29/12/2019

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.



.
39-FUTURANDO
Reciclagem de água na Alemanha





1:14 Esta edição do Futurando mostra o trabalho de um designer fotográfico que há sete anos está recolhendo lixo nas águas do rio Reno, na Alemanha. No começo, os passeios de Stephan Horch eram só recreativos. Mas ele percebeu com rapidez a quantidade imensa de resíduos boiando e passou a registar o que retirava das águas. Os registos acabaram mobilizando voluntários, que agora se juntam a Stephan para fazer verdadeiras faxinas aquáticas.

5:28 E uma ideia que surgiu na Dinamarca vai além. Empresas parceiras da iniciativa Green Kayak disponibilizam caiaques para que os remadores ajudem a recolher lixo na superfície das águas. Em troca, os participantes podem passear de graça. E

6:58 Apesar de ser importante que rios estejam limpos, no caso do Reno, a água dele não vai directamente para o consumo. Antes, ela passa por um tratamento para retirar impurezas liberadas pelas indústrias. E essencial também, em tempos de mudanças climáticas, é garantir os níveis de reservatórios de águas subterrâneas. Você vai entender por que essas águas são fundamentais e como elas beneficiam agricultores.

11:33 Conversamos sobre esse assunto com Carlos Motta, especialista em recursos hídricos da Agência Nacional de Águas (ANA), que explicou como é o abastecimento e reaproveitamento de águas no Brasil. Você confere a entrevista completa no programa desta semana.

15:50 Vamos exibir ainda a penúltima reportagem da nossa série sobre os 250 anos de nascimento de Alexander von Humboldt, o naturalista e explorador alemão que percorreu durante anos a América Latina. Mais de dois séculos atrás, Humbolt explorou 2.500 quilómetros da bacia do rio Orinoco, que hoje corta Venezuela e Colômbia. Um ecossistema rico em espécies.
 .
FONTE: DW Brasil

.
.
I- G Σ́ N I O S
4-
𝓜𝓲𝓬𝓱𝓪𝓮𝓵 𝓕𝓪𝓻𝓪𝓭𝓪𝔂, 𝓐𝓵𝓯𝓻𝓮𝓭 𝓡𝓾𝓼𝓼𝓮𝓵 𝓦𝓪𝓵𝓵𝓪𝓬𝓮, 𝓦𝓲𝓵𝓵𝓲𝓪𝓶 𝓣𝓱𝓸𝓶𝓼𝓸𝓷, 𝓘𝓼𝓪𝓶𝓫𝓪𝓻𝓭 𝓑𝓾𝓷𝓮𝓵, 𝓙𝓪𝓶𝓮𝓼 𝓒𝓵𝓮𝓻𝓴 𝓜𝓪𝔁𝔀𝓮𝓵𝓵




FONTE:   DocumentariosCiencia

.
.
Provérbio Ilustrado
𝔸 𝕍𝕚𝕣𝕥𝕦𝕕𝕖 𝕖́ 𝕦𝕞𝕒 𝕛𝕠́𝕚𝕒
𝕢𝕦𝕖 𝕟𝕒̃𝕠 𝕥𝕖𝕞 𝕡𝕣𝕖𝕔̧𝕠


.
.

Os Doze Trabalhos de Asterix/1


.
.
Provérbio Ilustrado
𝕄𝕦𝕚𝕥𝕒𝕤 𝕧𝕖𝕫𝕖𝕤 𝕠 𝕤𝕚𝕝𝕖̂𝕟𝕔𝕚𝕠 𝕖́
𝕒 𝕞𝕖𝕝𝕙𝕠𝕣 𝕣𝕖𝕤𝕡𝕠𝕤𝕥𝕒


.
.
Maria da Penha

Uma história de vida



MARIA DA PENHA é símbolo do enfrentamento à violência doméstica e familiar no Brasil. 
Vítima, em 1983, dessa mácula social por parte de seu então marido, Maria da Penha lutou por 19anos e seis meses para conseguir a punição do seu agressor, fato que só aconteceu devido a pressões internacionais.
Em 2006, foi sancionada a Lei Maria da Penha que dá mais rigor na punição ao agressor e prevê condições para a mulher e sua família viver sem violência. 
Hoje, Maria da Penha atua junto ao Instituto Maria da Penha-IMP através de ações voltadas para a desconstrução do machismo e para construção de uma sociedade de paz e com equidade de gênero.
.
.
Provérbio Ilustrado
ℙ𝕒𝕔𝕚𝕖̂𝕟𝕔𝕚𝕒 𝕖́ 𝕠 𝕞𝕖𝕝𝕙𝕠𝕣 𝕣𝕖𝕞𝕖́𝕕𝕚𝕠
𝕡𝕒𝕣𝕒 𝕥𝕠𝕕𝕒𝕤 𝕒𝕤 𝕕𝕠𝕖𝕟𝕔̧𝕒𝕤


.

CARLOS PIMENTA

.
.



Notas sobre 
a complexidade da fraude

Quando falamos em "fraude" estamos a um elevado nível de abstracção e generalização e cada tipo de fraude tem as suas especificidades

O que determina, ou influência, que uma determinada entidade cometa fraude?

Muitas vezes associamos esta afirmação a uma frase popular que diz que “todo o homem tem o seu preço”, mas admiti-lo é um ponto de partida errado, pois a fraude é uma realidade complexa, muito diversificada, multicausal e que exige ter em conta muito mais do que o comportamento individual.

Retomemos, pois, a pergunta original, tendo em atenção que a fraude é a violação intencional da lei, das normas da instituição ou da ética vigente, silenciosa e invisível, porque é realizada com logro. 
 .
Em primeiro lugar, depende da sociedade em que se concretiza. 
 .
Porque o que é certo ou errado – e tal reflecte-se nas leis nacionais ou institucionais e na ética vigente – depende das relações sociais existentes entre os indivíduos e dos aspectos culturais que elas forjam, da sua história, usos e costumes, do que é maioritariamente considerado como comportamento desviante -, ora assumido espontaneamente ora como base de etiquetagem atribuída a alguns dos outros. Depende do grau de interdependência entre o local e o mundial, da globalização e das suas diversas manifestações. Depende, consequentemente, de outros aspectos mais detalhados como as condições de vida das populações no quotidiano, da distribuição do rendimento, da informação existente, das características das ideologias em confronto, da importância relativa das diferentes concepções de tempo na organização da sociedade – tempo circular versus tempo de projecto, importância relativa do curto e longo prazo – etc…. 
 .
Em segundo lugar, depende do tipo de fraude a que nos estamos a referir. 
 .
Quando falamos em “fraude” estamos a um elevado nível de abstracção e generalização e cada tipo de fraude tem as suas especificidades. O modus operandi da corrupção é completamente diferente das que visam enganar o consumidor ou de muitos tipos de fraude fiscal. A corrupção política, envolvendo elementos do Estado, é diferente da praticada por funcionários de uma empresa contra esta. A corrupção política pode ter algumas diferenças conforme o corrompido é um elemento do governo (por exemplo visando a decisão sobre a localização de uma infra-estrutura internacional) ou de uma câmara municipal (por exemplo, a alteração do plano urbanístico de pormenor). Enfim, cada tipo de fraude tem as suas especificidades.
.
Em terceiro lugar, depende do defraudador a que nos estamos a referir. 
 .
Sinteticamente, ao passarmos do indivíduo que pela primeira vez tenta cometer uma fraude às organizações criminosas transnacionais há todo o percurso entre as idiossincrasias psicológicas à racionalidade económica visando aproveitar os mercados e garantir a máxima lucratividade (ver aqui e aqui). 
Em quarto lugar, depende das relações entre o cidadão de uma sociedade, o membro de uma comunidade, o elemento de uma instituição e as suas idiossincrasias, explicitáveis nos elementos psicológicos em presença. 
O peso relativo da “pressão” de uma necessidade sentida por um defraudador, a “oportunidade” de a concretizar e a construção por aquele das possíveis “justificações” do acto a cometer, para si e para os outros, é frequentemente invocada como o modelo psicológico fundamental, apesar da natureza simplista deste “triângulo da fraude” (ver). 
Quando se implementa – seja na sociedade ou numa instituição – uma política antifraude é conveniente considerar a totalidade dos elementos referidos, assim como as suas interacções recíprocas, relativamente diferenciada conforme a dominância da prevenção (ver) ou da repressão. 

