sexta-feira, 21 de julho de 2017

.
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS/ 

/DA MADEIRA"
Marinha em missão científica na
 Região Autónoma da Madeira

A lancha hidrográfica da Marinha ‘Auriga’, em missão científica na Região Autónoma da Madeira até final de Agosto, tem realizado um conjunto de actividades no âmbito da investigação cientifica e tecnológica na região, tendo terminado esta sexta-feira a realização de um estudo geomorfológico e de caracterização do substrato marinho ao longo do traçado previsto para assentamento de um cabo eléctrico entre as ilhas da Madeira e de Porto Santo.
.
video

O estudo foi praticado junto a terra (Madeira e Porto Santo), a profundidades de 150 metros, lugares onde se iniciará e terminará o cabo submarino que irá ligar as duas ilhas. Para tal, o estudo contemplou uma abordagem multidisciplinar onde se incluíram várias etapas de aquisição e processamento de dados acústicos e geofísicos. Com recurso a um sistema de reflexão sísmica e a um sistema de sonar de varredura lateral foi efetuado um mapeamento de elevada resolução e a detecção de objectos assentes no fundo, na zona da plataforma continental adjacente às ilhas onde o cabo submarino irá assentar.

O navio da Marinha irá em breve efectuar a manutenção da bóia de aquisição de dados oceânicos situada junto às ilhas Selvagens (boia ODAS - Ocean Data Acquisition System) e irá igualmente colocar no fundo do mar correntómetros acústicos, a norte e a sul da Ponta de São Lourenço, equipamentos esses que medem a velocidade e direcção das correntes submersas.

* Isto é serviço público!

.

Sem comentários: