sexta-feira, 30 de junho de 2017

.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Joaquim José Pascoal Aires e 
sociedade Visionaires sem habilitação para atividades financeiras

O Banco de Portugal (BdP) advertiu esta sexta-feira que Joaquim José Pascoal Aires e a sociedade Visionaires, sediada no Luxemburgo, "não estão nem nunca estiveram" habilitados a exercer em Portugal a atividade de receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis. 

"O Banco de Portugal adverte que Joaquim José Pascoal Aires e a sociedade Visionaires, S.A.R.L., com sede no Luxemburgo, não estão na presente data, nem nunca estiveram, habilitadas a exercer em Portugal a atividade de receção de depósitos ou de outros fundos reembolsáveis (ou qualquer outra atividade financeira sujeita à supervisão do Banco de Portugal)", refere o BdP em comunicado. 
 .
O supervisor refere ainda que "nenhuma sociedade detida ou gerida por Joaquim José Pascoal Aires, designadamente a Sky Invest London LTD (com sede no Reino Unido), está habilitada a desenvolver atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal". 


Segundo destaca, a atividade de receção de depósitos ou de outros fundos reembolsáveis "está reservada às entidades habilitadas a exercê-la", cuja lista pode ser consultada no sítio do Banco de Portugal na Internet.

*Se até os que estavam habilitados para exercer actividades financeiras se revelaram vígaros de alto coturno, quanto mais estes pés rapados armados em xico-espertos.

.

Sem comentários: