quinta-feira, 18 de maio de 2017

.
HOJE NO  
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Reportagens sobre desertificação 
dão prémio a jornalista do DN

A grande repórter do DN Céu Neves ganhou menção honrosa da Associação Nacional de Municípios Portugueses

Céu Neves, grande repórter do DN, ganhou uma menção honrosa do prémio Jornalismo e Poder Local da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), na categoria de imprensa. Os três trabalhos que deram a distinção à jornalista foram as reportagens: "Devíamos estar melhor...e cada vez estamos pior", "Escolas que agora são ponto de encontro da aldeia" e "Na aldeia mais portuguesa quase não há portugueses", incluídos no dossiê "Desertificação". Os trabalhos foram publicados a 10, 17 e 24 de abril de 2016.
 .
O primeiro prémio na categoria de imprensa foi atribuído ao dossiê "40 anos a aproximar as populações", do Jornal de Notícias (publicação do mesmo grupo do DN). Houve ainda uma outra menção honrosa - além da atribuída a Céu Neves - ao trabalho "O novo fado de Lisbos", do semanário Expresso.

Na categoria de rádio o primeiro prémio foi atribuído à reportagem "Ouro Branco", da TSF (do mesmo editorial do DN). As duas menções honrosas foram entregues a reportagens da Antena 1: "Lisboa, coração estrangeiro" e "Uma ilha de esperança".

Na categoria de televisão, "Eu é que sou o presidente da junta", emitida pela SIC, foi a rubrica distinguida. A Centro TV recebeu uma menção honrosa para a reportagem "Orçamento participativo".

* Viva o jornalismo português.

.

Sem comentários: