sábado, 1 de julho de 2017

.
ESTA SEMANA NA
"GERINGONÇA"
Indicador de clima económico 
volta a subir em junho

O indicador de clima económico voltou a subir em junho para 2,1 pontos, um valor que há 15 anos não se registava. É preciso recuar a junho de 2002 para encontrar um indicador de clima económico superior. No mês de junho o indicador teve contribuições positivas na Indústria Transformadora, na Construção e Obras Públicas e no Comércio. Apenas a confiança no setor dos serviços teve uma contribuição negativa para o indicador de clima económico.
 .

A confiança dos consumidores voltou também a subir em junho, tendo renovado o valor máximo da série iniciada em 1997. Para a subida deste mês contribuíram especialmente as expetativas quanto à evolução do desemprego, da situação económica do país e da situação financeira do agregado familiar. Em sentido inverso, as expetativas sobre a evolução da poupança contribuíram negativamente para o indicador de confiança de consumidores.

* Como consumidores ainda não estamos muito confiantes e desconfiamos muito mais de negligências absurdas no que respeita aos incêndios e da rebaldaria que vai nas Forças Armadas e de Segurança no que respeita aos  roubo de armamento, não somos nacionais porreiristas.

.

Sem comentários: