quarta-feira, 3 de maio de 2017

.
HOJE  NO 
"DESTAK"

Descoberto um dos últimos dinossauros que viveu em África

Um dos últimos dinossauros que viveu em África antes da extinção da espécie, há 66 milhões de anos, foi descoberto numa mina de fosfato no norte de Marrocos, foi hoje anunciado.
 .
O estudo do fóssil, dirigido pela Universidade de Bath, Reino Unido, sugere que após a separação do supercontinente Gondwana (que há milhões de anos incluía a maior parte dos continentes atuais do hemisfério sul) uma fauna distinta de dinossauros evoluiu em áfrica.

A nova espécie, o 'Chenanisaurus Barbaricus', foi um dos últimos tipos de dinossauros na terra até à extinção da espécie e era contemporâneo do norte-americano 'Tyranossaurus Rex', refere o estudo, publicado na revista especializada Cretaceous Research. 

* A ciência a trazer-nos verdades em contraste com santinhos e benzeduras que nos querem impingir.

.

Sem comentários: