12/01/2018

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
XI~MEGA FÁBRICAS

1- TATA NANO


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"A BOLA" 
Mónica Silva à beira do pódio
.na meia maratona de Doha
.
A portuguesa Mónica Silva terminou hoje na quarta posição a meia maratona de Doha, ao registar 1.16,10 horas.

A maratonista natural de Águeda falhou o pódio por escassos três minutos. a norte-americana venceu com 1.10,40 horas, seguida da britânica Gemma Steele (1.12,37) e da também norte-americana Emma Bates (1.12,52).

O queniano Alex Kibet, em 1.01,53 horas, venceu a prova masculina, com menos 13 segundos do que o seu compatriota Benard Korir, segundo classificado.

* Custa-nos ler que num jornal desportivo de referência se escreva que Mónica Silva esteve em Doha à beira do pódio quando demorou mais de 3 minutos que a 3ª classificada, é não perceber nada de atletismo. Mónica Silva é uma valente, merece o nosso respeito.

.
.

X-MISTÉRIOS
EXTRATERRESTRES
Contactos Imediatos
3.1- Floresta Rendlesham


.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Governo quer tornar obrigatória carta
 para motos de 125 cc

O Governo quer tornar obrigatória a carta de condução para quem conduzir motociclos de 125 cc, e vai repensar os mecanismos de inspeção e os limites de velocidade.

Segundo uma entrevista do ministro da Administração Interna à Antena 1, que será transmitida na íntegra no sábado, o executivo vai repensar a dispensa de formação para quem conduza motos de 125cc (centímetros cúbicos).
 .
"Temos de repensar aquilo que foi uma decisão que nos suscitou as maiores dúvidas, que foi a dispensa de qualquer formação para quem, tendo uma carta de ligeiros, possa comprar uma mota até 125cc e imediatamente sair para a estrada", afirmou o Eduardo Cabrita.

Na entrevista, o ministro diz que não será exigível uma total revisão do código, mas sublinha que "as condições de condução de motociclo são claramente diferentes" das de um veículo automóvel ligeiro.

Eduardo Cabrita considera ainda "absolutamente inaceitável" o elevado número de atropelamentos, sobretudo nas zonas urbanas, e admite generalizar nestas áreas os limites de velocidade de 30 quilómetros por hora, que já existem em alguns bairros.

Estas são algumas das medidas que o Governo pretende introduzir para travar as mortes nas estradas, que aumentaram para 509 no ano passado, mais 64 do que em 2016 (12,5%).

"A segunda zona de risco, em que houve um crescimento preocupante, tem que ver com os motociclos e temos de repensar duas coisas: a dispensa de inspeção que hoje os motociclos têm, os nossos veículos automóveis têm inspeção e as motas não têm e terão de ter mecanismos de inspeção", afirmou ainda.

Por lei, a inspeção periódica dos motociclos, triciclos e quadriciclos com cilindrada superior a 250cc está prevista no Decreto-Lei n.º133/2012, de 11 de julho.

Esta lei veio obrigar os centros de inspeção a adaptarem-se para fazerem inspeção a motas, mas continua por sair a regulamentação.

A Comissão Interministerial para a Segurança Rodoviária reúne-se hoje pela primeira vez, depois de ter sido criada em 2017 no âmbito do Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária (PENSE 2020), documento que inclui 108 medidas com o objetivo de reduzir em mais de metade o número de mortos nas estradas portuguesas até 2020.

* Concordamos em pleno. Há condutores de automóvel automaticamente habilitados para usar motos 125cc que nem de bicicleta sabem andar, não são poucos.

.
.
V-ARMAS E TÁCTICAS
3 - Granadas, Bombas
e RPGs



FONTE: Universo do Documentário

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores. 
.
.
HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"
Cerca de 430 mil pessoas expostas a
.ruído acima do limiar crítico à noite

O número de pessoas expostas a níveis de ruído prejudiciais à saúde aumentou para cerca de 430 mil à noite, estima a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), estimando uma diminuição quando os mapas e planos previstos forem concretizados. 
.
O Relatório do Estado do Ambiente 2017 (REA), disponível no ‘site’ de internet da APA, indica que "cerca de 430 mil pessoas estejam expostas a níveis de ruído superiores ao limiar crítico no período noturno, sendo expectável que este número diminua quando todos os MER [Mapas Estratégicos de Ruído] e PA [Planos de Ação] estiverem executados".

Segundo dados da APA, em dezembro de 2013 eram cerca de 340 mil as pessoas expostas a ruído acima dos limiares fixados.

As regras europeias obrigam as aglomerações com maiores dimensões, assim como as infraestruturas rodoviárias, ferroviárias e aéreas, a apresentar mapas estratégicos de ruído, com o diagnóstico da situação, e planos de ação para os casos em que os níveis registados ultrapassam os limites. 

Mas, também estão estipuladas normas na regulamentação nacional, com valores limite de ruído.
O REA aponta que, até julho de 2017, foram reportados 73% dos MER e 12% dos PA das grandes infraestruturas de transporte e 83% dos MER e 50% dos PA das localidades.

"Falta reportar os MER referentes a 165 troços de GIT [grandes infraestruturas de transporte] rodoviários e ferroviários e a uma aglomeração", refere o documento.

Já nos planos de ação, acrescenta, "falta reportar a grande maioria em relação às GIT e metade em relação às aglomerações".

A APA recorda que, em 2013, deveriam ter sido apresentados todos os documentos das grandes infraestruturas de transporte e aglomerações, mas apenas foram reportados 51% dos MER e 1% dos planos de ação nos transportes e 17% dos MER nas cidades.

O objetivo é diminuir gradualmente o número de pessoas expostas a níveis de ruído acima dos limites fixados, tanto nos transportes como nas localidades.

Pretende-se obter o diagnóstico completo da situação nacional e ter 100% dos Mapas Estratégicos de Ruído entregues e reportados à Comissão Europeia, assim como conseguir as respostas ao diagnóstico, com a totalidade planos de ação a chegar àquela entidade europeia.

O ruído elevado tem vários efeitos na saúde, como hipertensão e doenças cardiovasculares.

* Pouco se escreve do excesso de volume de som nos recintos de diversão nocturna, um dos objectivos é isolar as pessoas, não permitir que conversem e troquem opiniões, consomem mais.

.

RICARDO ARAÚJO PEREIRA

.





Narcos 2018

– Se eu tivesse marijuana no tupperware deixavam-me ir? – Claro. Estamos inclusivamente a estudar 
uma proposta de legalização. Isto dos croquetes é que é muito nocivo

Foi um dos casos mais graves da minha carreira e afectou a nossa unidade para sempre. Estávamos em Janeiro de 2018, escassos dias após a publicação em Diário da República do despacho nº 11391/2017, que limitava a venda de produtos prejudiciais à saúde em bares e cafetarias de instituições do Ministério da Saúde. Salgados, pastelaria, charcutaria e refrigerantes tinham sido banidos desses espaços, para estimular hábitos de alimentação saudáveis. Eu, Javier Peña, e o meu colega Steve Murphy, fomos enviados pela DEA americana para ajudar Portugal na luta contra os fritos e as gorduras saturadas. A nossa primeira missão, que seria também a última, foi vigiar a cantina do Hospital de Santa Maria. À primeira vista, estava tudo bem: a cantina vendia apenas frutas, legumes e vários produtos desenxabidos. Mas os frequentadores do hospital pareciam manter uma certa felicidade bastante suspeita, e o Ministério mandou investigar. No princípio, não demos por ele. João Diogo Dias vinha visitar uma tia, operada a uma hérnia. De repente, na ala em que a tia estava internada, os outros doentes começaram a ficar mais alegres. Riam alto, conversavam, não tinham qualquer intenção de impingir uns aos outros receitas de batidos verdes. Era óbvio que não estavam a seguir uma alimentação saudável. O Murphy ofereceu-se para se infiltrar à paisana e descobriu tudo. Dias depois, João Dias estava sentado à minha frente na sala de interrogatórios, depois de ter sido apanhado na posse de um tupperware com 10 croquetes, cinco rissóis e três empadas.

– Sr. Dias – disse eu –, sabe qual é a pena para quem trafica salgadinhos?

João Dias não respondeu.

– Isto mata, sr. Dias. Os seus são especialmente perigosos, porque são caseiros.

– Não é tráfico, eu trouxe-os para a minha tia. Os outros doentes pediram-me e eu ofereci.

– Sabemos como isto funciona, sr. Dias. Os primeiros são oferecidos, até os clientes ficarem agarrados ao rissol. O meu colega, que se infiltrou à paisana, e a quem ofereceu dois croquetes, está neste momento a fazer análises. O colesterol dele subiu dois pontos. Dois pontos, sr. Dias. E está perdido. Não creio que possa voltar a trabalhar. Quando o levaram para a clínica, gritava “Deixem-me só provar as chamuças!”, e também “Aquilo deve ir bem é com uma imperial fresquinha!” Ele nem sequer é português, sr. Dias.

– Eu só queria animar a minha tia. Ela gosta de croquetes.

– O problema é que isto não é um produto inofensivo que possa ser usado para fins médicos, como a marijuana.

– Se eu tivesse marijuana no tupperware deixavam-me ir?

– Claro. Estamos inclusivamente a estudar uma proposta de legalização. Isto dos croquetes é que é muito nocivo. Mas nós não estamos interessados em si, sr. Dias. Sabemos que é apenas o correio. Se nos disser quem produz estes croquetes, não o acusaremos. O nosso laboratório diz que os seus croquetes são dos mais puros que eles já viram: carne a sério, refogado puxadinho, pedaços de chouriço. Quem os fez sabia o que estava a fazer.

– Mas desde quando é que os croquetes são proibidos?

– Desde Dezembro. Tem de estar mais atento aos despachos do Ministério da Saúde. Vamos, sr. Dias. Só precisamos de um nome.

Fez-se um silêncio. Finalmente, o homem quebrou:

– Clotilde Dias.

– Quem é?

– A minha avozinha.

– Devíamos ter adivinhado. São sempre elas. Essa geração está perdida.

IN "VISÃO"
11/01/18

.
.


1470.UNIÃO



EUROPEIA



.
HOJE NO
"DINHEIRO VIVO"
Banco de Portugal gasta mais
.1,2 milhões em assessoria jurídica

Novo ajuste direto foi feito com a Cuatrecasas. 
Banco central já pagou mais de 13,1 milhões a escritórios de advogados só desde 2014.

O Banco de Portugal vai gastar mais 1,25 milhões de euros na contratação de assessoria jurídica, de acordo com o contrato publicado esta quarta-feira no portal Base. A contratação foi feita por ajuste direto à Cuatrecasas, Gonçalves Pereira & Associados, Sociedade de Advogados, “reporta os seus efeitos a 30 de novembro e mantém-se em vigor pelo prazo de dois anos, sem prejuízo das obrigações acessórias que devam perdurar para além da cessão do contrato”.
.
NOTÍCIA DE ANTANHO
O contrato publicado no portal é omisso (os anexos não foram publicados) quanto ao tipo de assessoria e o Banco de Portugal também não quis esclarecer a dúvida. “O Banco de Portugal não faz quaisquer comentários”, respondeu depois de questionado pelo Dinheiro Vivo.

O certo é que este é o quinto contrato que o Banco de Portugal celebrou com a Cuatrecasas, por sinal o mais elevado, desde 2015. E todos por ajuste direto. Desde então, esta sociedade de advogados já recebeu mais de 2,6 milhões de euros do banco central, de acordo com a pesquisa efetuada pelo DV.

Em setembro de 2016, em resposta a uma pergunta colocada pelo Jornal de Negócios na sequência da publicação de um dos contratos, o organismo liderado por Carlos Costa revelou: “A Cuatrecasas prestou aconselhamento jurídico na aplicação da medida de resolução ao Banif e continua a prestar assessoria, tendo para o efeito sido contratada, no contencioso com ela relacionada, bem como no contencioso relativo à Oak Finance, relacionado ainda com a aplicação da medida de resolução ao BES”.

O DV questionou ainda o BdP sobre o valor total que já gastou na contratação de assessoria jurídica externa nos últimos anos, mas também ficou sem resposta.

De acordo com a pesquisa do DV, com o contrato agora publicado, os gastos em assessoria jurídica do Banco de Portugal subiram para 2,75 milhões só em 2017. Se somarmos as despesas contratualizadas desde 2014, o montante totaliza os 13,15 milhões de euros. Os contratos foram todos celebrados por ajuste direto.

Tal como o DV já noticiou, o Banco de Portugal é o organismo do Estado que mais gasta em assessoria jurídica, e cujos montantes globais não têm parado de aumentar.

* Mas o BdP tem serviços jurídicos, para que servem?
A "Cuatrecasas" pertence ao ex-ministro que afirmou ser o salário de governante insuficiente para lhe pagar os charutos?

.
.

I-A BÍBLIA PROÍBIDA

3-O lado oculto 

da virgem Maria



FONTE: 
1-HISTORY
2-Universo do Documentário

.
.

Nunca uses isto
sem lavar



FONTE:  Nuno Agonia


.
.
HOJE NO 
"DESTAK"

Miguel Relvas critica em Luanda "não processo" contra ex-vice-PR angolano

O ex-ministro do PSD Miguel Relvas defendeu hoje, em Luanda, que o caso que corre em Portugal contra o ex-vice-Presidente angolano Manuel Vicente é um "não processo", defendendo a transferência do mesmo para a Justiça angolana. 
.
"Não tenho razão nenhuma para não confiar na Justiça angolana. Confio na Justiça angolana como confio na Justiça portuguesa", disse o também ex-secretário-geral do PSD, numa entrevista divulgada hoje pelo principal telejornal da Televisão Pública de Angola (TPA).

O político, antigo ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares e atualmente com presença assídua em Luanda, descreve este caso, que ameaça as relações entre os dois países, como "institucionalmente inexplicável" e que "não é compreensível".

* Para este ilustre ex-licenciado, parece que seria melhor estar a Justiça portuguesa subordinada ao poder político!

.
.

The Gift

Big Fish


.
.
HOJE NO
"i"
Jovens estão a comer cápsulas de
.detergente para a roupa 

Este é o novo (e perigoso) jogo da internet. 

Chama-se Tide Pod Challenge e é o novo desafio da internet. Este jogo consiste na partilha de vídeos onde s jovens comem cápsulas de detergente para a roupa. 


Este desafio está a tornar-se viral nos EUA e a preocupar as autoridades. 

O jornal USA Today explica que a ingestão de detergente, c aso chegue aos pulmões, pode provocar problemas respiratórios. A ingestão pode também provocar ainda vómitos e diarreias. Em último caso, a ingestão de detergente pode mesmo provocar a morte.

 * E os pais destes jovens têm o cérebro aonde?

.
.


19- A HISTÓRIA
   
DO AUTOMÓVEL 


MAIS HISTÓRIAS NA HISTÓRIA
 



ATENÇÃO SRS./AS VISITADORES/AS
Esta série foi difundida pela TVE, Rede Minas, em 1986, é portanto muito datada. No entanto até à data indicada, o seu conteúdo tem rigor histórico.


* Nesta nova época de "bloguices" que vai de Setembro/17 a Julho/18, iremos reeditar algumas séries que de forma especial sensibilizaram os nossos visitadores alguns anos atrás, esta é uma delas.

.
.
.

O futuro da ficção científica 
já está presente na CES



FONTE: EFE Brasil

.
.
 Portugal-Angola

Van Dunem reage a João Lourenço




FONTE: EURONEWS

.
.


SHINY
Lavando a Roupa Suja


.

  O Grande Companheiro

São só 2 ou 3 continhas e será revelada uma Grande Surpresa, algo que ainda não tinha consciencializado!
Mas não faz mal... Mais vale tarde do que nunca...

1) Escolha o seu número preferido de 1 a 9;
2) Multiplique-o por 3;
3) Some 3 ao resultado;
4) Multiplice o resultado por 3;
5) Some os dígitos do resultado.

Vá andando para baixo...
Veja o número que corresponde ao seu exemplo de companheirismo da sua vida :

1. Albert Einstein
2. Nelson Mandela
3. Ayrton Senna
4. Helen Keller
5. Bill Gates
6. Gandhi
7. George Clooney
8. Thomas Edison
9. http://apeidaumregalodonarizagentetrata.blogspot.pt/
10. Abraham Lincoln

P.S.: Pare de escolher outros números, esse é o bom companheiro de todos os dias.
 .

























A amizade é como uma boa peida, não há fio dental que separe.

O nome é brutal, mas depois a companhia é fantástica!



Eh Eh Eh !

.
.

ORA AQUI ESTÁ A EXPLICAÇÃO

PORQUE OS RICOS ESTÃO

 CADA VEZ MAIS RICOS













.
.

1487
Senso d'hoje
VÍTOR BENTO
PROFESSOR DE ECONOMIA
PRESIDENTE NÃO EXECUTIVO DA SIBS
"Capital em Portugal é escassez"









* Entrevista conduzida por ROSÁRIO LIRA e RUI PERES JORGE no programa "CONVERSA CAPITAL"

 FONTE: "JORNAL DE NEGÓCIOS" e "ANTENA 1"



.

NOTÍCIAS PARA HOJE

.
COMPRE JORNAIS








.
.


Quando os pensionistas deste blogue resolveram brincar aos internautas estavam longe de conseguir dois milhões de visitas, queríam apenas divertir-se e pouco a pouco, fosse qual fosse a receptividade, mudaram um pouco o sentido desta brincadeira, passaram a ser mais intervenientes e acutilantes, sem serem caluniosos ou boatifundiários.

O mundo não está melhor, preocupam-nos as desmedidas e sórdidas ambições e ganâncias, a guerra, a desigualdade social, a escravatura em pleno século XXI, as crianças sem futuro, as mulheres assassinadas, as religiões opiáceas e muitas vezes a ciência que tanto admiramos ao serviço das piores intenções.

Vamos continuar a produzir informação e brejeirice para quem nos visita, estando especialmente gratos a quem decidiu ser nosso perseguidor/a.

PAZ E AMOR, PRATIQUEM!
ABJEIAÇOS

OS PENSIONISTAS


.
.
 EDUCAÇÃO

.
.

BOM DIA


.
.


59-CINEMA
FORA "D'ORAS"

IX-TOC

(Transtornada, obsessiva, compulsiva)


SINOPSE E DETALHES: Kika K (Tatá Werneck) é uma atriz que está em novelas, campanhas publicitárias e é idolatrada por milhões de fãs. Mas por trás das aparências, está em crise com sua vida pessoal e profissional, enquanto precisa lidar com as limitações de seu Transtorno Obsessivo Compulsivo. Kika se depara com Felipão, um fã obsessivo (Luis Lobianco), um namorado galã sem noção (Bruno Gagliasso) e os compromissos profissionais marcados pela exigente empresária (Vera Holtz).


. .