quinta-feira, 13 de abril de 2017

.
HOJE  NO 
"A  BOLA"

Brasil
Chapecoense emite comunicado 
sobre o cântico dos Super Dragões

A Chapecoense reagiu ao cântico entoado pela principal claque do FC Porto no clássico de andebol frente ao Benfica.
.
Através de comunicado, o clube brasileiro «manifesta-se com profundo pesar sobre tais factos», considerando «que não são próprios de pessoas de bem e do meio desportivo, cujo ambiente deve ser sempre de respeito e solidariedade ao adversário e não de propagação de ódio e cizânias, mormente nos conturbados tempos atuais da humanidade».
Leia o comunicado:

«A Associação Chapecoense de Futebol, em relação aos tristes acontecimentos ocorridos nesta semana em Portugal, quando uma parte da torcida do Futebol Clube do Porto, em disputa desportiva local, incitou o público presente, fazendo referência desairosa e ofensiva ao acidente do voo da Chapecoense, entoando canto agressivo e de desrespeito à memória dos mortos e do clube, na lamentável tragédia ocorrida na Colômbia, manifesta-se com profundo pesar sobre tais factos, que não são próprios de pessoas de bem e do meio desportivo, cujo ambiente deve ser sempre de respeito e solidariedade ao adversário e não de propagação de ódio e cizânias, mormente nos conturbados tempos atuais da humanidade.

No futebol, como em qualquer disputa no campo desportiva, deve-se sobrepor o primado da ética e da solidariedade humana, sempre em busca do congraçamento e da felicidade das pessoas e dos povos, aliás, estes os objetivos maiores da vida.

Por fim, a Chapecoense, concita seus clubes irmãos de Portugal e de todo o mundo para que disseminem o congraçamento, respeito e concórdia nas relações desportivas.»

* Portugal não merece estes bárbaros.

.

Sem comentários: