terça-feira, 18 de abril de 2017

.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Bombeiros criam grupo de resgate 
em tsunamis 

Grupo de Salvamentos Especiais vai ter 24 elementos preparados para situações extremas.

O elevado risco sísmico e a possibilidade de ocorrer um fenómeno extremo da natureza na região levaram os Bombeiros Voluntários de Portimão a criar um Grupo de Salvamentos Especiais (GSE). 
 .

A equipa, ao que o CM apurou, terá 24 operacionais e irá atuar em casos de ocorrências extremas, como sismos, tsunamis ou outras catástrofes naturais. A equipa especializada irá receber "instrução diferenciada para atuar em situações de exceção", confirmou ao CM o comandante dos Bombeiros de Portimão, Richard Marques. 

O objetivo da corporação, em articulação com o Centro Municipal de Proteção Civil e Operações de Socorro, é desenvolver uma estratégia preventiva para situações de catástrofe, como fenómenos meteorológicos extremos ou tsunamis, tendo em consideração o elevado risco sísmico da região e a possibilidade de inundações urbanas. 

A constituição do GSE arrancou com um Curso de Busca e Salvamento em Cheias Urbanas, que foi realizado em Valongo, há cerca de duas semanas, e que foi frequentado por um primeiro grupo de 14 bombeiros da corporação. 

O segundo grupo irá fazer a mesma formação no próximo mês. Os elementos desta unidade vão ainda receber formação em salvamento em grande ângulo, busca e resgate em estruturas colapsadas e ocorrências com multivítimas. 

No futuro, este grupo diferenciado dos Bombeiros de Portimão deverá realizar treinos em conjunto com uma equipa, igualmente especializada em resgates especiais, criada pelos Bombeiros de Albufeira. As duas corporações poderão vir a criar uma unidade única. 

* Valentes, merecem respeito.

.

Sem comentários: