sábado, 6 de maio de 2017

.
  HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Nelly Furtado trabalha numa loja de discos

Cantora luso-canadiana revelou “vários contratempos” da sua vida nos último anos.

Nelly Furtado voltou à cena mediática no passado mês de abril com um novo trabalho discográfico. Desde o fracasso do último álbum de originais The Spirit Indestructible (2012) que foram poucas as presenças da cantora em eventos públicos e o porquê foi revelado na última edição internacional da revista GQ.
 .
Em entrevista a esta publicação, a luso-descendente assume ter passado por um mau período na sua vida pessoal e profissional e o que lhe "preservou" a carreira foi ter ido trabalhar para uma loja de discos de um amigo em Toronto, Canadá. 

Segundo conta a própria à publicação, "ter tempo fora do mundo da música e da fama" salvou-lhe a vida já que pode "limpar a casa de banho e lavar a própria roupa", tarefas que já não fazia desde que se tornou uma das maiores estrelas da música internacional. "Nos últimos tempos, perdi a vida normal e quis torná-la tão isolada quanto possível. Realmente ajudou. Parece brincadeira, mas salvou-me", afirma a compositora sobre a sua experiência como lojista na cidade canadiana. Desde 2011, Nelly Furtado também se dedicou às causas sociais e neste período conturbado da sua vida fez várias viagens a Nairobi, capital do Quénia, onde tem uma escola para crianças vítimas da guerra com a associação humanitária Free The Children. 

À mesma publicação revelou também ter-se divorciado do marido Demacio Castellon no verão do ano passado e ironizando com o facto de ninguém saber que estava novamente solteira, pediu que atualizassem o seu perfil na Wikipédia, já que isso não está "a facilitar novos encontros".

 Mas nem tudo  corre mal na vida e carreira da autora do hino do Euro 2004. Para além de ter lançado o sexto álbum de originais, "The Ride", que apesar de ser distribuído de uma forma independente, a aceitação do público, dos colegas de profissão e dos críticos tem sido elevada. 

As faixas do novo trabalho foram disponibilizadas gratuitamente no YouTube e no Spotify e contam já com milhões de visualizações. Lady Gaga e Sia também adicionaram algumas músicas deste novo projetos aos perfis de reprodução que têm nas plataformas sociais. Já os especialistas da área, na sua maioria, considera-o o "melhor álbum da carreira da cantora", destacando alguns temas como "Pipe Dreams", "Right Road", "Cold Hard Truth", "Flatline" e "Sticks and Stones". 

* O facto de ter recorrido ao trabalho que refere só a credibiliza como ser humano.

.

Sem comentários: