quinta-feira, 25 de maio de 2017

quarta-feira, 24 de maio de 2017

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.


.

VIII-O MAPA DA CONDIÇÃO HUMANA

 1- A EXTINÇÃO DAS ESPÉCIES

video

.
.

GUILLERMINA BAEZA

FULL FASHION SHOW
BARCELONA PRIMAVERA VERÃO
2017

video



.
.
II-MESTRES DE COMBATE
1-KYOKUSHIN
JAPÃO

video


* Não somos fãs destas modalidades desportivas, temos até   dúvidas se o "modismo" destas prácticas não potencia os conflitos de minorias formatadas em grupos de luta. Os vídeos desta série têm espectáculo e aventura, priviligeámos isso.

** As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE  NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Alojamento local: 
PCP concorda que condomínios intervenham, Bloco diz que só traz litígios

PCP diz que proposta do PS para condomínios autorizarem arrendamento a turistas faz sentido, mas o Bloco diz que é pouco e que vai criar litigiosidade entre vizinhos. O Governo não se pronuncia e remete para o Parlamento, sendo certo que esta nunca foi uma solução defendida pela secretária de Estado do Turismo.

O tema do alojamento local está de volta ao Parlamento, depois de o grupo parlamentar do PS ter dado entrada, esta quarta-feira, 24 de Maio, com uma proposta de diploma que prevê deixar nas mãos das assembleias de condóminos dos prédios em regime de propriedade horizontal a decisão sobre se no edifício deverão ou não existir fracções destinadas ao arrendamento de curta duração a turistas.
A iniciativa é assinada por dois deputados socialistas, Carlos Pereira e Filipe Neto Brandão e prevê que, ao rol de documentos necessários ao registo de estabelecimento de alojamento local os proprietários deverão também passar a ter de juntar "a cópia da deliberação da assembleia geral de condóminos que autorize o titular da exploração do estabelecimento a exercer a respetiva atividade".
.
Depois desta proposta, também o PCP e o Bloco de Esquerda se preparam para avançar com iniciativas próprias e, se os comunistas dizem que "faz sentido" a posição socialista, já o Bloco entende que "fica aquém do esperado" e que "vai criar litigiosidade entre condóminos.
Segundo os deputados do PS – que frisam ser esta uma iniciativa corroborada pelo grupo parlamentar – esta foi a forma que encontraram para resolver a questão que tem dividido os tribunais levando mesmo à existência de sentenças contraditórias sobre se a actividade de alojamento local deverá ou não ter uma autorização do condomínio.
O objectivo, é "assegurar que a atividade de alojamento local, no caso de prédios urbanos destinados a habitação, não seja exercida com desconsideração dos direitos dos demais condóminos, assim procurando garantir o desejável bom relacionamento entre os vários condóminos" e Carlos Pereira explica que se trata de uma "intervenção cirúrgica para resolver este problema específico".
Pedro Soares, do Bloco de Esquerda, lamenta que seja tão cirúrgica. "É insuficiente e fica aquém do que tinha ficado decidido no grupo de trabalho" criado no Parlamento entre PS e BE para discutir as questões da habitação. No relatório final, duas recomendações em matéria de alojamento local: quotas de condomínio mais elevadas para os proprietários que optassem por esta actividade e a imposição de quotas para quem tivesse mais imóveis no alojamento local: uma percentagem teria obrigatoriamente de ir para o arrendamento habitacional. Nada disso avançou, para já.
Quanto ao PCP, o outro partido que apoia o Governo no Parlamento, a opinião é, para já, positiva. Paula Santos, deputada comunista, disse ao Negócios que o partido considera que "faz sentido que os condóminos tenham uma palavra a dizer porque o alojamento local também traz todo um conjunto de transtornos para os vizinhos.
Nas próximas semanas, tanto o PCP como o Bloco vão apresentar propostas próprias. Já o Governo, não se pronuncia e remete o assunto para o Parlamento. Sendo certo, porém, que a intervenção obrigatória dos condóminos nunca foi uma posição publicamente defendida pela secretária de Estado. 

