sábado, 24 de junho de 2017

.
HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Pai morre a tentar matar filha de 4 anos

Desgostoso com a separação, avisou a ex-mulher que ia matar-se e levar a menina. Criança corre risco de vida.

Decidido a morrer, David Cerqueira foi a casa da ex-mulher, de quem estava recentemente separado, e após mais uma discussão levou a filha de ambos à força. A menina de 4 anos seguia no carro quando o pai acelerou em direção ao separador central em betão, no túnel junto ao Hotel Meliá, na rodovia de Braga, ontem às 07h10. O homem, de 33 anos, morreu no local. 

Ontem à noite, a menina estava em estado muito grave. Corria risco de vida e tinha sido transferida para o hospital pediátrico de Coimbra, depois de ter sido operada de urgência em Braga. A PSP de Braga investiga a brutal colisão e todos os indícios já recolhidos apontam para que o pai tenha deliberadamente atirado o carro contra o separador central: conduzia a alta velocidade, numa zona de 50 km/h, e não há qualquer marca de travagem na estrada. 
 .

O carro ficou totalmente destruído e o motor voou vários metros com o violento embate. Testemunhas relataram a condução perigosa que David fez nos metros que antecederam o embate. "Passou a alta velocidade, às curvas, parecia que ia maluco. Vi logo que ia acabar mal", contou uma condutora que se cruzou com David Cerqueira na estrada. "‘Vou-me matar e levo a menina comigo’. Foi o que ele disse à mãe, antes de sair a correr com a criança", relatou ao CM uma familiar próxima da mãe da menor. "Ele foi a casa dela e até lhe bateu, depois fugiu com a menina e disse-lhe que se ia matar e levá-la com ele", explicou a familiar em choque. O embate aconteceu a pouco mais de cinco quilómetros da casa onde a menina vivia com a mãe, em Pedralva, Braga. A mulher não teve tempo de avisar as autoridades de que o ex-marido tinha fugido com a filha. Pouco depois da colisão, foi confrontada com a morte de David e o estado muito grave da criança. Em choque, teve de ser assistida no hospital. 

Levada para Coimbra 
A menina sofreu várias lesões, entre as quais um traumatismo cranioencefálico grave, e foi operada em Braga. Só depois de estabilizada pôde ser transferida de helicóptero para o hospital pediátrico de Coimbra, onde estava ontem à noite. 

Desabafo nas redes sociais 
"Deus coloca as pessoas certas nos momentos certos na nossa vida", foi a última frase que David Cerqueira partilhou na sua conta pessoal de Facebook, na quarta-feira à noite. No passado fim de semana partilhou uma colagem com várias fotos da filha, de apenas quatro anos.

* Desejamos muito que a menina sobreviva mas o FdP do pai merece estar morto.

.

Sem comentários: