segunda-feira, 10 de abril de 2017

.
HOJE  NO 
"DESTAK"
Junta e moradores de Carnide 
reúnem-se para decidir novas ações
.contra parquímetros

A Junta de Freguesia de Carnide, em Lisboa, vai reunir-se na próxima semana com moradores para decidir novas formas de contestar o estacionamento tarifado no centro histórico, estando em cima da mesa avançar com uma providência cautelar. 
.
"Dia 18 [de abril], reuniremos com a população à noite para definir o que vai acontecer. Estamos, neste momento, a verificar tudo o que são pressupostos legais para interpormos alguma ação", disse hoje à agência Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Carnide, Fábio Sousa (CDU).

Assegurando que serão usados "todos os mecanismos legais à disposição", o autarca disse que, "muito provavelmente", irão avançar com uma providência cautelar. 

* Todos os habitantes automobilizados de Lisboa sabem do comportamento discricionário da EMEL cuja principal actividade não é regular o estacionamento mas autuar.  Nem trata todos os cidadãos por igual, existem bairros onde há espaço reservado para os moradores e outros onde o caos é absoluto apesar de as taxas serem as mesmas. Tudo o que for feito para chatear a EMEL nós apoiaremos, dentro da legalidade.

.

Sem comentários: