terça-feira, 27 de junho de 2017

.
HOJE NO

"DESTAK"


Fisco realizou apenas 1/3 das ações de controlo planeadas entre 2009 e 2013 - IGF

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) realizou apenas um terço das ações de controlo previstas relativamente à declaração modelo 38 (para operações transfronteiriças) entre 2009 e 2013, segundo a Inspeção-Geral de Finanças (IGF).
.
Uma das conclusões do relatório da IGF, que o Ministério das Finanças enviou hoje à noite à comunicação social, é que o Fisco "apenas executou um terço das ações de controlo planeadas sobre as declarações modelo 38 para o período de 2009 a 2013.

Em causa está uma "falha na integração de registos" que afetou 20 declarações modelo 38, uma "insuficiência" que os peritos do Instituto Superior Técnico (IST) que apoiaram a auditoria concluíram ser "extremamente improvável" ter sido causada por mão humana mas que "teve consequências ao nível do tempestivo e integral controlo das transferências transfronteiriças no montante de 10.133 milhões de euros" entre 2011 e 2014.

* Estrelavam na época José Sócrates, sucedeu-lhe Passos Coelho, tão iguais na incompetência.

.

Sem comentários: