sábado, 24 de junho de 2017

.
ESTA SEMANA NA
"PAIS E FILHOS"
Obesidade antes dos 20 anos
 triplicou desde 1980

A taxa de obesidade em menores de 20 anos quase triplicou em Portugal entre 1980 e 2015, passando de três por cento para oito por cento. Estas são as conclusões nacionais de um estudo internacional que, na plataforma portuguesa, contou com a participação da Universidade Católica do Porto.

O trabalho, realizado num total de 195 países, centrou-se na evolução dos níveis de excesso de peso e obesidade num período de um quarto de século e, de acordo com o investigador João Fernandes, os resultados são preocupantes no que respeita à infância e adolescência. Já na população adulta, as estatísticas indicam que a obesidade afeta mais adultos do sexo feminino do que do sexo masculino (22 e 17 por cento, respetivamente).

Ainda de acordo com o mesmo trabalho de longa duração, em Portugal as mulheres entre os 20 e os 24 anos registam a taxa mais baixa de obesidade (1,9 por cento), enquanto a mais elevada verifica-se entre os 65 e 69 anos (20 por cento nos homens e 37 por cento nas mulheres). Outra das conclusões revela que, a nível mundial, em 2015 cerca de 107,7 milhões de crianças e 603,7 milhões de adultos sofriam de obesidade, registando-se um número mais elevado de obesidade nas mulheres, em todas as faixas etárias.

Segundo o especialista, estes resultados mostram que devem ser tomadas medidas para fazer face à obesidade e ao excesso de peso, cuja prevalência é elevada em Portugal, assumindo-se como um fator de risco para os problemas cardiovasculares, diabetes ou múltiplos tipos de cancro.

* Isto é uma calamidade, por causa deste aumento já morreram e vão morrer muitas mais pessoas que no  incêndio de Pedrogão Grande!!!
ALGUÉM SE AFLIGE???

.

Sem comentários: