sexta-feira, 9 de junho de 2017

.
HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS/
/DA MADEIRA"

Formação em suporte básico de vida
 já chegou a 1.900 pessoas

A Universidade da Madeira, através da Escola Superior de Saúde e a Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, através do Serviço Regional de Protecção Civil assinaram, hoje, um protocolo de formação na área do suporte básico de vida e da Desfibrilação Automática Externa.


Rubina Leal referiu que esta é uma colaboração que !já está no terreno” e que já permitiu formar 80 alunos da Universidade da Madeira.

O objectivo é “dotar a população de competências” que permitiam utilizar equipamentos que podem salvar vidas. Neste momento, todas as ambulâncias estão equipadas com desfibriladores e há cerca de 50 equipamentos espalhados por várias empresas e serviços.

Até agora, segundo a secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, já foi possível dar formação em suporte básico de vida a cerca de 1.900 pessoas.

* Medida importante, precisam-se mais!

.

Sem comentários: