. Como explica Marc Veldhoen, há estudos nesta área, tanto "na academia como em laboratórios farmacêuticos", e a interferência com a atividade destas células do sistema imunitário mostrou resultados positivos "em algumas destas doenças autoimunes, como a psoríase e a artrite".

Quanto aos resultados agora publicados, eles também "podem oferecer novos alvos terapêuticos para reduzir, por exemplo, o stress celular localmente, nas áreas com a inflamação", sugere o cientista. No entanto, estimar um prazo para que isso se traduza na prática médica não é tarefa fácil.

"É sempre difícil responder a isso", afirma Marc Veldhoen. "Há terapias baseadas nas células T nas últimas fases de ensaio clínico e com sucesso em algumas destas doenças. Quanto ao nosso trabalho, ainda está numa fase pré-clínica e vai depender de fundos e de trabalho futuro para verificar se estes resultados iniciais podem ser usados em terapias. Ainda vai levar uma década", conclui.

* A ciência demora tempo a chegar à verdade tal a grelha de contraditório necessária, mas chega lá.

.
.
HOJE NO 
"RECORD"
Vettel 'roubou' o espetáculo e
 'estragou' festa a Hamilton


Sebastian Vettel largou do segundo lugar da grelha de partida do GP do Canadá, mas passadas cinco voltas estava no 18.º lugar e muitos pensaram que o piloto da Ferrari estava 'arrumado' na corrida da sétima ronda do Mundial de Fórmula 1. Mas não foi assim. O alemão iniciou uma fantástica recuperação que o levou ao quarto lugar, bem perto de Daniel Ricciardo (Red Bull-TAG Heuer) que fechou o pódio atrás dos dois Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas). Melhor do que o título de Piloto do Dia foi a manutenção da liderança do Mundial... 

* Grande piloto

.
.
1- RODAS DE LISBOA
CARRIS



FONTE: PEDRO ALVES

.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Degelo ameaça cofre que 
guarda sementes fundamentais 
para a Humanidade

A camada de gelo permanente que envolve o Cofre Mundial de Sementes começou a derreter e inundou o túnel de acesso à galeria onde estão guardadas sementes fundamentais para o futuro da Humanidade.

Cravado 130 metros no coração de uma montanha no arquipélago de Svalbard, na Noruega, o cofre foi construído no Ártico para conservar as mais preciosas sementes alimentares do mundo.
.
Recentemente, o corredor de acesso às galerias onde estão guardadas as sementes foi inundado por água proveniente do degelo de neves permanentes.

O incidente não causou estragos entre as sementes, mas destruiu a reputação do cofre, que se acreditava ser à prova de acidentes e um lugar seguro para preservar as sementes mais preciosas para a humanidade, que podem ser fundamentais para recuperar a vida na terra, em caso de guerra nuclear ou desastre global.

Para garantir que o cofre se mantém seguro, o governo norueguês destinou 37 milhões de coroas (cerca de quatro milhões de euros) para obras de remodelação.

"Na base destes melhoramentos técnicos está a conclusão de que a camada de gelo permanente não se manteve estável como previsto", explicou o governo norueguês, que é proprietário do cofre.

"Um grupo de estudo vai avaliar as possíveis soluções para contrariar o aumento dos volumes de água resultantes do clima mais húmido ameno que se regista em Svalbard", acrescentou o governo norueguês, em comunicado.

Uma das soluções passa por construir um novo túnel de acesso à zona onde estão as sementes. Ao contrário do atual, que desce para o interior da montanha, os técnicos ponderam fazer um que suba para o coração do cofre, para as galerias onde estão armazenados quase um milhão de sacos de sementes, de cada variedade importante para a humanidade.

Construído em 2008, bem fundo na camada de gelo permanente, com a expectativa de "superar o teste do tempo" e de proteger as sementes contra o desafio colocado por "mudanças naturais ou promovidas pelo homem", o cofre custou cerca de oito milhões de euros.

Antes de começarem as obras de fundo, algumas alterações vão ser já postas em prática. Uma central de transformação, que produz calor para as instalações, vai ser mudada para fora do túnel e uma parede à prova de água vai reforçar a segurança das galerias onde estão as sementes.

O governo norueguês pretende, também, fazer já valas de escoamento de água no interior da parede da montanha acima das galerias onde estão depositadas as sementes.

"Estas medidas são parte de um plano a longo termo para reforçar a segurança do cofre de sementes, baseada numa visão mais cautelosa", explica o comunicado do governo norueguês.

O cofre era suposto funcionar sem necessidade de intervenção humana, mantendo as sementes preservadas as 18 graus negativos. Foi construído em Svalbard com a presunção de que a camada de gelo permanente nunca iria derreter, preservando, assim, as sementes necessárias para restabelecer a vida na terra, em caso de uma catástrofe.

* Duas conclusões:
- A Terra modifica-se mas não  morre tão depressa.
- De tanto maltratar a Terra, a humanidade não tem futuro.

.
.
HOJE NO  
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS/ 
/DA MADEIRA"

Lobo Xavier diz que queixa do Fisco espanhol a Ronaldo não se baseia na Lei

António Lobo Xavier, um dos advogados de Cristiano Ronaldo, disse hoje que a queixa de fraude fiscal apresentada pelo Fisco espanhol contra o futebolista se deve a uma diferença de opinião que não tem base em qualquer lei.
 .
Em declarações à SIC Notícias, Lobo Xavier explicou que o futebolista português declarou em 2014 os direitos de imagem obtidos desde 2011, por pensar que era justamente nesse ano que o tinha de fazer e não nos anos anteriores, como defende a acusação.

“Não houve falta de declaração, o que houve foi uma declaração com base num critério que, aparentemente, não é o critério preferido pela administração fiscal espanhola, o qual não se baseia numa lei ou em normas em que se possa dizer que o jogador as violou”, disse aquele o fiscalista português.

De resto, Lobo Xavier lembrou que Cristiano Ronaldo, nos anos em questão, não foi interrogado pelo Fisco espanhol em momento algum e que, se tivesse seguido o critério deste, pagando ano a ano, teria pagado menos do que pagou em 2014.

Reforçando o seu argumento, Lobo Xavier referiu que Ronaldo já utilizava este sistema para a tributação dos seus direitos de imagem no Reino Unido, quando jogava no Manchester United, sistema esse muito comum em território britânico e aceite pela administração fiscal deste país.

O Ministério Público de Madrid acusa Ronaldo de defraudar o estado espanhol em 14,7 milhões de euros de forma “consciente e voluntária”, acusação que Lobo Xavier considera uma “surpresa total” e que o jogador sente como “uma injustiça”.

O advogado luso defende que num tema tão técnico não se pode responsabilizar Cristiano Ronaldo, que se limita a seguir os conselhos dos seus assessores, separando o seu caso de outros processos fiscais a futebolistas, como o de Leo Messi, no FC Barcelona.

“O caso de Messi e de outros jogadores perseguidos pelo Fisco espanhol é completamente diferente, porque esses jogadores não declararam nada. Ronaldo, antes de ser investigado, declarou espontaneamente a parte que achava que deveria declarar em território de Espanha”, explicou Lobo Xavier, para quem o Fisco espanhol decidiu apresentar agora a acusação porque os prazos estavam em vias de prescrição.

O Fisco espanhol acusa Ronaldo de quatro crimes contra a Fazenda Pública cometidos entre 2011 e 2014 e estima uma fraude fiscal em torno de 14 milhões e 700 mil euros.

* Apesar de não concordarmos com as suas opções políticas, Lobo Xavier é de certeza um dos advogados mais  inteligentes de Portugal, coerente,  sempre que podemos assistimos à "Quadratura do Círculo" e estamos atentos à suas opiniões. Como acreditamos muito em CR7 ficamos satisfeitos por Lobo Xavier ser um dos seus defensores.

.
.
 LAVORES FEMININOS 
NO RECATO DO LAR 
















.
.
 
1275
Senso d'hoje
LUISA ARRAES
DÉBORA NASCIMENTO
MARIANA XAVIER
CRIS VIANNA
ANDRÉIA HORTA
DIZENDO RUPI KAUR
"OUTROS GEITOS DE USAR A BOCA"




FONTE: Rose Guersoni


.

NOTÍCIAS PARA HOJE

.
COMPRE JORNAIS















.