* É muito  blá, blá, blá, 

.

ANA RITA GUERRA

.





O futuro segundo a Google

O impacto da Google, com poucos paralelos na indústria, nunca pode ser subestimado

As filas para as bancas de merchandising no Google I/O davam voltas sob o sol inclemente e quase surpreendente para um dia de maio em Mountain View. As t-shirts eram tão caras quanto as que se veem nos concertos e festivais, e o ambiente era o mesmo: uma turba fervorosa, bonecos Android espalhados pelo recinto, gente vestida a rigor para um evento informal de tecnologia. O impacto da Google, com poucos paralelos na indústria, nunca pode ser subestimado. 

Desta vez, as principais keynotes não tiveram o toque dos míticos co-fundadores, Larry Page e Sergey Brin, que agora estão envolvidos de forma mais holística na casa-mãe, Alphabet. O futuro segundo a Google foi explicado pelo CEO Sundar Pichai e por alguns dos executivos mais relevantes do momento, como o chefe de realidade virtual e aumentada Clay Bavor.

A premissa é estonteante: há agora 2 mil milhões de dispositivos Android no mundo. Uma base de utilizadores superior à do Facebook, que torna a Google completamente dominante no espaço móvel. Sim, a Apple está aí para as curvas, mas o iOS é um nicho quando comparado com o Android. Esta dimensão permite à Google obter dados sobre os utilizadores, comportamentos e padrões de utilização como nenhuma outra. Gmail, YouTube, Pesquisa, Tradutor, Play, Mapas, Chrome, Drive, Calendário, Fotos, a lista de serviços usados todos os dias por milhões de pessoas é gigantesca. O que a Google está a fazer neste momento é adicionar uma camada de inteligência artificial a todos as aplicações, o que explica porque é que a IA e o assistente virtual Google Assistant foram o centro deste evento anual em Mountain View. 

Sete mil programadores, analistas e parceiros reuniram-se num espaço de eventos ao ar livre mesmo ao lado do Googleplex, sede mundial da empresa, para ouvir em primeira mão o que está reservado para o futuro. É isto: inteligência artificial, aprendizagem de máquina, automação, realidade virtual e realidade aumentada. A visão de um mundo em que os objetos comunicam connosco proativamente está prestes a realizar-se. Como também a transição de uma interação via teclado, rato e toque para uma era em que comunicamos essencialmente com a voz. Diz-me isto, faz-me aquilo, liga para aquela pessoa. A interação por linguagem natural, como se estivéssemos mesmo a falar com um outro ser humano, será a maior revolução na tecnologia de consumo durante os próximos anos. 

É certo que ainda há muitos constrangimentos. Tentei ter uma conversa com o Google Assistant e a coisa foi desastrosa, porque o assistente ainda não tem a capacidade de follow-up que esperamos numa interação bidirecional. Mas já é melhor que a Siri, e adivinha-se que vá evoluir mais rapidamente que a rival, porque a Apple tem sido mais fechada ao desenvolvimento de terceiros. 

O outro avanço potencialmente revolucionário que a Google apresentou neste I/O foi o Google Lens, que reflete as capacidades de inteligência artificial aplicadas à imagem e ao vídeo. Não se sabe quando, mas ainda em 2017 esta funcionalidade permitirá apontar a câmara do smartphone a qualquer objeto e obter uma série de coisas a partir daí. O conteúdo nutricional do menu de um restaurante que está fechado; que flor é esta que encontrei a caminho de casa; a ligação automática à rede WiFi a partir da imagem do router. Quando isto chegar ao Google Assistant, terá implicações tremendas. Estes sistemas melhoram com a utilização, aumentam as suas capacidades de forma exponencial. É uma questão de tempo até termos um “Ambrósio” digital que nos explica o mundo e toma conta das tarefas chatas por nós. Espero que não nos engane.


IN "DINHEIRO VIVO"
23/05/17

.
.


1240.UNIÃO



EUROPEIA


2-MANCHESTER - NÃO PODEMOS ESQUECER

.
HOJE  NO 
"DESTAK"

Manifestantes incendeiam edificios 
e pilham ministérios em protesto 
contra PR brasileiro

Alguns edifícios onde se localizam ministérios brasileiros, em Brasília, foram hoje incendiados e pilhados durante um protesto contra o Presidente Michel Temer. 
 .
Imagens transmitidas pela televisão mostram que foram destruídas as fachadas dos ministérios de Minas e Energia, dos Transportes, da Agricultura, do Meio Ambiente da Cultura e do Planejamento.

Com o agravamento dos confrontos, o Governo brasileiro deu ordem de evacuação de todos os edifícios da Esplanada dos Ministérios. 

Os bandidos não estão do lado dos manifestantes.

.
.

5-O SILÊNCIO


DAS INOCENTES

video


O documentário Silêncio das Inocentes foi lançado em 2010. Com direção de Ique Gazzola e roteiro de Rodrigo Azevedo, retrata a realidade social da violência doméstica no Brasil. O projeto nasceu do interesse da atriz e produtora Naura Schneider – que já havia levado às telas o tema em “Dias e Noites” (2008), de Beto Souza. O tema do filme, uma mulher que é agredida pelo companheiro, a aproximou de Maria da Penha Fernandes, vítima de um tiro disparado pelo marido enquanto ela dormia. À polícia, o agressor, que é professor universitário, contou que o tiro fora dado por um ladrão. Maria da Penha voltou para casa, paraplégica, foi mantida em cárcere privado e escapou de uma segunda tentativa de assassinato. Em 2002, apenas seis meses antes de a tentativa de homicídio prescrever, conseguiu que o agressor pagasse pelo crime. O ponto alto do documentário é esse relato.

Ficha técnica do documentário:

Silêncio das inocentes – 2010. Produção: Voglia Produções. Direção: Ique Gazzola. Roteiro: Rodrigo Azevedo. Através de depoimentos de vítimas, autoridades e especialistas, retrata a triste realidade social da violência doméstica no Brasil.

 FONTE: Rael Furtado

As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.
.
A DOIS DEGRAUS
DO INFERNO

video


* A distância entre a realidade e a ficção é assim tão grande?


FONTE: kiko10061980reloaded


.
.
Luiz Caracol
Canta John Legend

Ordinary People


video

.
.
HOJE  NO 
"A BOLA"

Manchester United
Jogadores e treinador não esquecem
 o atentado e pedem união
.
Os jogadores e o treinador do United, José Mourinho, não esqueceram o trágico atentado em Manchester, após o concerto de Ariana Grande.

* SEM PALAVRAS.

.
.
HOJE NO 
"AÇORIANO ORIENTAL"

Dezoito atentados na Europa atribuídos 
a extremistas islâmicos desde 2004

O atentado que na segunda-feira matou pelo menos 22 pessoas, além do atacante, e feriu 59 em Manchester, noroeste de Inglaterra, é o mais recente de uma série de ataques na Europa atribuídos a extremistas islâmicos.
  .

O ataque de segunda-feira foi cometido por um homem, identificado como Salman Abedi, que se fez explodir junto de uma das saídas do Manchester Arena, onde terminava um concerto da cantora ‘pop’ norte-americana Ariana Grande ao qual assistiam muitas crianças e jovens.
O atentado foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

2017
- 20 de abril: Um polícia foi morto a tiro na Avenida dos Campos Elísios, em Paris, por um homem posteriormente abatido pela polícia. O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o ataque.
- 07 de abril: Cinco pessoas foram mortas e várias ficaram feridas quando um camião entrou a alta velocidade pela principal rua pedonal de Estocolmo, Drottninggatan.
O condutor, um cidadão uzbeque com simpatias ‘jihadistas’, foi detido e aguarda julgamento.
- 22 de março: Cinco pessoas morreram e 31 ficaram feridas num ataque terrorista junto ao Parlamento britânico, em Londres, quando um homem ao volante de uma viatura atropelou vários peões na ponte de Westminster e, depois de sair da viatura, apunhalou um polícia no Palácio de Westminster.
O atacante, abatido a tiro pela polícia no local, foi identificado pelas autoridades como simpatizante do ‘jihadismo’.
- 18 de março: Um homem de 29 anos foi morto no aeroporto de Orly, Paris, depois de tentar tirar a arma a um soldado enquanto se dizia " preparado para morrer por Alá".
- 03 de fevereiro: Um egípcio de 29 anos armado com facas atacou quatro soldados que patrulhavam o Museu do Louvre, em Paris, aos gritos de "Allahu Akbar" (Alá é grande). O atacante foi ferido e detido.

2016
- 19 de dezembro: Doze pessoas morreram e dezenas ficaram feridas num mercado de Natal em Berlim ao serem atropeladas por um camião, conduzido deliberadamente a alta velocidade contra a multidão. O condutor, um tunisino cujo pedido de asilo tinha sido recusado, recebeu instruções do Estado Islâmico, que divulgou um vídeo em que o atacante jurava lealdade ao grupo.
- 26 de julho: Dois jovens armados degolaram um padre e sequestraram várias pessoas numa igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray, na Normandia, norte de França.
Os atacantes eram dois rapazes de 19 anos, um dos quais tinha estado na Síria a combater ao lado dos 'jihadistas', que tinham jurado lealdade ao Estado Islâmico. Ambos foram mortos pela polícia.
- 14 de julho: Um camião entrou a alta velocidade na marginal de Nice, sul de França, após as comemorações do Dia da Bastilha, matando 86 pessoas e ferindo 434.
O autor do ataque, reivindicado pelo Estado Islâmico, um tunisino residente em França, foi morto a tiro num tiroteio com a polícia.
- 22 de março: Três atentados coordenados foram cometidos no aeroporto internacional e numa estação de metropolitano de Bruxelas, fazendo 32 mortos, além dos três bombistas, e mais de 300 feridos.
Os autores do ataque, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico, pertenciam a uma célula terrorista envolvida nos ataques de novembro de 2015 em França

2015
- 13 de novembro: Atentados na sala de concertos Bataclan, em vários bares e restaurantes no centro de Paris e perto do Estádio de França, em Saint-Denis, causaram 130 mortos e mais de 350 feridos. O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou os ataques.
- 14 de fevereiro: Um dinamarquês de origem palestiniana abriu fogo num centro cultural de Copenhaga durante uma conferência sobre "Arte, blasfémia e liberdade", matando o cineasta Finn Norgaard e ferindo três polícias.
Horas depois, o mesmo homem matou um judeu frente a uma sinagoga e feriu outros dois polícias. O suspeito, que os serviços de informações consideravam “extremamente religioso”, acabou por ser morto horas depois num tiroteio com a polícia.
- 07 a 09 de janeiro: Uma série de ataques foi perpetrada em França contra o semanário satírico Charlie Hebdo (12 mortos), um supermercado de produtos 'kosher' (quatro mortos) e uma agente da polícia municipal, que morreu. Três 'jihadistas', abatidos pelas forças de segurança, afirmaram pertencer à Al-Qaida na Península Arábica (AQPA) ou ao EI.
2014
- 24 de maio: Um homem disparou na entrada do museu judeu de Bruxelas, matando quatro pessoas.
O presumível atacante, o franco-argelino Mehdi Nemmouche, foi detido no sul de França e extraditado para a Bélgica. Nemouche tinha combatido pelo Estado Islâmico na Síria e terá sido o primeiro ‘jihadista’ a regressar à Europa para cometer um atentado terrorista.

2013
- 22 de maio: Dois britânicos de ascendência nigeriana convertidos ao islamismo assassinaram o soldado Lee Rigby num ataque inspirado na Al-Qaida numa rua do sul de Londres.
Michael Adebolajo e Michael Adebowale, conhecidos das autoridades por ligações a grupos extremistas, atacaram Rigby, 25 anos, à saída do quartel, esfaquearam-no e tentaram decapitá-lo com um cutelo. Os dois suspeitos, que se apresentaram como “soldados de Alá”, foram detidos e condenados a prisão perpétua.

2012
- 11 a 19 de março: Mohamed Merah, 23 anos, simpatizante do extremismo islâmico e da Al-Qaida, matou três militares a tiro em Toulouse e Montauban (sul), França, e, dias depois, três crianças e um professor numa escola judaica de Toulouse (sul).
Merah foi morto pela polícia a 22 de março, quando as forças de segurança lançaram um assalto ao apartamento onde estava refugiado há 32 horas.
2005
- 07 de julho: Quatro bombistas-suicidas, muçulmanos britânicos simpatizantes da Al-Qaida, cometeram quatro atentados coordenados em três linhas do metropolitano de Londres, durante a hora de maior movimento, causando 56 mortos e 700 feridos.
2004
- 02 de novembro: O realizador holandês Theo Van Gogh, crítico do fundamentalismo islâmico, foi atingido a tiro, esfaqueado e degolado em Amsterdão. Um holandês de origem marroquina foi condenado a prisão perpétua pelo homicídio, que a justiça da Holanda classificou como um atentado terrorista.
- 11 de março: Uma dezena de bombas explodiu em quatro comboios na região de Madrid, à hora de ponta da manhã, causando 191 mortos e perto de dois mil feridos.
O atentado foi cometido por uma célula islamita radical com ligações à Al-Qaida. Os suspeitos morreram numa aparente explosão suicida num apartamento em Leganès, um subúrbio de Madrid, em que morreu também um polícia das forças especiais.

* Fé assassina.
.
.
O POÇO DA MORTE

video

Este espectáculo era muito comum nas feiras sazonais mais importantes do espaço português, nunca o tínhamos visto com tanta viatura, uma loucura.

FONTE: PORTAL NORDESTINO
.
.
HOJE  NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Provedor de Justiça defende alternativas
 à prisão para reclusos doentes

O Provedor de Justiça defendeu esta quarta-feira a existência de uma alternativa às prisões para os reclusos que tenham uma idade avançada ou problemas graves de saúde, sublinhando que estes podem cumprir pena num local mais adequado. 
 .
As considerações do Provedor de Justiça, divulgadas hoje, estão expressas num relatório elaborado por José Faria Costa no âmbito de uma visita ao Estabelecimento Prisional São João de Deus (hospital-prisão de Caxias), no concelho de Oeiras. O provedor de Justiça refere que no Estabelecimento Prisional São João de Deus encontram-se internados atualmente cerca de 120 reclusos, a maioria na faixa etária dos 60 e 70 anos. José Faria Costa sublinha que "devido à situação de frágil saúde e idade avançada" muitos deles permanecem neste estabelecimento até ao dia da sua libertação". 

"Estou certo de que algumas pessoas com quem me cruzei, neste como em outros estabelecimentos prisionais, poderiam cumprir a pena de prisão que lhes foi aplicada num outro ambiente", escreve José Faria Costa no relatório. Nesse sentido, o provedor de Justiça aponta como alternativa "estabelecimentos de saúde ou outros que lhes possa prestar a devida assistência ou, até, o seu domicílio", sublinhando que a lei já contempla essas alternativas. 

* Estamos completamente de acordo. Sublinhamos que pela Provedoria de Justiça têm passado excelente portugueses, a galeria de Provedores é de luxo.

.
.
HOJE  NO
"OBSERVADOR"

Ministro das Finanças assume presidência do Conselho de Governadores do BEI

O ministro das Finanças, Mário Centeno, assumiu a presidência do Conselho de Governadores do Banco Europeu de Investimento, sucedendo ao seu homólogo da Polónia.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, assumiu esta quarta-feira a presidência do Conselho de Governadores do Banco Europeu de Investimento (BEI), sucedendo ao seu homólogo da Polónia, anunciou o Ministério das Finanças.
 .

Em comunicado, as Finanças afirmam que o mandato terá a duração de um ano e que a nomeação “é automática e decorre do esquema de rotação estabelecido pelo banco, baseado na ordem alfabética dos Estados-membros em língua inglesa”.
 .
Enquanto presidente do Conselho de Governadores do BEI, Mário Centeno presidirá à reunião anual do Conselho de Governadores — composto pelos restantes ministros das Finanças da União Europeia –, que “deverá ocorrer em maio de 2018, bem como a eventuais reuniões extraordinárias do Conselho que venham a ser agendadas”.

O BEI foi fundado em 1958 e tem como principal objetivo a “promoção do desenvolvimento do mercado interno da União Europeia, através da concessão de financiamento a longo prazo, de garantias e de assistência técnica”, lê-se no comunicado do Ministério das Finanças.

Portugal tornou-se acionista do BEI em 1986, com a adesão à então Comunidade Económica Europeia. Contudo, o BEI começou a financiar operações em Portugal a partir de 1976, tendo desde essa data emprestado cerca de 46.404 milhões de euros para apoiar 769 projetos. O volume de financiamento do BEI foi de 83,75 mil milhões de euros em 2016. O financiamento assinado pelo BEI em 2016 em Portugal totalizou 1.486 milhões de euros, ligeiramente acima dos 1.413 milhões de euros observados em 2015.

* Não é um cargo de mérito é quase administrativo, melhor é continuar a ser ministro das Finanças de Portugal, continuamos a respeitá-lo muito.

.
.
CINCO IDIOTICES 
QUE FINGEM TER PIADA!

video


*Temos editado alguns vídeos destes, absolutamente imbecis, para alertar para a trampa que se pode encontrar na net.!
A "net" está pejada de aldrabices.

FONTE: Mega Video
 .
.
HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Caso BPN. Oliveira e Costa 
condenado a 14 anos de prisão

Sentença lida esta quarta-feira. O mais conhecido arguido, Oliveira e Costa, está doente e não pôde comparecer

O tribunal deu como provadas a maioria das acusações no processo sobre a falência do banco BPN. Dos 15 arguidos, 12 foram condenados. Entre eles, o antigo presidente do banco, Oliveira e Costa, que ouviu a sentença de 14 anos de prisão, segundo a TSF.
O acórdão está a ser lido esta quarta-feira, seis anos e meio após o início do julgamento.
 .
AINDA JOVEM QUERUBIM
Entre as maiores condenações contam-se as do "braço direito" de Oliveira e Costa no banco, Luís Caprichoso, condenado a oito anos e meio de prisão, do antigo presidente do Banco Insular de Cabo Verde, José Vaz Mascarenhas, que ouviu uma sentença de sete anos e três meses, e de Francisco Sanches, ex-administrador do BPN, com uma pena de seis anos e nove meses de prisão.
Foram absolvidos o empresário Ricardo Oliveira e o advogado Filipe Baião Nascimento, bem como Hernâni Ferreira, empresário.
"Esta foi a maior burla da história da Justiça portuguesa julgada até ao momento", destacou o juiz Luis Ribeiro, que preside o coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN, que durou mais de seis anos.
Depois, há um grupo de oito arguidos que foram condenados a penas de prisão inferiores a cinco anos, com o tribunal a admitir a suspensão das penas de prisão em troca do pagamento de indemnizações ao Estado.
Leonel Mateus, ex-gestor da Plafin, tem que pagar 30 mil euros ao longo dos três anos de prisão a que foi condenado.
Luís Almeida, ex-gestor da Plafin Contas, tem que pagar 45 mil euros ao longo dos quatro anos e três meses de prisão a que foi condenado.
Isabel Cardoso, advogada que trabalhava para o grupo SLN/BPN, tem que pagar 25 mil euros ao longo dos quatro anos e quatro meses de prisão a que foi condenada.
Telmo Reis, fundador da Labicer, tem que pagar 50 mil euros durante os cinco anos de prisão a que foi condenado.
José Monteverde, acionista e devedor do BPN, foi condenado ao pagamento de 10 mil euros face à pena de prisão de 4 anos que lhe foi aplicada.
Luís Ferreira Alves, outro dos fundadores da Labicer, tem que pagar 25 mil euros durante os dois anos de prisão que lhe foram aplicados.
António Franco, antigo gestor do BPN, tem que pagar aos cofres públicos 10 mil euros durante os três anos da pena de prisão de que foi alvo.
Finalmente, Rui Dias Costa, da Labicer, tem que pagar 30 mil euros para evitar a pena de prisão de quatro anos a que foi sujeito.
"Há que fazer uma distinção entre a conduta destes arguidos e dos outros, cujos crimes são muito mais graves", realçou o juiz presidente, referindo-se a José Oliveira Costa, José Caprichoso, José Vaz Mascarenhas e Francisco Sanches, condenados a penas de prisão efetivas.
O coletivo de juízes do processo principal do caso BPN decidiu ainda absolver os arguidos Ricardo Oliveira (empresário do ramo imobiliário), Filipe Baião Nascimento (advogado) e Hernâni Ferreira (Labicer e FO Imobiliária) dos crimes de que eram acusados pelo Ministério Público.
De resto, o próprio Ministério Público já tinha deixado cair a acusação de burla qualificada contra Hernâni Silva em junho de 2016 por falta de provas.
E as acusações contra a empresa de cerâmica Labicer foram extintas devido à sua liquidação.
O julgamento deste processo-crime, o principal do caso BPN, arrancou em 15 de dezembro de 2010 e contava inicialmente com 16 arguidos.
Do total, quatro arguidos foram condenados a penas de prisão efetivas, oito arguidos foram condenados a penas de prisão suspensas mediante o pagamento de indemnizações ao Estado, três arguidos foram absolvidos e a Labicer ficou fora das acusações depois de ter sido declarada insolvente e ter entrado em processo de liquidação.

* Finalmente JUSTIÇA quase por inteiro.

.
.
HOJE  NO 
"RECORD"

Mourinho único no Mundo: 
duas Champions e duas 
Ligas Europa no currículo

Com o triunfo desta quarta-feira diante do Ajax e a conquista da Liga Europa, José Mourinho tornou-se no primeiro treinador a ganhar duas Ligas dos Campeões e duas Taça UEFA/Liga Europa.

O feito foi conseguido através de FC Porto, Inter e agora Manchester United. Nos dragões, o técnico português começou por vencer a Taça UEFA em 2003, para no ano seguinte juntar a Champions ao seu currículo. Em 2010 ergueu novamente o troféu da liga milionária, agora ao serviço do Inter. Por fim, esta quarta-feira, levou os red devils ao topo da segunda prova de clubes mais importante da UEFA.

Três clubes diferentes, tal como Benítez
Noutro registo, Mourinho inscreveu o seu nome junto do de Rafael Benítez na lista de treinadores que venceram três competições europeias por três emblemas diferentes. 
.
Até agora, o técnico espanhol era o único nesta condição. Tinha conquistado a Taça UEFA em 2004 pelo Valencia, a Liga dos Campeões em 2005 pelo Liverpool e a Liga Europa em 2013 pelo Chelsea.

Agora passa a ter a companhia do treinador português do Manchester United, com os títulos já aqui referidos. 

* O homem é único.

.
.

SABE O QUE É SUCESSO?

Aos 2 anos sucesso é:
conseguir andar



Aos 4 anos sucesso é: 
não fazer xixi nas calças
 



Aos 12 anos, sucesso é: 
ter amigos



Aos 18 anos, sucesso é:
ter carteira de motorista
 



Aos 20 anos, sucesso é:
fazer sexo
 




Aos 35 anos, sucesso é:
 dinheiro
 




Aos 50 anos, sucesso é:
muito dinheiro
 

Aos 60 anos, sucesso é:
ainda fazer sexo






Aos 70 anos, sucesso é: 
ter carteira de motorista




Aos 75 anos, sucesso é:
ter amigos
 




Aos 80 anos, sucesso é:
não fazer xixi nas calças





Aos 90 anos, sucesso é: 
conseguir andar



.