Nela será sempre de considerar a reacção dos concidadãos em relação ao comportamento de cada um, gerando um ciclo vicioso ou virtuoso, isto é, de aumentar ou diminuir espontaneamente a frequência da fraude em questão, que, segundo Rose-Akerman, depende essencialmente dos maiores ou menores custos sociais e psicológicos e da probabilidade de quem a pratica ser capturado. 
* Sócio fundador do Observatório de Economia e Gestão de Fraude (OBEGEF)

IN "DINHEIRO VIVO"
28/12/19

.
.


2137.UNIÃO



EUROPEIA



.
Provérbio Ilustrado
𝕆𝕤 𝕧𝕒𝕤𝕠𝕤 𝕢𝕦𝕖 𝕟𝕒̃𝕠 𝕤𝕖 𝕖𝕟𝕔𝕙𝕖𝕞 𝕕𝕖
𝕒́𝕘𝕦𝕒, 𝕔𝕖𝕕𝕠 𝕥𝕣𝕒𝕟𝕤𝕓𝕠𝕣𝕕𝕒𝕞 𝕕𝕖 𝕡𝕠́



.
.
III-𝒜𝑒𝓇𝑜𝓅𝑜𝓇𝓉𝑜 𝒞𝑜𝓁𝑜̂𝓂𝒷𝒾𝒶/3



O El Dorado é o principal terminal aéreo da Colômbia, por onde passam milhões de pessoas todo ano. Tráfico de drogas e pessoas, deportação de criminosos e emergências médicas são apenas alguns dos casos que os agentes da segurança enfrentam todos os dias.


FONTE:  JP Moura
.
.
.

XXXIV-VISITA GUIADA

Abóbadas em Casas Populares
Fuzeta - PORTUGAL


* Viagem extraordinária pelos tesouros da História de Portugal superiormente apresentados por Paula Moura Pinheiro.
Mais uma notável produção da RTP

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
Provérbio Ilustrado
𝕊𝕖 𝕖𝕤𝕥𝕒̃𝕠 𝕒 𝕕𝕒𝕣, 𝕒𝕡𝕒𝕟𝕙𝕖.
𝕊𝕖 𝕧𝕚𝕖𝕣𝕖𝕞 𝕓𝕦𝕤𝕔𝕒𝕣, 𝕔𝕠𝕣𝕣𝕒.



.
.
Netrebko e Villazón

Libiamo Ne Lieti Calici


Giuseppe Verdi
.
.
Provérbio Ilustrado
𝕊𝕒𝕓𝕖𝕣 𝕕𝕖𝕞𝕒𝕤𝕚𝕒𝕕𝕠 𝕖́
𝕖𝕟𝕧𝕖𝕝𝕙𝕖𝕔𝕖𝕣 𝕡𝕣𝕖𝕔𝕠𝕔𝕖𝕞𝕖𝕟𝕥𝕖



* Todos os provérbios de hoje são de origem indiana

.
.
4-ꉣꍏꀤꊼꂦ̃ꍟꌗ ꉣꃅꀤ꒒ꂦꌗꂦ́ꎇꀤꉓꍏꌗ
4.2-𝓐 𝓮𝓼𝓹𝓲𝓻𝓲𝓽𝓾𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝓮 𝓲𝓷𝓬𝓸𝓷𝓼𝓲𝓼𝓽𝓮𝓷𝓽𝓮  
 𝓮 𝓸 𝓶𝓮𝓻𝓬𝓪𝓭𝓸 𝓭𝓮 𝓓𝓮𝓾𝓼
Ed René Kivitz



*  A angústia de existirmos sem saber a que se destina a nossa existência nos leva a buscar sentidos maiores, nos leva muitas vezes a Deus. Antes, os templos eram o lugares oficiais para praticarmos nossa espiritualidade e tínhamos os líderes religiosos como os porta-vozes das divindades. Hoje, num mundo digital, com as relações em rede, as religiões e seus líderes têm usado a mídia para pregar, lançando mão de ferramentas de marketing e redes sociais para converter fiéis, oferecendo Deus como um produto que pode ser adquirido. “Deus criou o homem a sua imagem e semelhança” ou é o homem que cria Deus na medida de sua necessidade? Como esse Deus que vira mercadoria muda a nossa fé e a nossa relação com o sagrado?
FONTE:  Café Filosófico CPFL

.
.
2019 fica na memória política
 do Reino Unido



FONTE:  euronews

.
.
ƐƝSIƝO ƤARƬIƇULAR
Alguns colégios no regabofe dos pais




.
.
𝖮𝖬𝖲
 𝖦𝗈.𝖣𝖺𝗍𝖺, 𝗇𝗈𝗏𝖺 𝖿𝖾𝗋𝗋𝖺𝗆𝖾𝗇𝗍𝖺 𝗉𝖺𝗋𝖺
  𝗈 𝖼𝗈𝗇𝗍𝗋𝗈𝗅𝖾 𝖽𝖾 𝖾𝗉𝗂𝖽𝖾𝗆𝗂𝖺𝗌



FONTE: ONU Brasil

.
.

FAROFA DE ANO NOVO



De:     Receitas de Pai 

.
.
MUI ƇRISƬÃMƐƝƬƐ/3

Fundador dos Legionários de Cristo 
"ENRABOU" 60 rapazes 
(incluindo os seus próprios filhos)

O abuso sexual de menores foi uma prática comum entre os religiosos da cúpula da congregação católica dos Legionários de Cristo Pelo menos 60 menores foram abusados pelo fundador Marcial Maciel, segundo um relatório do grupo.

Entre 1941 e 2019, foram vítimas de abuso 175 menores, às mãos de 33 padres. Pelo menos 60, cerca de um terço, foram vítimas do próprio padre Maciel. A maioria eram rapazes entre os 11 e os 16 anos. Embora o relatório note que os 33 padres são apenas 2,4% dos 1353 padres ordenados pelos Legionários, salienta que 43% dos que cometeram abusos estavam em posições de autoridade, dificultando a denúncia ou a punição.
.
ESTÁS ABENÇOADO VIOLADOR
O relatório, elaborado pela própria congregação, é importante porque, segundo o jornal Público, durante décadas, até 2006, incluindo todo o pontificado do Papa João Paulo II, o Vaticano negou acusações de seminaristas que diziam ter sofrido abusos sexuais do padre Maciel, alguns desde crianças.

Dos 33 padres, seis já morreram, oito já não são padres e outro abandonou a congregação. Dos 18 que permanecem, todos estão afastados da prática pastoral com menores, quatro têm restrições na sua atividade e estão submetidos a um plano de segurança. 14 já não exercem práticas religiosas em público. Setenta e e quatro seminaristas também abusaram de menores e 81% não foram ordenados.

​Maciel, que morreu em 2008, abusou até de filhos que teve secretamente com pelo menos duas mulheres. Estes filhos só foram descobertos depois da morte de Maciel. O padre visitava-os regularmente e enviava-lhes dinheiro. O padre também usava drogas.

O Vaticano reconheceu pela primeira vez os crimes de Maciel em 2006, quando o Papa Bento XVI ordenou que se retirasse para uma vida de “oração e penitência”. Porém, Bento XVI resistiu aos pedidos daqueles que consideravam que a ordem devia ser dissolvida por estar completamente corrompida.

O cardeal Angelo Sodano, de 92 anos, que foi secretário de Estado do Vaticano e figura chave do pontificado de João Paulo II, foi um dos maiores protetores dos Legionários no Vaticano.

O Papa Francisco aceitou a sua saída do cargo de decano do Colégio Cardinalício no sábado e simultaneamente mudou a lei da igreja para limitar a posição a um mandato de cinco anos, em vez de vitalício.


FONTE: ZAP-23/12/19

.
.


. 2199
Senso d'hoje
CARLOS MOEDAS
EX-COMISSÁRIO EUROPEU
LEONOR DARGENT
ESTUDANTE DE DIREITO
DUELOS PELA EUROPA 



* Se há pessoa habilitada para falar da Europa é Carlos Moedas, mesmo antes de ter vestido o fato de Comissário Europeu. Neste frente a frente geracional com Leonor Dargent, uma jovem conterrânea de Beja, Moedas sublinha que a Europa foi quem lhe deu tudo. Foi graças ao programa Erasmus que pôde ir estudar para outro país, o que de outra forma não teria conseguido. Já a estudante de Direito, de 21 anos, acredita que a União Europeia ainda tem muito caminho a percorrer, mas sublinha a “liberdade e multiculturalidade que a Europa proporciona”. Acredita que os jovens portugueses se sentem europeus, mas há um distanciamento em relação às instituições e às políticas europeias. Carlos Moedas defende, por seu lado, que os portugueses vivem a diversidade europeia de uma forma que não encontrou noutros povos. Em terras alentejanas, e com temperaturas que bem conhecem, ambos destacam que faltam “bandeiras (causas)” comuns que possam unir os Estados-membros e tornar a União mais sólida.


FONTE:  Rádio Comercial

.
.

ANIMAL TV

PARA QUE SERVE
O BICO DOS FLAMINGOS


  ANIMAL TV

.
.

BOM DOMINGO


.
.


90-CINEMA
FORA "D'ORAS"
𝒳𝐼𝐼-Ơ Տҽɠɾҽɗօ ɗҽ Ɓɾօƙҽɓąƈƙ Ɱօʋղƭąíղ



Sιησρѕє:

𝔍𝔞𝔠𝔨 𝔢 𝔈𝔫𝔫𝔦𝔰 𝔠𝔬𝔫𝔥𝔢𝔠𝔢𝔯𝔞𝔪-𝔰𝔢 𝔫𝔬 𝔚𝔶𝔬𝔪𝔦𝔫𝔤, 𝔫𝔬 𝔳𝔢𝔯𝔞̃𝔬 𝔡𝔢 1963, 𝔮𝔲𝔞𝔫𝔡𝔬 𝔣𝔬𝔯𝔞𝔪 𝔱𝔯𝔞𝔟𝔞𝔩𝔥𝔞𝔯 𝔭𝔞𝔯𝔞 𝔲𝔪 𝔯𝔞𝔫𝔠𝔥𝔬 𝔮𝔲𝔢 𝔠𝔯𝔦𝔞𝔳𝔞 𝔬𝔳𝔢𝔩𝔥𝔞𝔰

𝔑𝔞𝔮𝔲𝔢𝔩𝔢 𝔞𝔪𝔟𝔦𝔢𝔫𝔱𝔢 𝔰𝔬𝔩𝔦𝔱𝔞𝔯𝔦𝔬 𝔡𝔞𝔰 𝔪𝔬𝔫𝔱𝔞𝔫𝔥𝔞𝔰, 𝔢𝔩𝔢𝔰 𝔞𝔠𝔞𝔟𝔞𝔪 𝔭𝔬𝔯 𝔱𝔢𝔯 𝔲𝔪 𝔯𝔞́𝔭𝔦𝔡𝔬 𝔠𝔬𝔫𝔱𝔞𝔠𝔱𝔬 𝔰𝔢𝔵𝔲𝔞𝔩.

𝔔𝔲𝔞𝔫𝔡𝔬 𝔬 𝔱𝔯𝔞𝔟𝔞𝔩𝔥𝔬 𝔫𝔬 𝔯𝔞𝔫𝔠𝔥𝔬 𝔞𝔠𝔞𝔟𝔞, 𝔠𝔞𝔡𝔞 𝔲𝔪 𝔰𝔢𝔤𝔲𝔢 𝔬 𝔰𝔢𝔲 𝔠𝔞𝔪𝔦𝔫𝔥𝔬.

𝔈𝔩𝔢𝔰 𝔠𝔞𝔰𝔞𝔪 𝔢 𝔳𝔦𝔳𝔢𝔪 𝔠𝔬𝔪 𝔞𝔰 𝔰𝔲𝔞𝔰 𝔯𝔢𝔰𝔭𝔢𝔠𝔱𝔦𝔳𝔞𝔰 𝔢𝔰𝔭𝔬𝔰𝔞𝔰. 
𝔇𝔲𝔯𝔞𝔫𝔱𝔢 𝔪𝔲𝔦𝔱𝔬𝔰 𝔞𝔫𝔬𝔰 𝔫𝔞̃𝔬 𝔰𝔢 𝔳𝔢̂𝔪 𝔞𝔱𝔢́ 𝔮𝔲𝔢 𝔲𝔪 𝔡𝔦𝔞 𝔠𝔬𝔪𝔢𝔠̧𝔞𝔪 𝔞 𝔪𝔞𝔯𝔠𝔞𝔯 𝔢𝔫𝔠𝔬𝔫𝔱𝔯𝔬𝔰 𝔢𝔰𝔭𝔬𝔯𝔞́𝔡𝔦𝔠𝔬𝔰, 𝔢 𝔪𝔞𝔫𝔱𝔢̂𝔪 𝔲𝔪 𝔠𝔞𝔰𝔬 𝔞𝔪𝔬𝔯𝔬𝔰𝔬 𝔡𝔲𝔯𝔞𝔫𝔱𝔢 20 𝔞𝔫𝔬𝔰.


ҼƖҽղƈօ: 

ℌ𝔢𝔞𝔱𝔥 𝔏𝔢𝔡𝔤𝔢𝔯 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔈𝔫𝔫𝔦𝔰 𝔇𝔢𝔩 𝔐𝔞𝔯
𝔍𝔞𝔨𝔢 𝔊𝔶𝔩𝔩𝔢𝔫𝔥𝔞𝔞𝔩 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔍𝔞𝔠𝔨 𝔗𝔴𝔦𝔰𝔱
ᾋ𝔫𝔫𝔢 ℌ𝔞𝔱𝔥𝔞𝔴𝔞𝔶 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔏𝔲𝔯𝔯𝔢𝔫 𝔑𝔢𝔴𝔰𝔬𝔪𝔢 𝔗𝔴𝔦𝔰𝔱
𝔐𝔦𝔠𝔥𝔢𝔩𝔩𝔢 𝔚𝔦𝔩𝔩𝔦𝔞𝔪𝔰 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔄𝔩𝔪𝔞 𝔅𝔢𝔢𝔯𝔰 𝔇𝔢𝔩 𝔐𝔞𝔯
𝔄𝔫𝔫𝔞 𝔉𝔞𝔯𝔦𝔰 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔏𝔞𝔰𝔥𝔞𝔴𝔫 𝔐𝔞𝔩𝔬𝔫𝔢
𝔏𝔦𝔫𝔡𝔞 ℭ𝔞𝔯𝔡𝔢𝔩𝔩𝔦𝔫𝔦 𝔠𝔬𝔪𝔬 ℭ𝔞𝔰𝔰𝔦𝔢 ℭ𝔞𝔯𝔱𝔴𝔯𝔦𝔤𝔥𝔱

ℜ𝔞𝔫𝔡𝔶 𝔔𝔲𝔞𝔦𝔡 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔍𝔬𝔢 𝔄𝔤𝔲𝔦𝔯𝔯𝔢

𝔎𝔞𝔱𝔢 𝔐𝔞𝔯𝔞 𝔠𝔬𝔪𝔬 𝔄𝔩𝔪𝔞 𝔍𝔯. (𝔞𝔬𝔰 19)


FONTE: BomBa Filmes