segunda-feira, 10 de abril de 2017

.
HOJE  NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

CESPU apresenta queixa-crime 
contra presidente da Ordem 
dos Médicos do Norte

Posição surge depois de António Araújo ter acusado o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), em Vila Real, de "dar cobertura" a um "falso" Curso de Medicina da CESPU.

A Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário (CESPU), sediada em Paredes, disse esta segunda-feira que vai apresentar uma queixa-crime contra o presidente da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos por "falsas e difamatórias" acusações sobre a instituição.
.
Esta posição surge depois de António Araújo ter acusado o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), em Vila Real, de "dar cobertura" a um "falso" Curso de Medicina da CESPU. "A CESPU lamenta que a Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos, que nunca contactou a instituição para obtenção de esclarecimentos adicionais sobre a matéria, venha publicamente, na pessoa do seu presidente António Araújo, proferir juízos falsos sobre as instituições envolvidas.

Face à gravidade das afirmações proferidas, a CESPU irá agir judicialmente contra os responsáveis", referiu em comunicado. Para esclarecer a situação e demonstrar as "evidentes falsidades", a instituição de ensino vai solicitar a intervenção dos ministérios da Saúde e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

A CESPU adiantou que através dos seus estabelecimentos de ensino "nunca" submeteu à Agência de Acreditação do Ensino Superior (A3ES) um Curso de Medicina em colaboração com uma universidade espanhola como, diz, é do conhecimento das entidades competentes. "Os licenciados em Ciências Biomédicas que continuam os seus estudos numa outra universidade, portuguesa, espanhola ou de qualquer outro país, passam a ser alunos dessa universidade. Como acontece com os licenciados de qualquer outra instituição quando ingressam num dos cursos de Medicina das universidades, portuguesas através de concurso especial para licenciados", sustentou.

A cooperativa revelou ainda que "há muito é sabido" o seu interesse em lecionar o Mestrado Integrado em Medicina, sendo atualmente a única instituição com uma candidatura em avaliação pela A3ES. Aos alunos do Curso de Ciências Biomédicas é-lhes proporcionado, à semelhança de outras licenciaturas, ensino em ambiente real de trabalho, dado ser uma "mais-valia", podendo posteriormente prosseguir a sua formação em mestrados integrados, mestrados ou doutoramentos quer em Portugal, quer noutros países.

A CESPU, constituída em 1982, é uma instituição privada, sem fins lucrativos, que tutela administrativamente o Instituto Universitário de Ciências da Saúde e o Instituto Politécnico de Saúde do Norte, que integra a Escola Superior de Saúde do Vale do Ave e a Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa.

* Cheira a esturro e muito. Aliás o ensino superior de Vila Real não anda nas bocas do mundo pelas melhores razões, estamos a lembrarmo-nos da questão relacionada com alunos brasileiros noticiada há uns meses atrás.

.

Sem comentários: