quarta-feira, 21 de junho de 2017

.
HOJE NO 
"A BOLA"

Boris Becker declarado 
falido por tribunal londrino
.
Boris Becker foi esta quarta-feira declarado falido, em Londres.

O tribunal entendeu que, apesar dos argumentos apresentados pela defesa, o antigo tenista, vencedor de seis títulos do Grand Slam, não tem capacidade para liquidar uma avultada dívida ao banco privado Arbuthnot Latham & Co., que existe desde 2015.
 .
A juíza Christine Derret revelou que a decisão lhe provocou uma «dor no coração», uma vez que é fã de ténis e viu Becker jogar em Inglaterra.

A defesa pediu o adiamento da decisão por 28 dias, informando o tribunal de que um banco espanhol deverá aprovar num prazo de um mês uma operação de refinanciamento através da hipoteca de uma mansão propriedade de Becker, em Maiorca, avaliada em cerca de seis milhões de euros, valor que se comprometeu a entregar ao Arbuthnot Latham.

Os advogados do alemão, de 49 anos, pretendiam, igualmente, que o valor que Becker vai ganhar como comentador no Torneio de Wimbledon, no próximo mês, seja igualmente utilizado para abater a dívida.

Derret, porém, mostrou-se irredutível.

«Não estou convencida de que o que a defesa me apresenta possa ser considerado prova credível. Não é frequentemente uma pessoa ter um julgamento por dívidas pendente desde outubro de 2015. E esta é uma dívida histórica», declarou a juíza.

Os bens e propriedades de Becker serão agora afetados ao pagamento da dívida.

Recorde-se que o seu património já chegou a ser avaliado em mais de 110 milhões de euros.

John Briggs, advogado do antigo tenista, não escondeu um desabafo olhando para o histórico de maus negócios do antigo tenista: «Ele não é um indivíduo sofisticado no que toca a finanças.»

* Quem diria.

.

Sem comentários: