10/09/2013

.

HOJE NO
" CORREIO DA MANHÃ"

GNR abusa de quatro crianças

O cabo José Tadeia está acusado de 14 crimes de abusos sexuais contra meninas 

Um militar da GNR, de 45 anos, começa hoje a ser julgado pelo Tribunal de Idanha-a-Nova, acusado de 14 crimes sexuais de que foram vítimas quatro meninas, entre os anos de 2001 e 2012. É também arguida no processo uma mulher, sua cúmplice, que vai responder por oito crimes sexuais.

Segundo a acusação do Ministério Público, José Tadeia levava as crianças – duas irmãs, de 7 anos – para sua casa, onde viam filmes pornográficos. As vítimas eram depois sujeitas a atos sexuais. Em outras ocasiões, o GNR levava as menores para a barragem Marechal Carmona, em Idanha-a-Nova, onde as forçava a sexo. 
Em 2010 o militar fez mais vítimas, duas meninas de 12 e 13 anos, que foram institucionalizadas após a detenção do suspeito pela PJ, em setembro de 2012.
Estas duas meninas participaram em orgias com o arguido, que lhes pagava entre 5 a 50 euros.

* Um suposto defensor da lei praticante profissional de um dos crimes mais sórdidos que existem.
Uma cura diária de clisteres de açorda com malaguetas era o que ele merecia, não nos importa que nos chamem nazis a propósito das nossas "receitas", nós sabemos bem quem somos.

.

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Arrependeu-se ou é para que não se saiba?