segunda-feira, 22 de maio de 2017

.
HOJE  NO 
"DESTAK"


Movimento antinuclear espera reunir
 10 mil pessoas contra Almaraz 
em Madrid, em junho

O Movimento Ibérico Antinuclear (MIA) prevê reunir no dia 10 de junho, em Madrid, Espanha, 10 mil pessoas na maior manifestação na Península Ibérica contra o nuclear, revelou hoje o coordenador para Portugal, António Elói. 
.

"Calculamos ter cerca de 10 mil pessoas, sendo que algumas centenas irão de Portugal, naquela que será, na caminhada entre Atocha e a Puerta del Sol, a maior manifestação jamais realizada na Península Ibérica contra o nuclear", disse o responsável do MIA no decurso de uma preleção no Porto.

Tendo como foco a polémica em torno das centrais nucleares de Almaraz e da construção de um armazém na sua periferia e comentando o recente relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), considerou que este "diz que nada foi estudado"

* Quem beneficia com o nuclear? Quem tem as mãos untadas!

.

Sem comentários: